Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

A festa, os dramas e o mar

  O mar, em ressaca, é a fonte de limpeza dos dramas humanos.   O mar em maré alta. I. Foram três dias de folia! Muitas coisas aconteceram. Uma parcela da sociedade foi para o mar. II. O mar absorveu todos os dramas; comportamentos humanos. Houve uma abundância de bebidas, discussões, encontros e desencontros, comilanças e festas. Afinal, é Carnaval, a festa da carne! III. Os homens mandaram para o mar, suas angústias e seus dramas. Seus choros, gritos que pareciam de alegrias. Não! Eram desabafos no divã marítimo. IV. Seus prantos, de alegrias e incomuns; ficaram nas ondas do mar. Os desencontros amorosos foram afogados no mar. As brigas de todos os tipos, o mar as engoliu. V. O novo amor nascido no mar foi o mais autêntico, mas efêmero. Não se pode generalizar, uns poucos ainda vivem. VI. O mar, o bom amigo, tomou para si todas as coisas, segredos e dramas humanos. VII. O que poderia acontecer após a festa de Momo? Três dias a fio de maré alta no mar. Foram três dias de folia e três

As redes sociais são efêmeras.

 

Na internet as redes sociais são transitórias.


A imagem de fundo vermelho e caracteres em branco está inscrito: As redes sociais são efêmeras.
 As redes sociais são efêmeras. 


A matéria relata e confirma que na internet as redes sociais são efêmeras e mutáveis. Até agora a vida útil é em média 15 a 17 anos, nunca se atingiram os 20 anos.

É fato e não mera constatação no advento das redes sociais, as quais muitos conviveram. No entanto, com a maioria delas e muitas foram conhecidíssimas, não existem mais, apenas na memória daquela geração. 

Contudo, discorrer sobre aquelas redes para a geração atual com Inteligência Artificial a chegar nas suas vidas. No entanto, ninguém consegue imaginar tamanha emoção, entretanto, para a vinda da IA, aconteceu esse processo evolutivo até alcançar o patamar moderno e factual de hoje.

Certamente parece ser, uma maldição, concorrência ou incompetência que ocorre na “web” a não durabilidade das grandes redes. Elas nascem estrondosamente, vai-se ao apogeu e de maneira, contudo, de forma inesperada vem à decadência.

No entanto, assim como elas nascem de forma explosiva e agregam milhões de usuários muito rapidamente, elas se esvaem e não existem mais.


Os usuários permanecem na saudade das boas amizades e das calorosas discussões múltiplas e se sobrepõem ao “item”, política.

Algumas que já vivi intensamente e em pouco espaço de vem a decepção para todos os participantes, terminou!


Muitos hão de lembrar do Orkut que fez história no Brasil.


Quem não se lembra da extinta Orkut? Essa rede social nasceu em 2004 e foi extinta em 2014. Ela carregava o nome do engenheiro e programador da Google, o russo Orkut Buyukkökten. Aquela rede agregada pela gigante Google e no Brasil fez grande sucesso. Chegou a atingir o ápice de 29 a 30 milhões de usuários.

No entanto, com os mais diversos problemas que só aumentavam, o Google foi obrigado a fechar. Contudo, foram dez anos de grandes emoções, discussões, criatividades, entretenimento e muitas risadas naquelas comunidades da rede social que marcou uma época.

Você andava pela, as ruas e as pessoas comentavam sobre o que estava em alta no Orkut e muitos já pediam para adicionar. Com o nascimento do Facebook as pessoas migraram para lá, e se esvaziou, sem alternativa, partiu para o seu fechamento. Contudo, essa rede deixou muita saudade e muitas amizades foram descobertas e até hoje conheço pessoas que frequentam aquela que são amigos desde aquela época, a amizade continuou na “internet”.


A Microsoft criou o MSN e mudou para Skype. 


Inicialmente apareceu como uma das grandes formas para dialogar instantânea foi o programa de mensagens MSN (Windows live) No entanto, era uma espécie de rede social ou software de conversas da Microsoft que se podia falar com os mesmos programas de computadores, criada em 1999 e em 2014 fechou as portas por outra não mais popular quanto a primeira. O Skype continua, mas, não atraiu a popularidade esperada, ainda que tenha muitas facilidades de vídeos, conferências e outras ferramentas no mundo dos negócios. 


Outra rede de relacionamento social era o G +.

Aquela rede social, apesar de ter alcançado a 450 milhões porque tem 18 anos. Muitos analistas afirmam que o engajamento das pessoas era irrisório, entre esses milhões de usuários.


Leia mais: Não vale mais a pena permanecer no G +.


