Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

As aulas durante a pandemia da covid-19.

A volta às aulas na era covid19, que quase, nem começou. 
As aulas do ano incomum da era covid-19, apenas iniciaram em 19/02/20 e havia previsão para encerrar normalmente, em 18/12/20. Neste período de aula normal fecharia os 200 dias letivos exigidos em lei. Mas a pandemia do Novo Coronavírus fez o governo do Estado do Rio Grande do Sul, suspender logo em seguida em 19/03/20 em razão da fúria da pandemia e assim ocorreu em todo o país.  Na realidade tanto os alunos quanto os professores recém começaram a terminar com a sondagem dos conteúdos e se atualizarem para iniciarem os novos e dar sequência as aulas de maneira sólida.  A pandemia deu o ultimato,  voltem para seus lares e preservem suas vidas.

O mundo sob a batuta do covid-19.

A humanidade sob as garras da batuta do covid-19.

O vírus tem uma foma de coroa  vista no microscópio eletrônico.  A  doença causada por esse vírus foi denominada de coronavírus que recebeu o nome de covid-19 a atual pandemia mundial do século XXI.
A foto mostra o vírus da covid-19  a partir do macroscópio.
Esse episódio sinistro do covid-19 que já dizimou milhares de pessoas em todo o mundo, mostra como a humanidade em si é frágil. Porém ela se apresenta como forte e imbatível do universo, mas infelizmente apenas uma peste causada através das garras desse vírus de baixa letalidade e amedrontador expõe quão a humanidade é de fato, fraca diante de situações catastróficas que se abateu sobre a Terra nessa atualidade.
A sociedade humana se apresenta tão superiormente organizada, quanto a das abelhas e formigas, através de sistemas poderosos, contudo gananciosos e escravizadores entre os humanos. A sociedade se esforça para demonstrar perfeições, porém todas essas labutas são puramente falaciosas. Precisou apenas esse episódio viral que surgiu do nada, se é que foi, para mostrar o quanto a humanidade é efêmera. 
O vírus devastador e totalmente invisível a olho nu, contudo visível sob as lentes poderosas dos microscópios de última geração utilizados na Medicina e em laboratórios já provocou estragos impactantes, maiores do que uma grande guerra real entre nações. 
O fato da existência do covid-19 desnudou o mundo e comportamento dos habitantes. Aproximadamente 1 terço da população está confinada em suas casas, algo surpreendente nessa história recente da humanidade.  Com sua batuta sinistra e num espetáculo de horrores,  o covid-19 expôs todos os tipos de homens investidos de poderes e seu jeito de agir frente ao problema da atualidade. Contudo mostrou ao Planeta Terra o caráter do presidente desequilibrado, insano e sem Norte para governar a nação do porte do Brasil. Mostrou nações que não deram ouvidos aos apelos dos cientistas e dos órgãos responsáveis para cuidarem do controle da pandemia e fizeram a população pagar alto preço.
O Brasil se seguisse as doidivanas orientações do chefe de Estado insano, a mortandade da população caminharia para o desastre absoluto. Contudo os governadores e prefeitos do país tomaram as regras da crise e estão com muita dificuldade controlando a fúria do covid-19, mas ainda é muito cedo para saber o final dessa história de terror no Brasil e no mundo. 

Esse vírus tem mais poderes do que todos poderosos juntos das nações.

Contudo, todos hão de convir que esse vírus com sua batuta de dores, o covid-19 já regeu grandes estragos na vida de todos os povos no mundo. Ele é mais poderoso do que quaisquer governos de todos os países; que se acham poderosos. O covid-19 derrubou as bolsas de valores das potências mundiais; várias vezes. Cancelou os jogos olímpicos para outra data certa, cancelou outros eventos esportivos importantes a fórmula 1, os campeonatos de futebol no Brasil e em todos os outros países. Fechamento portos e de aeroportos, hotéis, eventos festivos importantes nos quatro cantos do mundo. Grandes estragos na economia do sistema capitalista selvagem que escraviza a humanidade, já foram feitos e ainda não contabilizados e os de cada nação somente terá o total no fim dessa guerra desse inimigo invisível. Ele não respeita fronteiras e nem bandeiras, nem mesmo as ideologias, nem tão pouco se alguém é de esquerda, direita, centro ou de extrema direita, ele mata a todos sem dó e sem piedade.

