Pular para o conteúdo principal

Postagens mais visitadas deste blog

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país. 

O voluntariado quebra os velhos paradigmas do egoismo.


http://www.analiseagora.com/
A imagem mostra que o voluntariado tem o poder de transformar vidas.

Hoje dia 28 de agosto dedicado ao voluntariado, àquelas pessoas que fazem atividades voluntárias nas ONGs, em regra sempre no anonimato e não remuneradas. Uma prática incomum para algumas pessoas que se desvencilharam de si para ajudar seus semelhantes em dificuldades. O trabalho voluntário transforma lentamente a sociedade egoísta em solidária. 
  
Geralmente a grande maioria dos humanos vive mergulhada simplesmente em seu ego, no seu próprio mundo. Além disso, não conseguem a sair de si, ver o sofrimento alheio. E o pior já mais vai pensar em tirar um tempo para ajudar os outros que estão passando por necessidades de todos os tipos. Convenhamos! Esta nossa sociedade moderna da era digital, tudo flui para construção do egoísmo.  Pensam assim! Isso aqui é meu, a luta constante para apoderar-se do poder, é ter e ter e mais ter e se esquecem do ser, o ter se sobrepõe ao ser. As coisas materiais tem mais valor do que a as coisas subjetivas como o valor da vida. A regra básica e cruel que muitos humanos adotam é as pessoas vale o que tem de bens materiais. É um absurdo, mas muitas pessoas infelizmente pensam e agem assim.

Atualmente habitamos em uma sociedade onde se predomina é a palavra-chave egoísmo entre os humanos. O que vale mesmo é as egoístas máximas, “cada um por si”, “se virem com seus problemas”, “me errem”, “não me incomodem”, ”não tenho tempo”, “não tenho nada a ver com isso”. Porém, para fazer o contraponto a esta realidade ruim, surgem pessoas com outro rumo e comportamentos diferentes e solidários para inverter a força do ego dominante no mundo contemporâneo.
Estas pessoas dedicam- se habitualmente dias e horas das suas vidas a ajudar pessoas a se erguer de uma circunstância péssima que se encontram na vida, para reaprenderem encontrar o sentido da vida. Muitas pessoas se disponibilizam a praticar algo incomum do ponto de vistada sociedade egocêntrica, atuando no voluntariado. Um gesto nobre e destruidor do velho paradigma do egocentrismo.
Portanto, neste dia dedicado ao voluntariado queremos reiterar a impotência, deste gesto nobre dos heróis que doam uma grande parcela de suas vidas a colaborarem anonimamente para ajudarem outras pessoas a se reencontrarem e redescobrirem o sentido para suas vidas.


A nossa homenagem sincera a estes construtores de uma nova sociedade justa, solidária e fraterna. Estas pequenas ações de ajudar as pessoas necessitadas em todas as áreas se tornam grandiosas e de valor subjetivo incomensurável. Tanto para quem as executam, quanto para quem às recebem.