Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

Medo e o poder nas perspectivas filosófica e política de Maquiavel.

Buscar a Governança Ideal entre Medo e Liderança. Nicolau Maquiavel. Créditoda  foto: Wikipédia  Desde os tempos antigos, a filosofia e a política têm sido intrinsecamente ligadas na busca pelo entendimento da governança ideal. A natureza do poder e a influência das emoções humanas sobre ele são temas centrais que atravessam o pensamento político.  O medo, em particular, tem sido um tópico de grande interesse, por ser uma força motriz poderosa que pode moldar não apenas indivíduos, mas também sociedades inteiras.  Através da lente da filosofia política, podemos examinar como o medo é empregado pelos governantes e as implicações morais que acompanham seu uso. Inspirando-nos nas reflexões de Maquiavel, um dos mais notáveis pensadores políticos, exploraremos como o medo pode ser uma ferramenta de controle e o que isso revela sobre a natureza da autoridade e da obediência. O Medo e o Governante: Uma Análise Inspirada em Maquiavel Maquiavel, com sua visão astuta sobre a natureza do poder, v

A família Barros no Brasil e no mundo.

O apelo é desafiador.


A imagem de fundo azul e caracteres em branco está inscrito: Família Barros.
Família Barros.

Após diversos apelos de familiares, amigos e descendentes da Família Barros, solicitamos realizar uma pesquisa e elaboração de um artigo sobre nossas origens. Agora tomei coragem e assumi esta responsabilidade de efetuar este trabalho. Uma tarefa desafiadora, mas, ao mesmo tempo, muito interessante para conhecermos nossas raízes. Em psicologia, é possível compreender a inquietude provocada pela busca do homem por sua identidade familiar.

A curiosidade de saber onde estamos, de onde viemos e de onde as nossas origens foram originadas é dever do ser humano. É uma tarefa difícil, mas, gradualmente, vou construindo essa trajetória histórica. Informo que este é um trabalho de análise histórica genérica e não uma genealogia de uma família específica. 

Dessa forma, considero este trabalho como um esforço inicial, dada a magnitude desta família, que está dispersa pelo Brasil e pelo mundo. 

No entanto, acredito que ele pode ser aprimorado com a ajuda dos leitores. Convido todos a enviar mais material por meio de comentários para enriquecer ainda mais nossa compreensão da Família Barros.


Este é um trabalho histórico.

Aspiro focar-me, basicamente, nos aspectos históricos e sociológicos para tentar esclarecer e compreender de forma mais aprofundada essa história belíssima, e não na genealogia da Família Barros. 

A elaboração de uma genealogia é exclusiva para aqueles que se dedicam a este campo específico, tendo como base os seus métodos sistemáticos próprios de grande relevância; para reconstituir a linhagem histórica sem erros de uma determinada família. 

Tenho a intenção de permanecer nesta tarefa de busca, apesar de ser um tanto limitada e não gerar grandes expectativas, apesar de admitir a possibilidade de erros iminentes. Muitos detalhes são fundamentais e são indispensáveis para criar as ramificações de uma longa árvore genealógica de qualquer família. 

A família Barros, desde os primeiros troncos genealógicos até o momento, é, sem dúvida, uma das mais distintivas. 

É claro que existem árvores genealógicas criadas a partir de critérios, sistemáticos, de especialistas, o que é de suma importância para a história da família Barros, e que devem ser consideradas. Pode ser que alguns membros das gerações atuais sejam pertencentes a essas árvores. 

Uma família grandiosa. 


Dado que temos uma família historicamente vasta, é necessário um trabalho científico para criar uma linhagem sem erros. No entanto, é indispensável realizar uma pesquisa aprofundada para que se possa elaborar uma linha do tempo adequada e concisa. 

Dessa forma, seria necessário um longo trabalho de perícia para se ter uma ideia e compreender a grandeza da família Barros. A família Barros está espalhada por todas as partes do mundo e deste imenso Brasil, do Oiapoque ao Chuí.

Não há muito material para pesquisar. 

Após ler e pesquisar sobre a família Barros, percebi haver uma pequena quantidade de material publicado sobre a origem e a disseminação da família Barros no Brasil e no mundo. Isso torna ainda mais difícil uma pesquisa desta magnitude. 

Em sua maioria, os documentos disponíveis limitam-se à história de uma única família ou a uma breve biografia de um personagem que se sobressaiu no campo político ou qualquer outra área, exercendo influência em diversos setores sociais de uma determinada localidade ou região do Brasil e do mundo. 

Dessa forma, esses materiais têm um valor histórico e sociológico como referenciais dos barros em todos os tempos e locais em que aportam, o que os torna uma identidade primordial para todos que, com toda a certeza, têm uma ligação de parentesco com os Barros pelo mundo todo.


As divergências e convergências.


Há diversas divergências quanto à origem do nome e até de brasões. 

Quem foram os primeiros exploradores a chegar ao Brasil e outros detalhes contraditórios que a literatura não nos fornece. 

No entanto, em tudo o que foi publicado a respeito da família Barros, alguns pontos são convergentes. Os primórdios da família Barros, sem dúvida, remetem às suas origens, a Europa.

Em termos específicos de origem portuguesa, espanhola e francesa, existem divergências significativas.

Qual é a origem da denominação Barros?

A maioria das literaturas dos barros, sem exceção, aponta a origem do nome “Barros” para Portugal. “Barros”, em particular, é um termo relacionado a um toponímico, ou seja, aquele que se dedica à construção e à fabricação de peças artísticas a partir de barro¹.

A toponímia é uma disciplina da área de onomástica que se dedica ao estudo e à compreensão da origem e evolução dos nomes próprios dos lugares de qualquer região do planeta, ou seja, os toponímicos. 

Portanto, tudo indica que o nome “Barros” é derivado de um antigo habitante de uma região de Portugal, onde o barro deveria ser a base econômica. 

Certamente, alguém habilidoso na arte de criar objetos relacionados ao “barro” recebeu o nome de “Barros”, que ainda permeia a história até os dias atuais, no mundo todo.

Os brasões da Família Barros.


A imagem de fundo azul e caracteres em branco está inscrito: A família Barros.
A família Barros.

Existem diversos brasões², cada um identificando uma família específica ou grupo familiar. Esses ícones eram comuns na Europa dos séculos XIV e XV. 

Esses símbolos eram transmitidos de geração em geração como alguns referenciais e posições. No entanto, com o declínio da Aristocracia no século XIX, os brasões familiares foram completamente desvalorizados e desapareceram por completo. 

Os brasões voltaram a ser usados pelos órgãos oficiais, fazendo parte dos símbolos oficiais de cada nação, em todo o mundo a partir do século XIX. 

As nações exibem os seus brasões com orgulho nos principais eventos nacionais e internacionais, e cada cidadão se sente identificado ao avistar o seu brasão oficial em qualquer lugar do mundo. 

É importante salientar que, atualmente, existem muitos brasões falsos que fogem às normas da heráldica. 

A heráldica é uma ciência que auxilia a história no estudo dos brasões, escudos e armas, atendendo às exigências técnicas desta ciência que auxilia a humanidade a contar a sua história cientificamente.


Os Barros eram influentes na corte portuguesa.


A história apresenta evidências concisas de que a Família Barros teve uma participação decisiva na corte portuguesa. 

Os pioneiros foram incumbidos de administrar algumas capitanias hereditárias. Os primeiros sistemas de administração da colônia brasileira seguiram as diretrizes da corte portuguesa na América do Sul e no Brasil. 

Algumas dessas Capitanias³ foram administradas pelos Barros, que eram os destinatários na ocasião. São as capitanias do Maranhão e Ceará, cujos destinatários eram os senhores João de Barros e Aires da Cunha. A fortaleza foi nomeada pelo destinatário, Sr. Antônio Cardoso de Barros, após a capitania de Parnaíba. 

A família Barros esteve presente na administração do Brasil desde o início do século XVI até o século XVII, quando este sistema de administração foi extinto pelo Marquês de Pombal.


Os Barros no Brasil.  

Esta nobre família teve uma presença marcante na corte de Portugal. Os descendentes vieram para o Brasil durante a colonização portuguesa, aproximadamente entre 1500 e 1760, ano em que os primeiros colonizadores portugueses chegaram ao Brasil. 

Todas as evidências históricas obtidas durante as pesquisas corroboram a tese de que os primeiros imigrantes da Família Barros iniciaram a sua jornada em terras do Nordeste. Sem dúvida, começaram a explorar e estabelecer-se na Província da Bahia, que hoje é o Estado baiano.  No entanto, com o decorrer dos anos, se espraiaram para outras regiões do Nordeste e para outras regiões do Brasil. 

O processo de colonização iniciou-se com a exploração do pau Brasil da rica mata atlântica. 

