Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

As filas bancárias no Brasil é um martírio.

Os brasileiros vivem um perfeito martírio nas filas.    As moedas mostram o lucro dos banqueiros sobre o povo. Esta situação irritante está presente em qualquer lugar onde todos têm a obrigação de resolver qualquer problema seja do simples ao mais complexo. Não tem nenhum local que ninguém escape das intermináveis filas. Pode ser nas agências bancárias, de emprego, casas lotéricas, hospitais, todos os departamentos públicos de qualquer natureza e esfera administrativa, das diversas atividades, nos supermercados, e no comércio em geral.

O ano começa pleno na volta as aulas.

Quando voltam as aulas, o ano inicia realmente. A foto diz: de olho na volta as aulas. No Brasil é assim, o ano somente começa para valer, quando as aulas iniciam. Praticamente as férias já iniciam, a partir do finalzinho de dezembro e vão até fevereiro ou março dependendo do ano. Todos os departamentos públicos nas três esferas governamentais brasileira, trabalham durante este período de férias pela metade e algumas repartições param em definitivo. No setor privado também as coisas não fluem igual; quando no momento normal. É compreensível porque nesta época do ano no país há uma grande parcela dos trabalhadores, quem entram nas suas justas férias. Tempo importantíssimo para restabelecer as energias gastas durante o longo e árduo período de trabalho.

Ladrões de tempo.

Atenção cuidado com os ladrões de tempo em sua vida. A imagem diz: Atenção! Ladroes de tempo. Como diz a máxima “tempo é dinheiro” na realidade é mesmo! Principalmente atualmente onde a força de trabalho é calculada em tempo. Dependo do tipo de negócio e trabalho que você gerencia ou labuta, tempo roubado equivale a dinheiro perdido ou roubado. Ora! Todos os segundos, minutos e horas desperdiçados vão juntos muito dinheiro. No final do dia e do mês o prejuízo é grandioso e sem volta. Hoje vivemos cercados de ladrões de tempo de todos os tipos nem os percebemos.

Fim do horário de verão brasileiro em 2016.

Amanhecer com o fim de horário de verão no sul do Brasil. Atenção! Todos os habitantes das regiões Sul, sudeste e Centro-Oeste, que compõe os dez estados da federação mais o Distrito Federal em Brasília. Tem o compromisso de atrasarem seus relógios em uma hora. Este horário que teve seu início em 18/10/2015 se encerra neste domingo dia 20/02/2016 a 00:00h. Os brasileiros todos os anos vive esta peregrinação de troca de horários em outubro e fevereiro. Neste vai e vem de trocas e adaptações já se passaram 40ª edições sempre na tentativa de economizar mais energia. Esta caminhada começou em 1931 como interrupções e alterações. Entretanto   desde lá até o momento as polemicas existem entre os brasileiros. Por quer alguns gostam e outros não. Uns sofrem mais e outros sofrem menos a cada troca de horário de verão brasileiro. Analisando a ínfima economia de energia que girou entre 4,5% equivale a R$ 162 milhões de Reais (fonte: ONS Operador Nacional do Sistema Elétrico). Não comp

O homem moderno é dependente do fio de energia elétrica.

O homem  contemporâneo é dependente exclusivo dos fios das redes de transmissões e distribuições de energia elétrica. O conforto e progresso  passam pelos fios elétricos. A história da humanidade foi e continuará a ser marcada pelo poder do controle da energia. Esta dependência se iniciou desde a Pré-História para pleitear o fogo e vem se acirrando fortemente na atualidade. Energia é sinônimo de poder e quem tem poder domina com veemência os dependentes das fontes de energias. Praticamente até o momento não foi criado nenhum modelo novo (além dos existentes) de energia renovável e não poluente que pudesse substituir em definitivo os principais meios geradores de energia atuais que poluem o meio ambiente. O que se percebe é o aumento definitivo da dependência irrestrito da energia para todos os setores de atuação humana e suas atividades tais como o desenvolvimento econômico, industrial e financeiro. Além do aumento da demanda no conforto, comodidade e lazer, porém tudo na depend

Calor exagerado no Sul do Brasil.

As pessoas sente na pele o calor em excesso.  Sol  radiante é sinal de mais um dia de calor insuportável. Atualmente a sensação de calor exagerado é evidente se sente na pele. Os graus da temperatura que são divulgados pelos meteorologistas, colhidos nas estações meteorológicas, estão distantes do que se sente na realidade. A impressão é que vem aumentando os graus do tempo em excesso de todos os verões no Sul do Brasil.

Violência uma epidemia social brasileira.

O combate da violência no Brasil exige pesados recursos. A imagem diz: de olho na violência! O tema violência é um dos mais polêmicos de ser discutido entre os especialistas para encontrar soluções eficazes para eliminar essa realidade ruim, a qual atinge; todos os brasileiros.  A agressão está presente em todas as cidades ela já ultrapassou todos os limites, ninguém suporta mais.  É fato!  Existe sim, essa cruel realidade porque envolve direta e indiretamente; todos os habitantes das cidades. Todos   vivem na total insegurança sem saber a quem recorrer. Essa péssima conjuntura pode ser classificada como epidemia social. A impressão pode ser constada da sociedade doentia psiquicamente, na ausência de paz. A maioria mora em seus lares mergulhados em pânico e simplesmente, no medo sem fim. Está atormentada situação requer todos os esforços dos poderes oficiais do estado nacional, para adotarem medidas severas e sérias com fins de sanar essa circunstância gravíssima a curto, médio e

Fevereiro, carnaval festa da carne, reinado de momo.

A folia de momo, abre na primeira semana; do mês de fevereiro.   A imagem mostra a definição de carnaval. Nesta primeira semana do mês vai abrir alas para o carnaval, a festa da carne, o reinado de momo, a folia de rua.   E os desfiles das escolas de sambas,   os tradicionais blocos de carnaval organizados ao som dos trios elétricos, com músicas típicas, que arrastam multidões   nas principais avenidas de Salvador, Recife e outras cidades brasileiras.   Uma grande multidão invadiu as principais ruas do Brasil e do mundo para extravasar todas as suas energias como se fosse a última da vida. Muitas coisas desagradáveis e violentas ocorrem entre as pessoas, não somente acontece alegria, como é divulgado na mídia brasileira. Contudo, muitas mortes no trânsito ocorrem por imprudência e mistura perigosa de álcool, drogas e mais a   condução do veículo. Além das incontáveis brigas, entre foliões que resultam em banais fatalidades. Na Quarta-Feira de Cinzas, geralmente   o balanço é