Pular para o conteúdo principal

Terminou a campanha eleitoral de 2014.

Intervalo para pensar na responsabilidade de votar consciente.

A imagem de fundo nas cores do Brasil diz: eleições 2014.
Eleições de 2014.


A nação brasileira vivenciou nestes quase quatro meses de campanha eleitoral desde o primeiro ao segundo turno das eleições uma verdadeira festa da democracia. Foi um longo período de convencimento e caça ao voto do eleitor pelos candidatos. Esta busca aos votos começou oficialmente no dia 06 de julho até o dia 25 de outubro de 2014. 

Todos os candidatos fizeram um grande esforço para conseguir o voto do eleitor. Eles fizeram tudo que a lei eleitoral lhes permitia para alcançarem a população votar em ser seu administrador tanto ao nível dos estados quanto federais.

Após a campanha democrática pausa para votar.
 

Depois de todo o barulho democrático chegou o momento de pausar para a reflexão, a serenidade e a calmaria. Importante este momento para que todos possam se preparar para exercer o mais nobre ato de cidadania, o de votar com muita clareza e responsabilidade para eleger os nossos governantes. Contudo, escolher, sobretudo com consciência, quem vai administrar os poderes executivos dos nossos Estados e especialmente da Presidência da República do Brasil.

A campanha foi turbulenta para os dois lados.

 

Foi um período turbulento desde o início ao fim desta campanha eleitoral; que vai entrar para a história como uma das mais conturbadas e agitadas. Foram muitas confusões e acusações entre os concorrentes. Ênfase para o segundo turno principalmente, ao chegar ao fim desta campanha das eleições de 2014. As pesquisas deste pleito também acompanharam o ritmo perturbado dos postulantes ao poder. Os institutos usando seus métodos científicos em algumas situações não souberam ler a vontade do povo e muitas deles queriam impor seu desejo, mas isso não vingou. A imprensa também nos últimos dias tentou confundir o povo com denúncias de todos os tipos dali e daqui a este fez isso, aquele fazia aquilo, e ainda um pouco mais, este ou aquele, deixou de fazer isso ou aquilo etc.

 

O importante é que o povo brasileiro está tendo discernimento, do que é divulgado. A nação não se deixa ser mais enganada quando percebe que há grave manipulação evidente da mídia no fim da campanha eleitoral. Esta praxe mal-intencionada da imprensa poderosa é querer alterar a vontade do povo; fazendo avalanches de denúncias, aumentando a tensão da população. É a cultura negativa do denuncismo mal-intencionado com fins eleitoreiros, um absurdo que o povo está já se alertando com esta novela perigosa de final de campanha. É por isso que este papelão baixo nível que alguns veículos de consumo fazem tem o repúdio dos brasileiros.

Os brasileiros democraticamente se envolveram com o processo eleitoral.

 

Portanto, os cidadãos brasileiros sejam diretos ou indiretamente envolvidos no processo eleitoral para eleger os governantes nas esferas estaduais e federais. As eleições são as melhores ferramentas da democracia, aqui a população com tranquilidade, tem o poder escolher e livremente seus administradores através do voto secreto. É uma grande satisfação morar em um país cujo regime de governo é a democracia. Ainda que não seja perfeito, é um dos regimes de governo melhores do mundo.

 

Em cada eleição está a possibilidade de renovação, fortalecimento e correção de alguns vícios que permanecem em nossa democracia. Então, de hoje para amanhã teremos este momento especial para pensar e votar conscientemente, visando sempre um Brasil melhor.

Todavia, se espera que os governantes possam em seu gerenciamento olhar para o povo, ver suas necessidades básicas e trabalhar para que todos tenham uma qualidade de vida em todos os setores sociais. Este “blog” "analiseagora" deseja a todos os votantes do Brasil e do mundo uma feliz votação!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina , artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal. Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.