Ao final do ciclo do pau-brasil⁴, começa o cultivo da cana-de-açúcar⁵

e os famosos engenhos, do ciclo econômico poderoso da época. A maioria das regiões do Nordeste apresenta solo propício para o cultivo da cana-de-açúcar. 

Todavia, a família Barros residiu nesta região e, com o decorrer do tempo, partiu para outras regiões do Brasil. 

Com o decorrer dos anos, a família se espalhou por todo o Brasil e pelo mundo, tornando-se uma grande família, com dimensões continentais.


Os legítimos habitantes desta Terra são os povos originários, enquanto os outros são imigrantes. 


A foto mostra uma foto da família Barros, nova geração dos anos cinquenta.
Nova geração dos Barros década de cinquenta.

Como é sabido, os brasileiros nativos são simplesmente os nossos indígenas ou os povos originários. Os outros habitantes deste Brasil são imigrantes e têm suas origens nos outros continentes. 

No entanto, somos uma bela mistura de povos oriundos de diversos continentes, formando uma nação com uma rica variedade de traços característicos dos descendentes de diferentes partes do mundo. 

A família Barros tem origem no continente antigo e, atualmente, estamos cada vez mais misturados com outras descendências. 

Estamos formando gerações e gerações com o nome Barros, mas unidos a outros sobrenomes que estão construindo uma bela história antropológica da nação brasileira. Sinto-me honrado em fazer parte desta família Barros.

Lamento não poder dizer com clareza qual geração se encaixaria. 

Creio que minha geração pertence ao final dos séculos XIX e XX, uma vez que todos os meus ancestrais, avós e pais são oriundos dessa época. Esta nova geração está presente em quase todas as regiões brasileiras. 

Juntando-se a outras famílias, formamos uma nova geração de miscigenada que nos deixa orgulhosos, uma geração imponente e que, do ponto de vista sociológico, representa o Brasil.

Reflexões Finais: Celebrando Nossas Raízes e Olhando para o Futuro.

E assim, navegamos juntos pelas águas da história6, desvendando os mistérios e celebrando as conquistas da Família Barros. 

Cada descoberta é um tesouro, cada história é um legado, cada memória é um elo que nos une. 

Que a nossa jornada continue, iluminada pelo farol do conhecimento e guiada pelo mapa da curiosidade. 

Que cada passo que damos no presente seja um tributo ao passado e um presente para o futuro. E que a história da Família Barros continue a ser escrita, não apenas em páginas de um livro, mas nos corações de cada um de nós.

_________

Notas de referências:

  1. Barro:SILVA, M. C. da. “A cerâmica popular brasileira: um patrimônio cultural.” Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, 30 (23), 120–135, 2008.

  2.  Brasões: BRASIL. Arquivo Nacional. Brasões de Armas do Brasil. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2006. 264 p.

  3. Capitanias: HOLANDA, S. B. de. Visão do Brasil colonial: 1500-1800. São Paulo: Companhia das Letras, 2011. 448 p.

  4. Pau Brasil: FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. 1888 p.

  5. Cana-de-açúcar: MONTEIRO, J. L. Negros da terra: índios e bandeirantes no desbravamento do sertão paulista. São Paulo: Companhia das Letras, 2003. 448 p.

  6. Águas da história: SILVA, A. C. da. “Águas da história: memória e identidade em um rio brasileiro.” Blog do autor, Cícero Barros, 2024. Disponível em: [link: A Família Barros: um Legado Vibrante]. Publicado em: 12/02/2024.

Comentários

  1. Estimado amigo Cícero, coincidentemente, aqui em Portugal, no canal de TV, "RTP1", começou a dar uma vez por semana, um programa acerca de genealogia.
    O programa intitula-se "Quem tu pensas que és?". Aqui tem a descrição do programa: http://www.rtp.pt/programa/tv/p29671
    Neste link pode ver os episódios: http://www.rtp.pt/programa/episodios/tv/p29671
    Penso que você vai adorar esse programa. Se quiser saber mais acerca dos seus antepassados, pode recorrer a este site: http://www.geneall.net
    Aqui em Portugal existem muitas famílias Barros.
    Desejo que você tenha surpresas agradáveis nesta sua aventura.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssimo amigo Paulo,Boa tarde!
      Muito obrigado pela gentileza da indicação do programa e do site.Com certeza irei visitar-los e espero encontrar várias surpresas e talvez algumas respostas para tantos questionamentos que ao longo da existência vão surgindo.A maioria ficam sempre sem uma respostas.No entanto,podemos sim via internet e programas específicos localizar as nossas raízes mesmo que estejam do outro lado do oceano.Um abraço e muito sucesso em terras portguesas.