Ainda assim, entre os usuários ativos, porque causou muitas alegrias e excelentes produções de todos os gêneros literários nas comunidades existentes. Como sempre num piscar de olhos terminou tudo! O G+, nasceu em *28/06/2011 e foi a óbito em + 2/04/2019. Portanto, de maneira melancólica, deixou muitos usuários na tristeza e na saudade.

Leia mais: O fim do g + é agora.


Contudo, o que restou de positivo foram as amizades ali conquistadas do mundo inteiro. No entanto, foi um período muito interessante ter convivido no Google Plus ou carinhosamente chamado de G +. Foi mais uma rede social que obteve sérios problemas em seu “software” e a gigante Google não teve saída a não ser deletar para sempre em 2019 para a segurança de todos que lá passaram.


O Twitter é outra rede social que anda a passos largos para o seu fim.


Todos os usuários do mundo que utilizam o Twitter, já perceberam que não é mais o mesmo após os primeiros fundadores efetuarem a sua venda. O atual dono não sabe o que fazer com este site que já foi famoso e poderoso, no entanto, está mais para o seu fim, do que para a continuação. O Twitter foi fundado em 21/03/2006 e são 17 anos de muitas agitações, descontração, entretenimento e notícias em primeira mão. Contudo, de lá até agora muitas mudanças ocorreram, a última foi a substituição do famoso e tradicional passarinho azul, para a letra X (ridícula), entretanto, representa a vinculação da holding (“sociedade gestora de participações sociais”) do atual dono do antigo Twitter.

Contudo, até o momento ninguém sabe qual será o destino dessa rede social, a mais famosa do mundo, com milhões de usuários ativos e inativos. Entretanto, a nova administração sem norte, está totalmente perdida, nesse ramo de negócio. No entanto, somente o tempo irá confirmar se essa rede social continuará ativa para os próximos anos ou terá o mesmo destino catastrófico das demais citadas acima.


Fato! Nada na “internet” é seguro, mas, uma certeza, tudo é mutável.


Portanto, ninguém se iluda com as redes sociais porque ao se pensar na área da virtualidade, não há a consistência de que nada é para ser duradouro. Elas geralmente iniciam com um impacto estrondoso e com o passar do tempo todas começam a se dissipar incontrolável, garantidamente.

Os motivos são vários: seja pela concorrência, incompetência, imprudência, problemas técnicos com seus programas de “software” que se tornam obsoletos. Assim, dessa forma geram problemas de segurança para os usuários. Contudo, existem várias causas que podem levar ao fim de uma rede social na “internet”, a curto, médio e a longo prazo.

Contudo, até agora não vi nenhuma delas atingir a jovialidade de 20 anos. Elas morrem no máximo até os 16 anos e já parecem envelhecidas precocemente. Os primeiros fundadores deletam ou repassam para outros administradores, muitas delas permanecem somente a logomarca.


As gigantes da “web” começaram comprando as ideias de outros.


Portanto, o controle é de outros donos que de regra não vão muito longe e decretam o seu fim.

No entanto, até as gigantes que dominam a “web” atualmente, começaram com a ideia de outros. Os criadores não tinham condições de seguir com o projeto original e venderam para outros poderosos que compraram a preços irrisórios e hoje dominam a “web” de forma quase intransponível.

No entanto, muito revés já sofreu ao longo da carreira e não estão livres de caírem um dia. Entretanto, se não estiverem atualizadas e investirem pesado contra a concorrência virtual, no âmbito da tecnologia da informação e principalmente agora com o alvorecer da inteligência Artificial, esse avanço revolucionário na “internet” em sua nova versão.


A internet está em permanente produção e evolução.


Portanto, nada na “internet” está terminado, tudo evolui permanente, a mutabilidade neste campo é uma das características mais notáveis. Portanto, quando você pensa que já chegou no ponto final da evolução, pode ter a certeza de que está totalmente enganado. O que você imagina ser definitivo é apenas o começo!

Onde isso vai parar ninguém saberá! Assim foram as redes sociais pelas quais participamos ativamente e não existem mais, só o registro da história da sua existência e assim será, com tudo o que há de mais moderno hoje na “internet”, amanhã poderá não existir mais e ir parar tudo na lixeira eletrônica da “web”. Nada mais é surpreendente no mundo virtual, o que é novo agora de manhã já é velho à tarde.

Enquanto isso, vamos nos divertir com o que há de bom na ‘internet’, porque tudo é efêmero, ao se pensar do ponto de vista da criatividade humana, porque não tem limites.

Todavia, a vida humana segue seu curso natural semelhante ao das criações no campo da virtualidade. Tudo tem seu fim, assim como a nossa vida corpórea terá um dia e ninguém escapará desse dia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog