Pular para o conteúdo principal

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país. 

Sobretudo deve prevalecer a soberania da vida.

Sobretudo a vida continua em qualquer época do ano e precisa ser valorizada.


A imagem diz:pausa para refletir. Sobretudo, deve prevalecer a vida.
Momento de parar e pensar na vida.
A correria natalina   é o resultado da soma das: compras,decoração, preparação da ceia e a tão esperada  troca de presentes.  É mais um natal  que chegou ,mas num piscar de olhos também foi embora. Agora chegou um momento de todos refletirem sobre o que aconteceu neste período e principalmente na importância da vida.
 Este é o momento de verificar o que sobrou desta frenética corrida recheada de tensões, angústias, agitação, para que tudo acontecesse como o planejado em 2013. Ora!  Evidentemente que nem sempre ocorreu como o imaginado, porém, não desanime! Tudo o que fazemos bem ou deixamos a desejar serve como lição. Momento é oportuno de pensar e procurar corrigir os erros e as gafes deste ano. E ter o zelo para que não se repita no próximo natal do ano de 2014, o que aconteceu em 2013 e que tudo seja especial, sereno e zero em violência no ano vindouro.

E diante de toda esta maratona que faz todos se movimentar de uma forma ou de outra, seja positiva ou negativamente, sobretudo o que restou foi: a beleza e a certeza de que a vida continua repleta de energia e alegria para celebrar tantos outros natais. Até quando existirmos fisicamente neste mundo. Sempre na dedicação e na esperança de construirmos a paz, união, confraternização e solidariedade juntas às famílias e entre os povos. Esta realidade continua dentro do mesmo ritmo para as festividades da passagem de ano ou virada de ano, como muitos conhecemos.

Em meio a tantas correrias antes da noite de natal e após a esta celebração se sua vida continua? Então agradeça sem cessar a DEUS, pois sobrou de tudo o que é mais valioso neste mundo a vida. Muito não tem esta alegria de permanecer vivendo para comemorar mais uma data que é linda, mas tem um lado triste para algumas pessoas.  Lamentavelmente muitos somente neste intervalo de tempo perderam o que há de mais belo, a sua vida. Bastamos olhar as manchetes dos jornais, os principais sites de notícias e os telejornais quantas pessoas que morreram no trânsito das nossas estradas perigosas do Brasil? As mortes ocasionadas por desastres naturais, famílias desabrigadas em algumas cidades do país.   E tantas jovens, outras pessoas que foram assassinadas por motivos fúteis e violentos? São fatos tristes que remetem uma profunda reflexão sobre o sentido da vida. Nestas reflexões começam a surgirem indagações, sem respostas do por quer de tantas coisas tristes que acontecem antes e durante a noite de natal? Pois deveria ser feliz para todos os povos. Porém, tem muitos humanos que transformam infelizmente esta noite de alegria em noite muito triste para muita gente em todo o planeta. As cenas de violências que ocorrem durante neste momento de que era par ser de paz em grande agitação natalina no Brasil e em redor do mundo. Por motivos inexplicáveis devidos sua futilidade que são múltiplos.  


A imagem mostra o titulo do blog analiseagora.
Sobretudo a soberania da vida
Meus caros leitores de analiseagora a semana da virada do ano de 2013 para 2014 está aí, à agitação continuam. Este blog deseja a todos que tenha mais cutela, prudência e cuidado: é apenas a passagem de uma data formalizada no nosso calendário do tempo. Vamos valorizar mais a vida. Ela
é única e por isso não temos palavras para expressar sua imponência. Simplesmente exigimos que todos a valorizem, zelem e  cuidem bem de sua vida e da vida dos nossos semelhantes. Vamos evitar os acidentes com: carros, fogos de artifícios, não digiram embriagados e nem usem drogas ilícitas que geram todos os tipos de violências em nossas sociedades. Evitem qualquer tipo de desavenças entre os amigos e vizinhos. Vamos esperar a chegada de 2014 ,com muita paz, serenidade e união. Prestem bem atenção: nesta efervescência do momento devemos zelar pela nossa existência, pois acima de tudo deve prevalecer à soberania da vida em qualquer período do ano.

Comentários