Pular para o conteúdo principal

A crise econômica existe, mas quem é criativo desconhece esta realidade.


http://www.analiseagora.com/
Para os  criativos e trabalha honesto  desconhece crise econômica.

A crise econômica do Brasil é forte para os acomodados que se assusta com o que a mídia produz e divulga. Todos os dias se ver, ler as manchetes estampados em letras garrafais nos jornais impressos e também nos sites de notícias on line da internet. Além das grandes reportagens das emissoras de televisão e rádios falando sobre a crise econômica brasileira. Já mais vamos "tapar o sol com a peneira", a crise existe sim. Entretanto, não nos podemos encurvar aos apelos sensacionalistas da mídia que relata a crise econômica brasileira como a única no mundo e sem solução. Gerando pânico na sociedade em vez de mostrarem soluções práticas. Elas criam diariamente  grandes confusões,mas  de seus interesses ideológicos e golpistas. Para a mídia golpista quanto pior melhor. Seu interesse maior em meio a esta badalada crise econômica é arquitetar o golpe politico contra o governo da Presidenta Dilma Rousseff. Ela   foi reeleita pela vontade do povo por mais de 54 milhões de votos e até agora a midia golpista,a elite raivosa e todos os partidos derrotados de direita não aceitaram a vitória deste segundo mandato deste governo atual.  

O brasileiro como sempre é criativo, lutador, e jamais vai se abater diante de qual quer crise por mais séria que seja e tão propagada pela grande mídia nacional. A mídia brasileira faz um sensacionalismo terrorista e quem der ouvido a estas reportagens derrotistas, entrará sim na onda deles e a vida se transformará em uma grande crise econômica pessoal sem saída.

É imprescindível analisar as várias facetas destas reportagens alarmistas, não se pode esquecer que a maioria delas é mal intencionada, não são sérias e isentas, geralmente defendem ideologias, ou algum partido politico e suas falcatruas. É necessário perceber até que ponto os fatos, os números são verídicos ou não!

http://www.analiseagora.com/
O dinheiro do Brasil virou pó diante do dólar
Além disso, é fundamental está atenta à realidade que nos envolve para ver se existem saídas para derrotar a crise que insiste nos derrubar. Agora estamos perdidos se assustarmos com tudo o que a mídia diz como se fosse uma sentença condenatória definitiva que não cabe mais recursos. Se fosse assim, todos estariam perdidos e em direção à bancarrota econômica.
Porém, é fundamental ter muito cuidado com o que se ler e que se ouve nos meios de comunicações, pois nem tudo corresponde à realidade.

Como já disse o país está em crise uma realidade notável para todos os cidadãos brasileiros. Nem por isso poderemos mergulhar na tão propagada crise econômica. Os meios de comunicações mais uma vez passam uma falsa ideia de que o restante do mundo não existe crise econômica. Isso ocorre quando afirmam que esta situação é somente do Brasil, eles excluem esta realidade do restante do mudo. Tem país que a situação econômica é muitíssima mais complexa do que a nossa.   Cada um também gera sua crise econômica pessoal e familiar. Geralmente sem se planejar entram numa bola de neve financeira sem fim. E depois é simplório jogar a culpa no governo Y ou Z e permanecer na acomodação da crise econômica, pensada, desenhada, divulgada pela mídia golpista brasileira.

Portanto, jamais alguém pode se esquecer da sua parcela de responsabilidade das suas dívidas. E meramente culpar os outros pela sua situação financeira desequilibrada. Não mexer um dedo para resolver a situação financeira em que se meteu. Este comportamento não é dos brasileiros criativos e batalhadores como citei acima. Tudo tem uma solução, basta procurar que encontrará agora permanecer se lamentando ai sim não tem saída mesmo e a mídia passa este pensamento derrotista e de acomodação.

http://www.analiseagora,com/
Com trabalho se vence a crise econômica.  
Pense bem! Hoje em nosso país existe o seguimento anti crise econômica. São os domínios dos mercados dos cosméticos,perfumaria e bem-estar. As pessoas que se dedicarem algumas horas por dia trabalhando neste seguimento desconhece a tão badalada crise econômica nacional. Por mais difícil  situação pela qual pessoa possa  esta vivendo. Ninguém vai deixar de comprar produtos de higiene pessoal tais como perfumes, shampoos, sabonetes, desodorantes e toda a linha de maquiagem que as mulheres usam todos os dias  estes produtos de perfumaria e cosméticos tudo isso geralmente se compra mensalmente. Então é um mercado promissor e verdadeiramente anti crise econômica, com um pouco de investimento quem gosta de vendas pode montar seu negócio próprio, procurando empresas deste segmento de cosméticos e mudar sua vida financeira para melhor. Não é fácil, mas não impossível de se realizar. Não existe nada fácil e se por acaso existir algo fácil para  ganhar dinheiro, caia fora por quer, tem seu lado obscuro e perigoso que pode o levar a perdição. Tudo tem que ser adquirido como muito trabalho e suor do rosto.



O Brasil está em quinto lugar no mundo em vendas diretas ao consumidor e também na linha de consumo de cosméticos e perfumaria. E sendo assim, não falta trabalho para ninguém e não é necessário deixar o emprego atual.  É um trabalho extra que pode transformar sua vida financeira.  Então não perca mais tempo, mas antes de tudo seja prudente e pesquise várias empresas, se informe se são   idôneas e oficializadas pelos órgãos do governo para comercializar legalmente estes produtos e principalmente com segurança na área dos cosméticos, perfumaria e bem-estar e comesse a trabalhar com uma delas. Desejo sucesso a todos. Somente assim para vencer a crise com criatividade e muito trabalho honesto e digno.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.