Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

Ciclone Bomba no Brasil.

Fenômeno meteorológico incomum na Região Sul do Brasil. O dia 30 de junho de 2020 será lembrado na história da meteorologia, como o dia da explosão atmosférica denominado de ciclone bomba; no Sul do Brasil. Este fenômeno meteorológico aterrorizou a vida dos brasileiros que habitam a Região Sul do Brasil. Esta Região se compreende os Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Parará.

As filas bancárias no Brasil é um martírio.

Os brasileiros vivem um perfeito martírio nas filas. 
A imagem mostra muitas moedas que simbolizam o lucro excessivos dos banqueiros do Brasil e do mundo sobre a população explorada até nas filas.
 As moedas mostram o lucro dos banqueiros sobre o povo.
Esta situação irritante está presente em qualquer lugar onde todos têm a obrigação de resolver qualquer problema seja do simples ao mais complexo. Não tem nenhum local que ninguém escape das intermináveis filas. Pode ser nas agências bancárias, de emprego, casas lotéricas, hospitais, todos os departamentos públicos de qualquer natureza e esfera administrativa, das diversas atividades, nos supermercados, e no comércio em geral.
Todos estes e tantos locais os quais não citados existem filas para se obter soluções de problemas inadiáveis.

Os sofrimentos do povo nas instituições bancárias são alarmantes. Em vista desta cruel realidade, foram criadas leis fiscalizadoras e punitivas com multas e até a perda do alvará de funcionamento. Esta lei tem como objetivo regular o tempo de esperas nas filas dos atendimentos. Contudo cada município e estado da federação cria seus regulamentos e tempo para esperar de acordo com as peculiaridades locais. Ainda assim, muitas agências desrespeitam este tempo. Elas se protegem na ineficiência dos órgãos de fiscalizações. Ora! Como não existe funcionários suficientes para procederem inspeções preventivas fica por isso mesmo, nenhuma agência é punida e multada. Os bancos além de explorarem os cidadãos financeiramente, não os respeitam e os tratam com desumanidade.
Os Bancos e financeiras são os grandes exploradores dos brasileiros. 
Hoje no Brasil os maiores exploradores do povo são os agentes financeiros sejam eles públicos ou privados. Eles enriquecem extorquindo os clientes através de múltiplas modalidades, de empréstimos além dos juros de mercados, produtos e serviços casados com estes empréstimos. Para massacrar ainda mais os usuários destes bancos, financeiras e cartões de créditos. Todos criam taxas exóticas para quando os clientes tiram o extrato bancário ou recebe as faturas dos cartões de créditos e vão conferir vem valores que não foram contraídos no momento de selar qual tipo de negócios com estas instituições movida ao lucro ganancioso.

Estes bancos estrangeiros são os sugadores do povo brasileiro. As agências deles foram reduzidas as máquinas e sobrecarregam dois ou três funcionários para atender todos os clientes é um fator gerador de filas intermináveis e estressantes. Estes funcionários trabalham tanto que terminam doentes e uma das enfermidades mais presentes entre os bancários é a depressão. Eles recebem constantes pressões dos chefes para produzirem além da sua capacidade humana. Tenho vários amigos que iniciaram sadios nestes bancos e saíram ou foram demitidos doentes. Eles não servem mais porque não produziam o suficiente para massagear o ego da ganância dos banqueiros, nacionais e internacionais.
Além de outras doenças, muitos quando saem destas instituições sanguessugas levam consigo a piores das enfermidades a depressão. Poucas pessoas sabem da grande pressão que os funcionários de qualquer instituição financeira recebe diariamente e são obrigados a atender os clientes com sorriso no rosto, mas seu coração está sangrando e sofrendo de dores inexplicáveis.
A culpa da  existência das filas são dos bancos gananciosos.
A imagem mostra uma cédula de cem reais brasileiro são trilhões dessas que os boqueiros estrangeiros levam dos brasileiros.
Cem reais da moeda do Brasil  que os banqueiros estrangeiros levam trilhões dessas  dos brasileiros.  

Portanto, as filas existem, mas a culpa é dos bancos trocaram os trabalhadores humanos por máquinas com sistemas que quase faz tudo, mas são estressantes para quem opera para atender o público. O reflexo é sentido ao chegar a uma agência bancária quando se ver o tamanho da fila para resolver todos os tipos de serviços financeiros. Parece combinação quando você tem uma conta inadiável e que somente tal banco recebe o sistema entra em pane, uma maneira de gerar mais juros e lucros ao banco.
Alguém sabe de notícias que alguma prefeitura cassou o alvará de qualquer banco por desrespeitar o cliente não cumprindo com o tempo estabelecido em lei?
A única solução é aumentar o número de funcionários eficientes, para atender o público de maneira humanizada.  Não depender exclusivamente das máquinas que falham nos maiores momentos de atividades.
Não simplesmente pensar em lucrar de maneira gananciosa, mas pensar quem mantém o lucro dessas instituições financeiras são os cidadãos brasileiros e merecem absoluto respeito, seja no momento de contrair um crédito ou quitar um débito. Que todos os banqueiros pensem numa forma de eliminar as filas, por que os usuários além de os enriquecerem não merecem tamanha falta de consideração. Mais respeito e valorização aos bancários, pois estes fazem girar e multiplicar os lucros dos gananciosos banqueiros do Brasil e do mundo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc.
As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentaram a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.
Neste simples abc da mãe todos os filhos deveriam sempre observar as qualidades da sua mãe e a valorizar eternamente. Toda…

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.