Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

Atenção! Preparem o bolso vazio, para pagar a luz.

Enquanto ninguém tem reajuste salarial, mas a energia encarece. A foto mostra o poste de transmissão de energia elétrica  O último índice médio de preços das tarifas da luz elétrica será de 7,32%. A antiga (antiga porque será privatizada em breve ) CEEE-D  abastece 1,716 milhão de unidades consumidoras. O setor Que se compreende as residências, comércio, área rural e iluminação pública, terá alta de 8,32. O setor industrial que está em rede de alta tensão terá aumento de 5,24%, Tudo sob  as bênçãos da (ANEEl) Agência Nacional de Energia Elétrica. É incrível! parece piada, mas é a realidade, antes fosse. A partir do  próximo domingo 22/20 os consumidores da CEEE pagarão mais caro a energia elétrica, será um reajuste de 7,32%. Porém enquanto isso ninguém tem reajuste salarial há muitos anos e especialmente agora, nesta crise econômica e turbinada com a força da pandemia da covid-19. 

Os efeitos violentos da inflação nas manifestações no Brasil

OS EFEITOS DA INFLAÇÃO SÃO EVIDENTES EM NOSSO PAÍS

Não adianta quererem tapar “o sol com a peneira” por quer os efeitos da inflação no Brasil são evidentes em todos os setores da economia.  Os efeitos colaterais começam a pipocarem de forma violenta nos principais Estados do país e podem se estender para os demais se algo de sério e concreto não fazerem urgentemente para estancar os avanços dos aumentos de preços que geram a inflação, que está sendo indigesta pelo povo brasileiro.
manifestação contra o aumento do transporte coletivo

Não adianta quererem tapar “o sol com a peneira” por quer os efeitos da inflação no Brasil são evidentes em todos os setores da economia.  Os efeitos colaterais começam a pipocarem de forma violenta nos principais Estados do país e podem se estender para os demais se algo de sério e concreto não fazerem urgentemente para estancar os avanços dos aumentos de preços que geram a inflação, que está sendo indigesta pelo povo brasileiro.


Observem bem o que está acontecendo nas ruas de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. As grandes manifestações da população contra o aumento das passagens do transporte coletivo. Cenas de repressão violenta por parte das policias dos Estados contra os manifestantes semelhantes às cenas da ditadura de 1964 e os tenebrosos anos de chumbo. Estas lamentáveis cenas acontecendo em plena democracia não se pode ir às ruas para fazer manifestação contra o aumento de preços, algo está errado. Que democracia é esta?
O povo precisa de: dignidade, liberdade para fazer manifestações livres, respeito humano e não de violência sem limites.
cena semelhante da ditadura de 1964

Isto é um grande reflexo da inflação no bolso dos trabalhadores. Ninguém suporta mais qualquer tipo de aumento por menor que seja, irá causar um grande rombo no orçamento dos trabalhadores e da população em geral. A inflação que estão dizendo que é mínima,de 7,75% porém, este mínimo não é reposto aos salários que tem um peso muito grande o dia a dia do povo. O valor de compra da moeda brasileira (o real) está a cada momento se deteriorando, frente ao descontrole das constantes desvalorizações do dólar frente ao real e consequentemente vêm os aumentos de preços, fraco desempenho do crescimento econômico e resulta na inflação.

Cenas de repressão violenta por parte das policias dos Estados contra os manifestantes semelhantes às cenas da ditadura de 1964 e os tenebrosos anos de chumbo. Estas lamentáveis cenas acontecendo em plena democracia não se pode ir às ruas para fazer manifestação contra o aumento de preços, algo está errado. Que democracia é esta?
que democracia é esta?

O mais preocupante é que o governo federal e os estaduais em vez de agirem com austeridade para controlarem o avanço inflacionário. Agem com rigor e violência contra a população que não quer mais um Brasil inflacionado. Tudo indica que há uma perda de controle da inflação é notável, mas sempre procuram passar uma tranquilidade falsa e incontrolavelmente os efeitos aparecem através do povo reagindo alertando, gritando para o Brasil e o mundo que não suportam mais esta situação. O povo precisa de: dignidade, liberdade para fazer manifestações livres, respeito humano e não de violência sem limites.

Não esqueçam senhores governantes o Brasil vive uma democracia e não uma ditadura violenta. Quem está no comando age autoritariamente ao desrespeitar a Constituição Federal e impor suas ordens violentas. A partir daí se pode: bater, ferir, matar, prender, sequestrar e violentar em nome de decretos violentos que ferem a dignidade humana.

Acordem governantes estamos em outra época da nossa história. Uma democracia onde todos os nossos direitos devem ser respeitados segundo a nossa Constituição. Nós elegemos democraticamente todos que se encontram no poder. Não importa a sigla partidária todos foram eleitos pelo voto do povo. Agora este povo exige respeito, sobretudo segurança e repudiam qualquer ato violento.

 Além disso, o governo federal e sua equipe econômica devem pensar urgentemente em politicas sérias para conter a inflação e construírem a paz em nosso país.
manifestação em porto alegre


Em vez de violência os governantes eleitos pelo voto popular deveriam dialogar sem limites com o povo que está começando a se cansar com o peso da inflação e aumento de preços em todos os setores da economia brasileira. Em vez de cassetetes, ponta pés, bombas de efeitos moral e prisões. 



Todos os governadores deveriam democraticamente, sentar a mesa com os representantes do povo e promover o diálogo, a paz para encontrar uma solução para este problema que afligem a todos. Além disso, o governo federal e sua equipe econômica devem pensar urgentemente em politicas sérias para conter a inflação e construírem a paz em nosso país.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. O abc da mãe e seus significado s As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos. Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentaram a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe. Neste simples abc da mãe todos os filhos deveriam sempre observar as qualidade

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão burro comprava o preconceito entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina , artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal. Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.