Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

Corrida eleitoral de 2020 já começou.

A maratona eleitoral de 2020 já começou.As eleições municipaisde 2020 serão diferentes de todas as outras em razão dos efeitos da covid-19, muitas restrições de segurança nos dias das votações 15 e 29/11/20.  Tudo isso para proteger os eleitores e mesários para não serem contaminados e se contaminarem as pessoas, com o Novo Coronavirus que já vitimou mais de 140 mil brasileiros.Ainda assim, o número de candidatos inscritos no TSE foram de 517.786 é considerado elevado em relação a eleição de 2016. Todos concorrem a uma vaga no poder legislativo e executivo municipal de sua cidade.

O dia mundial das pessoas com deficiência física.

Dia internacional das pessoas com deficiência físicas.

A imagem com fundo desfocada com pé de café e frutos de café vermelho e folhas verdes. No centro diz: pessoas portadoras de deficiências físicas.
Pessoas portadoras de deficiências físicas.
Hoje o mundo lembra as pessoas que carregam em suas vidas algum tipo de deficiência física. O conhecido dia internacional das pessoas com deficiência física deve servir de alerta e cobranças pelos direitos das pessoas com algum tipo de deficiência física e mental. Estas pessoas trazem em si um potencial incrível e aguerrida história de superação.  Por isto, merecem todos os cuidados necessários para que elas possam sentir-se úteis na vida.
  Não sejam maltratados e discriminados. Basta o sofrimento que levam no seu dia-a-dia para sobreviverem e conseguirem ser reconhecidos como cidadãos, com todos os direitos e terem sua dignidade respeitada nesta sociedade de exclusão.
Hoje qualquer ser humano que vive normalmente, sem nenhum problema que o evidencie como deficiente. Por um infortúnio da vida, este ente pode ter esta situação transformada em segundos por múltiplas causas em deficiente. E quem era normal agora; talvez amanhã não possa ser mais por inúmeras circunstâncias da vida. Torna-se, um deficiente que vai sofrer as mesmas dores diversas, assim como os demais. As dores da humilhação, da insegurança, da dependência, do medo e da discriminação social. O Longo e doloroso processo de adaptação de uma nova realidade, uma nova aprendizagem para continuar vivendo. Ninguém está imune para chegar a uma íngreme situação existencial desta envergadura a qualquer momento.

Pessoas com algum tipo de deficiência física no Brasil e no Mundo.

Dados do IBGE revelam que 6,2% da população brasileira tem algum tipo de deficiência. A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) considerou quatro tipos de deficiências: auditiva, visual, física e intelectual. O levantamento foi divulgado hoje (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e feito em parceria com o Ministério da Saúde. Segundo a ONU mais de um bilhão de pessoas vive com alguma forma de deficiência.
Elas estão mais sujeitas a sofrer com a pobreza e a discriminação e têm menos possibilidade de acesso a serviços sociais, pois sua situação dificulta que exerçam e lutem por seus direitos. Faço parte destes milhões que padecem com deficiência. Estou aqui não para simplesmente colocar em público minha lamentação. Sobretudo exigindo das autoridades que zelam por cada pessoa que sofre com qualquer tipo de deficiência, por mínima ou máxima que seja. Para que todos devam ser respeitados em suas limitações e devam ser reconhecidos como pessoas que padecem de alguma deficiência.
No entanto, tem uma vontade imensa de vencer, de superar e ser mais fortes do que qualquer empecilho físico que os impedem de viver feliz e saudável como todas as demais pessoas normais do mundo. Sabemos que muitos nasceram deficientes, outros foram vítimas no percurso de sua história existencial, não importa como são e chegou ser deficientes, todos merecerem o respeito por parte de todos os cidadãos.
Principalmente as autoridades públicas, devem ser vigilantes com as pessoas que sofrem, com qualquer tipo de deficiência e protegê-las. Aplicar e fiscalizar políticas públicas que venham proporcionar qualidade de vida de uma forma equitativa e humana incluindo nas diversas áreas de trabalho para cada deficiente se sinta um cidadão útil em sua realidade.

Os dados da ONU/OMS das pessoas com deficiências físicas.

Segundo a OMS, com dados de 2011, 1 bilhão de pessoas vivem com alguma deficiência – isso significa uma em cada sete pessoas no mundo. A falta de estatísticas sobre pessoas com deficiência contribui para a invisibilidade dessas pessoas. Isso representa um obstáculo para planejar e implementar políticas de desenvolvimento que melhoram as vidas das pessoas com deficiência.
A ONU alerta ainda que 80% das pessoas que vivem com alguma deficiência residem nos países em desenvolvimento. No total, 150 milhões de crianças (com menos de 18 anos de idade) tem alguma deficiência, segundo o UNICEF.
Ter alguma deficiência aumenta o custo de vida em cerca de um terço da renda, em média. Completar a escola primária também é um desafio maior para as crianças com deficiência enquanto 60% dessas crianças completam essa etapa dos estudos nos países desenvolvidos, apenas 45% (meninos) e 32% (meninas) completam o ensino primário nos países em desenvolvimento.

Comentários

  1. Olá Cícero, não restam dúvidas que em nosso país, ainda falta bastante para que os portadores de deficiência física, seja qual for esta deficiência, estejam verdadeiramente incluídos na sociedade. Desde politicas públicas até a conscientização das pessoas, estamos longe de ser um país justo. Mas graças a Deus que temos pessoas assim como você, que muito mais do que lamentar as suas "limitações" nos traz um belíssimo trabalho e não se deixou abater ante as dificuldades. Parabéns e que Deus te abençoe.
    http://mateusemiliomazzochi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc.
As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentaram a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.
Neste simples abc da mãe todos os filhos deveriam sempre observar as qualidades da sua mãe e a valorizar eternamente. Toda…

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.