O covid-19 transformou a vida de todos os habitantes da Terra.

Todos ainda permanece na insegurança porque essa onda desse vírus maléfico não terminou. Ninguém sabe como tudo isso irá terminar e nem quantos ainda irão morrer e quantos sobreviverão a essa pandemia. Eu mesmo não sei se sobreviverei digo isso, porque moro no Brasil no epicentro da extrema direita e fascista.
O cidadãozinho que foi eleito presidente pela direita brasileira. Fez aquele burlesco pronunciamento em cadeia nacional debochou da pandemia e a chamou de gripezinha e resfriadinho e foi de contra mão, as orientações das autoridades sanitárias e pediu que as pessoas saíssem do confinamento e voltassem ao trabalho em meio ao foco da pandemia.
Felizmente os governadores e vereadores dos municípios não deram ouvidos a essa insensatez do bozo17 (bolsonaro, escrevo em minúsculo porque ele é minúsculo em todos os sentidos).Pense bem! Desde que esse cidadão assumiu a presidência o país anda em direção às trevas. Tudo tem dado errado e tem preparado confusões com todos os demais chefes de Estado do Planeta Terra. Aliás o governo desse cidadão é de fato; uma plena confusão em si mesmo.

A covid-19 já fez a maior revolução trágica do século atual.

Esse vírus já tem novo  nome foi retirado das palavras “corona”, “vírus” e “doença”, com 2019 representando o ano em que surgiu (o surto foi relatado à OMS em 31 de dezembro)
Covid-19 a pandemia de 2020 no mundo.
Portando o covid-19 fez a maior revolução do mundo em pouco meses e já abreviou e contaminou milhares de seres humanos; em todos os países. Esses números são atualizados diariamente através dos governos e da Organização Mundial da Saúde. Essa revolução ainda não terminou e vai longe, não há data para o fim que já se configura a maior tragédia causada através dessa pandemia do covid-19. 
Em meio a agonia da pandemia ocorrem fatos importantes e positivos entre as pessoas no Brasil. O confinamento uniu mais as famílias e despertou gestos de solidariedade entre uma grande parcela da população. 

Em meio a crise do coronavírus nascem gestos de solidariedade.

Na região Sul do Brasil muitas pessoas se uniram para promover pequenos gestos que são grandiosos para as pessoas que necessitam. E principalmente para os guerreiros que estão na linha de frente da batalha, lutando pela vida. Médico(a))s e enfermeiro(a)s e uma legião de anônimos que estão nessa guerra contribuindo de uma forma ou de outra.
Até o coronavírus em sua ação sinistra contra a humanidade fez despertar a fagulha de amor entre os seres humanos. Esse vírus não desconhece fronteiras, idiomas, regime de governo, sistemas econômicos e atinge todos. Não importa se é rico ou pobre, se é chefe de Estado, cidadão comum ou celebridades, ninguém está imune aos ataques desse adversário invisível.
É necessário a união de todos os humanos para vencer mais essa guerra e salvar vidas. Apesar que muitos governantes preferem a vil moeda do que a vida (principalmente o presidente do Brasil) a maioria dos seres humanos fazem a opção sensata de optarem primeiro em salvar vidas e depois pensar em estratégias para recuperar a economia. Afinal as pessoas trabalham e pagam impostos para o governo para que se possa utilizar o fruto do trabalho coletivo para as autoridades e os cientistas competentes; juntos aplicarem o conhecimento a serviço da vida.
A luta e ação dessa envergadura se faz com dinheiro e esse dinheiro é do povo e não do governo. Na situação do Brasil o governo em vez de investir na saúde da população edita uma medida que retira o até o ínfimo salário dos trabalhadores. Infelizmente o governo do Brasil é uma vergonha. Ele é contra a vida. É fato o governo brasileiro é minúsculo, ridículo e de extrema direita, igual ao coronavírus é desprezível.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc.
As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentaram a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.
Neste simples abc da mãe todos os filhos deveriam sempre observar as qualidades da sua mãe e a valorizar eternamente. Toda…

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.