      Excluir
    2. Olá sou weslison barros nome ďo meu avô José agenor barros Macapá Amapá

      Excluir
  2. Eu tBMW sou uma barros
    Adoro meu sobrenome meus bisavós eram portugueses e meu pai Alagoas eu carioca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem-vinda ao nosso Blog volte sempre!
      Quem bom que você faz parte da Família Barros! Eu faço parte com muito orgulho dessa família grandiosa. Meus descendentes são também portugueses de uma parte e de outra espanhola é uma grande e linda mistura. Os brasileiros mesmo natos são os nossos índios os outras são descendentes dos europeus e africanos. É por isso que o nosso país tem uma miscigenação maravilhosa.

      Excluir
    2. Prezado (a), também faço parte dessa grande família. Meu avô era alagoano e seu pai (meu bisavô), chegou a administrar um engenho de açúcar naquela região. Ainda pequeno veio para o Rio de Janeiro onde meu pai e eu nascemos.

      Excluir
    3. Se você pudesse se identificar seria bom para nos conhecer melhor! Porém de qualquer forma fico contente em saber que és parte dessa família BARROS. Ela é de fato grandiosa no Brasil e no Mundo! Volte sempre ao nosso blog analiseagora, de preferência se identificando. Boa noite!

      Excluir
    4. Bom dia, caro amigo(a)! Seja bem vindo ao nosso site analiseagora.com
      Realmente a Família Barros é grandiosa no mundo. Nós temos esta vontade, necessidade ou direito de conhecer nossas raizes. É natural para todos os humanos. E sendo assim, a internet poderá nos ajudar encontrar vestígios da nossa história. Hoje há muitos sites de buscas genealógicas e tem. um site com uma ótima seleção, quem sabe algum deles poderá te encontrar as tuas raízes familiares. https://www-techtudo-com-br. Neste link eles indicaram os 6 sites melhores de buscas. Se tu encontrares a tua resposta por gentileza nos avise para que possamos indicar para outras pessoas que procuram suas raízes. Volte sempre ao nosso site/blog analiseagora.com
      É um privilégio ter-lo aqui. Bom início de semana abençoado e cheio de grandes vitórias. Abraço!

      Excluir
    5. Aqui mais um orgulhoso pelo sobre nome, me chamo
      Alif Barros Gonçalves
      Se tiverem grupos estou a disposição!!!

      Excluir
    6. Bom dia, caro amigo Alif Barros! Seja bem vindo ao nosso site/blog e volte sempre. A família Barros é grandiosa no Brasil e no Mundo e fico muitíssimo contente quando aparece mais uma pessoa com esta ligação com a nossa nobre Família Barros. Sou Barros com muito orgulho e amo esta família maravilhosa. No Facebook há vários grupos e páginas sobre a Família Barros. Eu participava de 2 depois não consegui acompanhar mais e resolvi sair, mas pretendo sim, voltar. Forte abraço meu parente e amigo Alif Barros.

      Excluir
  3. Fiquei muito contente em ver este sitio. Pesquiso sobre a familia Barros pela linha dos Paes de Barros. Fiz alguma contribuição no levantamento genealógico desse tronco. Publiquei com o título "Reflexos da inquisição no Direito de Nacionalidade:: as raízes judaicas dos Paes de Barros" que trata desde 1575 à 2016, com rica referencia bibliográfica e documentos coletados na Torre do Tombo e arquivos privados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É possível ter acesso a este riquíssimo material sobre a Família Barros?

      Excluir
    2. É um livro esta disponível para venda pelo Amazon.com

      Excluir
    3. Bom dia, caro amigo(a)! Seja bem vindo ao nosso site analiseagora.com
      Realmente a Família Barros é grandiosa no mundo. Nós temos esta vontade, necessidade ou direito de conhecer nossas raizes. É natural para todos os humanos. E sendo assim, a internet poderá nos ajudar encontrar vestígios da nossa história. Hoje há muitos sites de buscas genealógicas e tem. um site com uma ótima seleção, quem sabe algum deles poderá te encontrar as tuas raízes familiares. https://www-techtudo-com-br. Neste link eles indicaram os 6 sites melhores de buscas. Se tu encontrares a tua resposta por gentileza nos avise para que possamos indicar para outras pessoas que procuram suas raízes. Volte sempre ao nosso site/blog analiseagora.com
      É um privilégio ter-lo aqui. Bom início de semana abençoado e cheio de grandes vitórias. Abraço!

      Excluir
  4. Gostaria muito de ter acesso a esse material, minha família tbm é Barros e gostaria de saber se de fato há origem judaica nos nossos antepassados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho muito intersere em conhecer minha árvore genealógica dos Barros.

      Excluir
    2. Sou Daniel de Barros
      Minhas raizes são de Grajaú- Ma. Moro em Curitiba desde 1977.
      Gostaria muito de saber
      Sobre meu bisavô Salomão Barros.

      Excluir
    3. Bom dia, caro Daniel! Seja bem vindo ao nosso site analiseagora.com
      Realmente a Família Barros é grandiosa no mundo. Nós temos esta vontade, necessidade ou direito de conhecer nossas raizes. É natural para todos os humanos. E sendo assim, a internet poderá nos ajudar encontrar vestígios da nossa história. Hoje há muitos sites de buscas genealógicas e tem. um site com uma ótima seleção, quem sabe algum deles poderá te encontrar as tuas raízes familiares. https://www-techtudo-com-br. Neste link eles indicaram os 6 sites melhores de buscas. Se tu encontrares a tua resposta por gentileza nos avise para que possamos indicar para outras pessoas que procuram suas raízes. Volte sempre ao nosso site/blog analiseagora.com
      É um privilégio ter-lo aqui. Bom início de semana abençoado e cheio de grandes vitórias. Abraço!!

      Excluir
  5. Boa noite Cícero, eu também sou BARROS, nasci em Miradouro-MG e parece que minha família veio de outro lugar, não sei bem a história mas, segundo relatos, meu bisavô ou trisavô, saiu de Abre Campo-MG, o que não é uma distância considerável, e fixou-se em Santa Rita do Glória, atual Miradouro.
    Há algum tempo tentei iniciar uma pesquisa a respeito mas, por falta de tempo e documentação insuficiente desisti da empreitada, mas tenho muito interesse em descobrir a história de meus antepassados.
    Há algum tempo estive em Portugal e vi, principalmente na região da cidade do Porto, alguns estabelecimentos que estampavam o nome BARROS em suas fachadas mas não me encorajei o suficiente para chegar e me apresentar como um possível parente.
    Agora, como aposentado, terei mais tempo para me dedicar a esta tarefa e, com certeza, vou dar uma verificada no site indicado, e se tudo correr bem vou verificar a parte materna também, que é CAMPOS. O e-mail acima não é mais utilizado, o atual é: ademircamposbarros@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, meu caro amigo Admir Barros! Em primeiro quero agradecer de coração a visita ao nosso site analiseagora.com e volte sempre. Segundo a Nossa Família é fato é grandiosa no Brasil e no Mundo. Realmente as nossas raízes são sim, provenientes de Portugal. Tenho um amigo de Portugal, mora em Lisboa e está fazendo uma ampla pesquisa sobre a nossa Família Barros. Ele tem a intenção de escrever um livro e semana passada está me a relatar que está com dificuldades de encontrar fontes para pesquisa e documentações autênticas para o todo do livro. Foi obrigado a interromper e pesquisar mais profundamente em Portugal e alguns países da Europa onde os Barros se espalharam e as atuais gerações vivem. Será um projeto para muito tempo. Isso que Ele mora na Terra dos Barros. Quando publicar enviará em primeira mão um Exemplar. Todavia a princípio está tudo parado ou está em pesquisa de campo. Um dia sai e será um grande referencial de pesquisas para todos os Barros e outras famílias que se uniram a esta grandiosa família. Aqui no Brasil há uma pobreza tremenda sobre a Nossa Família em termos de pesquisa. Depois ela é toda espalhada neste país continental e muitos perdem mesmo a identificação com as raízes antepassadas por falta de bons artigos e documentos genuínos. Eu sou muitíssimo orgulhoso de pertencer esta família de referência mundial. Bom fim de semana meu parente super distante, mas todos os BARROS considero uma grande parentela. Bom fim de semana. Abraços.

      Excluir
  6. Olá, sou Cristina Barros!
    Minhas raízes são em Fortaleza, mais precisamente Messejana. Meu bisavô foi o Coronel José Pereira Barros, casado com 3 mulheres em épocas diferentes, de sobrenomes ( Façanha, Alencar e Macedo) sendo o último sobrenome citado, o da minha bisavó Justina Macedo Barros.

