Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2018

Postagem recente.

As vacinas será o começo do fim da pandemia.

Graças a Ciência e os cientistas, o fim da covid-19 estará próximo; com as vacinas. A foto mostra a vacina da covid-19/créditos: Agência Brasil. O mundo inteiro esperava ansiosamente por essa realidade, que parecia tão distante, mas agora as vacinas já são fatos excelentes, os quais já estão a ser aplicados; em todos os povos de todos os países. No Brasil a situação ainda está muito lenta em razão da disponibilidade de doses para toda a população. Falta políticas externas sérias, do governo brasileiro, para facilitar a compra das vacinas em larga escala; para a imunização total da população. Esta esperança de vida se deve a Ciência e os renomados cientistas do mundo, atualmente tanto atacados através dos negacionista de araques, eles sem fundamentos, atacam, a pandemia da covid-19, no sentido de negação e fazem o mesmo em relação as vacinas. Com este pensar desprezível, levaram muitos brasileiros colocarem as suas vidas em riscos. Porém a luz da ciência, mais uma vez venceu as trev

A elite teme ao ver as pessoas debaterem política.

Todos os cidadãos têm a obrigação de participar ativamente das discussões políticas como seres sociais. Política não se discute? Os debates políticos entre a população são importantes e faz estremecer as bases da elite dominante. Geralmente quando a mesma percebe, essa ação positiva do povo, ocorre de maneira organizada e ampla na sociedade, a burguesia começa a ter medo. E, evidentemente ela fará de tudo para que as pessoas, desistam de discutirem a política como ciência. Essa classe dominadora, entra em ação e rapidamente impõe, seus métodos desprezíveis; de despolitização das pessoas. Porém, essa realidade ruim de dominação vem aos poucos perdendo forças nos últimos tempos, com o advento internet, quando a população começa sem medo; a promover bons debates nas redes sociais.

13 presidenciáveis disputarão o voto dos mais de 147 milhões de eleitores.

Com o registro do candidato petista, já se sabe o total dos concorrentes, nas eleições em 2018.  Eleições gerais 2018. A disputa nessas eleições gerais de 2018 , com a oficialização no (TSE) do Partido dos Trabalhadores (PT); estão claras. Os eleitores agora já podem escolher os melhores projetos, e todos os competidores e seus programas de governo, para fortalecer a democracia e retirar o país; dos escombros do golpe de 2016. A partir de agora todos os cidadãos e cidadãs eleitor(a)s apto(a)s a votarem, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), são 147,3 milhões. No dia 7 de outubro, são exatos 147.302.357 eleitores. Todos terão a possibilidade em suas mãos para poder livremente escolher, o novo presidente da República do Brasil, através do voto direto.

Metas do blog analiseagora.

O público e metas de trabalho do blog analiseagora. Gráfico dos conteúdos de trabalhos de analiseagora.  O blog analiseagora nasceu a partir de uma circunstância pessoal, na qual transformou a minha vida. Ele é a razão e motivação, para escrever para públicos diversos. O título tem uma breve descrição aos destinatários leitores, quem chegam até a esse meio de comunicações e interações formado de ideias diversificadas. 

Eleições 2018, para reconstruir o país.

Chegou o momento de todos reconstruírem o país, votar certo nas eleições de 2018. A imagem diz:eleições gerais 2018. Após o golpe de 2016 e suas múltiplas consequências nefastas para a democracia e a população. Chegou o momento de todos os brasileiros se unirem para reconstruírem, o país e simultaneamente fortalecer; o atual regime político do Brasil.     Somente isso será possível, através das eleições gerais, em primeiro e segundo turnos de 2018. A nação brasileira durante esses dois anos, vem sendo golpeada, e o sofrimento da população tem aumentado sem precedentes; na história recente do país. Falar em eleições e votar poderá irritar muitas pessoas, que não gosta de política. Principalmente aquelas que estão decepcionadas com os atos dos maus políticos.

As cinzas do museu nacional é o ícone do golpe.

As cinzas do museu nacional, representa o caos da administração golpista. Os museus são patrimônios históricos e culturais da humanidade.  O museu nacional de 200 anos de existência com um acervo histórico imensurável no seu valor histórico e científico, agora se transformou em cinzas. É mais um dos resultados nefastos do golpe de 2016, para a cultura nacional, quando se cortaram verbas importantes para a cultura, incluindo os museus. Esse museu destruído pelo fogo gerado pelo descaso representa o símbolo pelo qual o país, se encontra arrasado em todas as áreas; pelos golpistas. 

Hoje o mar está revolto.

Até o mar se revolta menos a nação brasileira. Até o Oceano Atlântico se revolta,menos os brasileiros. Até o mar se revolta! Menos o povo pacato, cansado, cabisbaixo,  sem esperança, desunido e sem norte. Agora, é uma nova página da história a ser reescrita,  para a vida ter mais vida. Mas por que de tanta revolta do mar? Em repúdio a tudo que o incomoda. As injustiças da justiça. a passividade do povo. A fome, a miséria da nação.   Falta de em emprego, moradia e contra a inflação. Seu barulho não é normal. As ondas também são gigantescas.  Superiores a tirania dos togados. O mar quer falar algo. A sua linguagem é uma incógnita,  mas nem precisa de linguística; tudo sugere a aflição. Cabe a todos seguirem seu apelo! Agravo de quê e por quê? A nação sair do comodismo. Da paz, sem paz verdadeira. Da tal zona de conforto. Deixar de fazer revolução virtual. Da pachorra incomum. Da conformidade patológica. Aprenderam a se manifestar via online. Uma cilada sem volta! Aqui tudo a

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. O abc da mãe e seus significado s As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos. Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentaram a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe. Neste simples abc da mãe todos os filhos deveriam sempre observar as qualidade

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão burro comprava o preconceito entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina , artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal. Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.