Pular para o conteúdo principal

Os efeitos violentos da inflação nas manifestações no Brasil

OS EFEITOS DA INFLAÇÃO SÃO EVIDENTES EM NOSSO PAÍS

Não adianta quererem tapar “o sol com a peneira” por quer os efeitos da inflação no Brasil são evidentes em todos os setores da economia.  Os efeitos colaterais começam a pipocarem de forma violenta nos principais Estados do país e podem se estender para os demais se algo de sério e concreto não fazerem urgentemente para estancar os avanços dos aumentos de preços que geram a inflação, que está sendo indigesta pelo povo brasileiro.
manifestação contra o aumento do transporte coletivo

Não adianta quererem tapar “o sol com a peneira” por quer os efeitos da inflação no Brasil são evidentes em todos os setores da economia.  Os efeitos colaterais começam a pipocarem de forma violenta nos principais Estados do país e podem se estender para os demais se algo de sério e concreto não fazerem urgentemente para estancar os avanços dos aumentos de preços que geram a inflação, que está sendo indigesta pelo povo brasileiro.


Observem bem o que está acontecendo nas ruas de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre. As grandes manifestações da população contra o aumento das passagens do transporte coletivo. Cenas de repressão violenta por parte das policias dos Estados contra os manifestantes semelhantes às cenas da ditadura de 1964 e os tenebrosos anos de chumbo. Estas lamentáveis cenas acontecendo em plena democracia não se pode ir às ruas para fazer manifestação contra o aumento de preços, algo está errado. Que democracia é esta?
O povo precisa de: dignidade, liberdade para fazer manifestações livres, respeito humano e não de violência sem limites.
cena semelhante da ditadura de 1964

Isto é um grande reflexo da inflação no bolso dos trabalhadores. Ninguém suporta mais qualquer tipo de aumento por menor que seja, irá causar um grande rombo no orçamento dos trabalhadores e da população em geral. A inflação que estão dizendo que é mínima,de 7,75% porém, este mínimo não é reposto aos salários que tem um peso muito grande o dia a dia do povo. O valor de compra da moeda brasileira (o real) está a cada momento se deteriorando, frente ao descontrole das constantes desvalorizações do dólar frente ao real e consequentemente vêm os aumentos de preços, fraco desempenho do crescimento econômico e resulta na inflação.

Cenas de repressão violenta por parte das policias dos Estados contra os manifestantes semelhantes às cenas da ditadura de 1964 e os tenebrosos anos de chumbo. Estas lamentáveis cenas acontecendo em plena democracia não se pode ir às ruas para fazer manifestação contra o aumento de preços, algo está errado. Que democracia é esta?
que democracia é esta?

O mais preocupante é que o governo federal e os estaduais em vez de agirem com austeridade para controlarem o avanço inflacionário. Agem com rigor e violência contra a população que não quer mais um Brasil inflacionado. Tudo indica que há uma perda de controle da inflação é notável, mas sempre procuram passar uma tranquilidade falsa e incontrolavelmente os efeitos aparecem através do povo reagindo alertando, gritando para o Brasil e o mundo que não suportam mais esta situação. O povo precisa de: dignidade, liberdade para fazer manifestações livres, respeito humano e não de violência sem limites.

Não esqueçam senhores governantes o Brasil vive uma democracia e não uma ditadura violenta. Quem está no comando age autoritariamente ao desrespeitar a Constituição Federal e impor suas ordens violentas. A partir daí se pode: bater, ferir, matar, prender, sequestrar e violentar em nome de decretos violentos que ferem a dignidade humana.

Acordem governantes estamos em outra época da nossa história. Uma democracia onde todos os nossos direitos devem ser respeitados segundo a nossa Constituição. Nós elegemos democraticamente todos que se encontram no poder. Não importa a sigla partidária todos foram eleitos pelo voto do povo. Agora este povo exige respeito, sobretudo segurança e repudiam qualquer ato violento.

 Além disso, o governo federal e sua equipe econômica devem pensar urgentemente em politicas sérias para conter a inflação e construírem a paz em nosso país.
manifestação em porto alegre


Em vez de violência os governantes eleitos pelo voto popular deveriam dialogar sem limites com o povo que está começando a se cansar com o peso da inflação e aumento de preços em todos os setores da economia brasileira. Em vez de cassetetes, ponta pés, bombas de efeitos moral e prisões. 



Todos os governadores deveriam democraticamente, sentar a mesa com os representantes do povo e promover o diálogo, a paz para encontrar uma solução para este problema que afligem a todos. Além disso, o governo federal e sua equipe econômica devem pensar urgentemente em politicas sérias para conter a inflação e construírem a paz em nosso país.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.

Você já rotulou alguém de burro?

Esta atitude é preconceituosa, machuca o sentimento de outrem, pare com isso.
Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.  Esta expressão preconceituosa já feriu e continua ferindo o sentimento de muita gente. Atualmente o preconceito vem sendo praticado de maneira escancarada, e com muito mais força, do que em outras épocas. A hostilidade entre as pessoas sempre existiu de forma velada no país, mas agora está passando dos limites nas redes sociais. Provavelmente em certos momentos da vida, alguém já o chamou de “burro”, na pura intenção de ofe…