    ResponderExcluir
  7. Boa noite! Cristina Barros. Seja bem-vinda ao nosso site/blog analiseagora.com ! A família Barros é grandiosa no Brasil e no mundo. As minhas raizes são de Portugal e moro na Região Sul do Brasil. Inclusive Porto Alegre existem muitos descendentes da Família Barros em razão da colonização dos portugueses aqui no Estado. Da mesma forma se expande nos demais estados da Região Sul e Sudeste. Como o nosso país é continental os Barros se espalharam por todos os demais Estados. Outra coisa interessante é que os nossos descendentes vieram para o Brasil de diversos países da Europa e em épocas diferentes. Portanto, há uma grande dificuldade para se elaborar quaisquer trabalhos por falta de material. É um trabalho de garimpagem para se obter um material autêntico para realizar uma boa pesquisa. Fico feliz em encontrar mais uma parente, ainda que distante da Família Barros. Volte sempre Prima, ao nosso site/blog e terei o prazer de responder qualquer comentário. Boa noite e fica com Deus.

    ResponderExcluir
  8. Sou da família Barros que se estabeleceu na Chapada Diamantina na Bahia, segundo relatos uma tia octagenária, oriundos de Grão Mogol/MG. Os Barros dessa família são muito poucos, inicialmente veio para a Bahia um homem chamado Pedro Barros, meu tataravô e teve três filhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite! Amigo Corvolino. Seja bem-vindo ao nosso blog volte sempre. Fico grato em saber que você gostou do artigo sobre a Família BARROS como o próprio texto diz; a família Barros é grandiosa tanto no Brasil, quanto no mundo. As minhas origens dos Barros vem de Portugal como os demais Barros residentes em todos os Estados do país. Evidente que outros procedem de outros países. Contudo a maioria são providentes de Portugal desde o inicio da colonização portuguesa. Os Barros se espalharam por todos os Estados do Brasil.
      Se houver interesse de saber mais sobre as suas origens procure neste site: http://www.geneall.net.
      Foi um amigo meu habitante de Portugal que me indicou, claro que na internet existem outros sites que fazem a árvore genealógica, mas é importante pesquisar com calma e precaução quanto a confiança do site para fazer este tipo de pesquisa.
      Grande abraço meu amigo e parente dos BARROS ainda que, seja de outra ramificação dessa família grandiosa em todas as partes do mundo.

      Excluir
    2. Eu tambem sou da família Barros que se estabeleceu na Chapada Diamantina na Bahia e meu avô mudou-se após casar com minha vó, de origem indigena, para o norte de Goias, atualmente Palmas, no municipio de Mara Rosa e seu nome era Marinho Florencio de Barros.

      Excluir
  9. Boa noite, sou da família Barros, sou da linhagem de Joaquim Alexandre de Barros que casou se com Angélica Maria da Conceição, sou bisneto do filho dele Laurentino Alexandre de Barros.
    Eram Pernambucanos, cidade de Olinda e Paulista.
    Se alguém tiver mais informações agradeço se me comunicarem.

    oliveiradaconceicaog@gmail.com meu e mail.

    ResponderExcluir
  10. Pode parecer estranho meu comentário, e sei que a matéria não é recente e posso não ter resposta alguma, entendo muito pouco sobre a família, pois minha mãe foi criada pela vó dela, viva até hoje, porém foi muito maltratada na infância, era escravizada pela avó, e nunca escutou histórias sobre os antepassados.. ando tendo umas visões, viagens astrais, ou sei lá que merda seja essa, mas hoje me vi numa casa antiga de cor azul, uma casa muito grande que havia muitos cômodos, a arquitetura parecia um pouco portuguesa e um pouco com casas antigas do Brasil, a pesar do tamanho da casa não parecia ser muito próspera, mas também não sei se fui até o mundo dos mortos, só sei que eu estive lá, pelo menos por um momento, não havia energia elétrica e levei um tempo pra conseguir sair da casa e quando eu saí, não havia nada na rua, somente mato e escuridão, de repente meu gato no meu colo me disse algo sobre merecer um final melhor que aquele, tenho curiosidade em saber sobre a história das mulheres Barros, pois em toda a minha família as mulheres Barros tem dons de sonhos, visões e também um interesse absurdo por arte e a facilidade de desenhar bem.. sobre a parte do gato dizer que mereço ou merecemos um final melhor, acredito que alguma antepassada possa ter sido amaldiçoada ou queimada injustamente, pois a família da minha bisavó já tiveram riquezas e são pessoas extremamente frias, vamos dizer que até maldosas, minha mãe nunca herdou nada, nem de grana e nunca teve carinho algum, mas passou para filhas a importância do amor.. todas nós temos dons, assim como minha mãe, minha irmã, minha filha e meus sobrinhos, a minha irmã fez o certo de colocar o sobrenome do nosso pai na certidão dos filhos dela, já eu, coloquei Barros no nome da minha filha ao invés de colocar o sobrenome do meu pai, ocorreu um erro.. gostaria de saber histórias ocultas sobre a origem dessa família! Eu nem sei mais o que escrever, pode parecer confuso e é confuso, mas espero ter passado minha msg, caso queira uma explicação melhor, é só entrar em contato comigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo comentário sobre a Família Barros! A família Barros é grandiosa no Brasil e no Mundo. Certamente a nossa família chegou as Terras brasileiras provenientes de Portugal. A história confirma este fato e a mesma se espalhou por todo o território nacional. As dificuldades são grandes para chegar aos nossos ancestrais porque se espalhou rapidamente pelo o país afora. As primeiras levas que vieram do outro lado do Atlântico s fixaram aqui, mas com poucos registros. As atuais gerações que anseia para encontrar as suas origens se depara com a falta de documentações em igrejas e cartórios dos séculos passados. Existem sites especializados para confeccionar as conhecidas árvores genealógicas, mas nem sempre são confiáveis.
      Volte sempre ao nosso site!

      Excluir
  11. Bom dia!
    Tbm sou um Barros, tenho o nome do meu avô, Luiz Tadeu de Barros.
    Natal RN.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem-vido a grandiosa famíllia BARROS! Realmente os Barros vieram de Portugaul e se espalharam por todo este país continenatal e estão espalhados em todas as regiões. Eu já encontrei muitos em outros países da nossa América Latina em todos os países vizinhos. A nossa familia está sim espalhada no mundo inteiro e tenho muito orgulho de pertececer essa familia gigantesca. Volte sempre ao nosso site https://www.analiseagora.com/ que você encontrará outras postagens que poderá gostar. Boa tarde!

      Excluir
  12. Oi. Meu nome é Matheus, sou Barros de Porto Alegre RS meu avô é Pedro barros e disse que o meu bisavô era castelhano de uma cidade do interior do RS. Orgulho pelo meu sobrenome e pela família que tenho até hoje. Sobrenome com Tom forte e aguerrido. Abraço e Deus abençoe todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Matheus! Seja bem vinda ao nosso site https://www.analiseagora.com/ volte sempre amigo! Realmente a família BARROS é grandiosa e está espalhada em todo os cantos do Brasil. Os especialistas em árvores genealógicas são os mais indicados para descobrir as nossas origens com mais precisão. Na internet há muitos sites que fazem este trabalho, mas tome cuidado porque nem todos são seguros. Um amigo de Portugal me indicou este site: http://www.geneall.net Ainda assim, procure em vários outros, quanto mais pesquisar é melhor e até realmente descobrir algum seja de fato confiável. Atualmente é muito difícil te afirmar que este ou aquele é confiável porque todos querem ganhar dinheiro.
      É fato! A família Barros tem sua origem em Portugal e certamente os nossos primeiros descendentes são de lá. Abraço e volte sempre ao nosso site. Me siga no Twitter neste link: https://twitter.com/analiseagora @analiseagora.

      Excluir
  13. Olá amigos, a bastante tempo tenho procurando saber mais sobre minhas origens. É algo que me fascina, me alegra e me enche de orgulho. Me chamo Amanda Nataly Barros eu nasci em Fortaleza-Ce mas meus familiares vivem no sertão uma localidade chamada Riacho do Gado distrito de Nova vida no município de Ibaretama-ce. Minhas tias disse que o sobrenome BARROS vem do meu avô materno ANTONIO RIBEIRO BARROS aparentemente natural de Quixeramobim-Ce.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Amanda! Seja bem vinda ao nosso site https://www.analiseagora.com/ volte sempre querida! Realmente a família BARROS é grandiosa e está espalhada em todo os cantos do Brasil. Os especialistas em árvores genealógicas são os mais indicados para descobrir as nossas origens com mais precisão. Na internet há muitos sites que fazem este trabalho, mas tome cuidado porque nem todos são seguros. Um amigo de Portugal me indicou este site: http://www.geneall.net Ainda assim, procure em vários outros, quanto mais pesquisar é melhor e até realmente descobrir algum seja de fato confiável. Atualmente é muito difícil te afirmar que este ou aquele é confiável porque todos querem ganhar dinheiro.
      É fato! A família Barros tem sua origem em Portugal e certamente os nossos primeiros descendentes são de lá. Abraço e volte sempre ao nosso site. Me siga no Twitter neste link: https://twitter.com/analiseagora @analiseagora.

      Excluir
  14. Boa tarde sou da família barros
    Meu pai é Luis Antônio barros
    Meu avós me falava que Meu nome foi uma lembrança deste Aires da Cunha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite! Eriel David Barros. Seja bem-vindo ao nosso site analiseagora.com Realmente a Familia Barros é grandionsa no Brasil e no Mundo. Eu já tenho viajado pelas cinco regiões do país e em todos os Estados tenho sim, econcontrado descencentes da nossa familia Barros. Estou escrevendo um novo trabalho sobre os BARROS no Brasil e tem sido gratificante porque tenho recebido uma ernome quandidade de excentes materias para pesquisas. Todavia, espero nestes proximos 2 anos concluir e publicar e certamente será últil para a familia Barros conhecer melhor sua história e muitas curiosidades intereressantes. Grato pelo seu comentário que será muitissimo ultil, tudo o que chegar aqui contribuirá para a pesquisa de campo. Volte sempre! Boa noite.

      Excluir
  15. Sou Maria da Penha Sant'Anna Barros. Meu avô paterno José Cavalcante.Barros e meu pai João Baptista Barros
    oriundos da Paraiba. Tenho ainda mts parentes por lá. No momento resido em Portugal e vi q é um nome mt popular por aqui. penhasbrio68@gmail.com.

    ResponderExcluir
  16. Olá
    Sou Martha Barros da Silva, nasci no Paraná, Cidade Gaúcha. Meus pais eram Pernambucanos, da cidade de Panelas, PE. Minha mãe, Benedita Barros da Silva e meu pai, Humberto Calixto de Barros. Filhos de Marta Maria da Conceição e Acídio da Silva Santos, avós maternos e Maria Rodrigues da Penha e Manoel Calixto de Barros, avós paternos. Tenho procurado minhas raízes... Porque sei que a nossa força, vem das nossas raízes. Gratidão por ter feito este blog. Resgatando um pouco da nossa história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite Martha Barros! Que alegria encontrar mais um membro da nossa familia BARROS através do noso blog/site analiseagora.com Seja bem-vinda sempre. Realamente a nossa Familia Barros ela é grandiosa no Brasil e no Mundo. Agora encontrar as nossas raizes não é tão facil como imaginamos não é mesmo? No entanto, atualmente há sites especializados para fazer a arvore genealógica das familias. No momento, de contrar alguns desses sites é importante ter muito cuidado para não ser enganada. Um amigo de Portugal me indicou um, mais ainda assim, é importante todos os cuidados. Eu estou na mesma procura já obtive bons resultados de pesquisas, entretanto, não foi o suficiente para se ter uma resposta convincente. Um fato é que a Familia Barros chegou ao Brasil de Portugal no Periodo colonial e se espalhou pelo País inteiro, ai que fica mais complicado em razão do tempo e sobretudo, porque os nossos primeiros descendentes não permaneceram só na Região Nordeste, mas por todo o País. Este site é de Portugal se quiseres podes acessar neste link: http://www.geneall.net Lá é tudo pago e os preços não são muito acessiveis. Abraços e volte sempre!

      Excluir
    2. Sou Vanessa Barros. Meu pai Joaquim Barros era descendente de italiano. Queria saber sobre meus antepassados

      Excluir
    3. Bom dia, Vanessa Barros! Que alegria receber o teu contato em nosso site. Seja bem-vinda e volte sempre. A família Barros, como o título da postagem diz, é grandiosa no Brasil e no mundo e de fato é! Que alegria descobrir mais uma descendente dos BARROS.
      A nossa família tem, sim, descendência europeia e a maior concentração é em Portugal, está evidentemente ramificada em toda Europa.
      Com certeza o seu Pai deve ou deveria morar na Itália. Uma forma de tirar essa dúvida seria você entrar em contato com o consulado do Brasil na Itália para te ajudar a desvendar essa curiosidade relevante em tua vida.
      O consulado aqui do Brasil pode trabalhar com o da Itália e te ajudar nesta questão interessante.
      Ficaria felicíssimo se você encontrasse as suas raízes familiares e depois poderia nos dar o retorno se conseguiu.
      O nosso site está aqui para dar dicas importantes aos nossos leitores.
      Abraços e sucesso em sua busca vitoriosa.

      Excluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade.   Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo, composta por duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Pode-se observar que é um desenho simplório, num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.