Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

Iluminando Mentes é uma jornada da Alegoria da Caverna à Educação Moderna.

  Da Caverna à Luz: transformando a Educação de forma, compaixão e criatividade. A cena criada por IA da alegoria da Caverna de Plantão. A Alegoria da Caverna de Platão, narrada em A República*, é uma metáfora filosófica atemporal que explora o caráter da realidade, do conhecimento e da educação. Nesta história, os prisioneiros acorrentados desde o nascimento só têm acesso às sombras projetadas na parede de uma caverna, acreditando serem a realidade. Ao se libertar, um prisioneiro experimenta a luz do sol e a diversidade da realidade, retornando à caverna para compartilhar suas descobertas com os outros. A educação moderna, sob diversos aspectos, se assemelha à caverna platônica. Muitas vezes, os estudantes estão confinados em um espaço limitado, recebendo informações sem contexto ou aplicação prática, como se estivessem presos a uma parede. A abordagem superficial limita o desenvolvimento do pensamento crítico e da compreensão mais aprofundada do mundo, perpetuando a ignorância e a al

O fim do g + é agora.

O fim dramático da rede social foi anunciado em outubro de 2018.




A imagem de fundo vermelho e caracteres em branco está inscrito G+ que é o logomarca do falecido Google Plus ou G+.
A logomarca do falecido Google Plus ou G+.

Saiu a decisão cruel do Google a qual desalojou do G + os seus usuários e todos terão que partir para outras redes sociais. No entanto, todos serão sempre forasteiros nessa era digital, nesse mundo estranho e virtual. Contudo, onde quer que todos irão se abrigar será criada uma conta, em quaisquer das mais badaladas redes sociais, do momento, entretanto, é fato na internet, não há segurança em nenhuma delas.


A morte dramática da rede social Google Plus ou G + começou a ser anunciada em 8 de outubro de 2018, mas será cremada em 2 de abril de 2019. Isto é, todos os trabalhos dos usuários de todas as áreas do conhecimento humano, serão cremados na lixeira virtual da Google.

Foram 8 anos de atividades intensas dos usuários nas comunidades, coleções, páginas e eventos, nada sobrará. É uma realidade triste para os usuários, mas para a empresa parece estar indiferente, essa é a impressão que ela transmite.


É um dos acontecimentos mais badalados entre os usuários da rede Google Plus. Muitas perguntas, muitos porquês, mas sem respostas. Lamentações, pedidos para o G + permanecer, mas tudo será ineficaz.


É fato, quando a empresa decide finalizar com um produto, não voltará mais atrás. Não deixa de ser um acontecimento emblemático, no sentido da gigante corporativa, na área de tecnologia da informação, não demonstrar boa vontade para a permanência dessa rede social na “web”. Certamente, existem outros interesses mais fortes, que estão como pano de fundo, dessa dura decisão irreversível, para a empresa descontinuar com essa rede social, que parecia imbatível e familiar.


O Google Plus através das comunidades e páginas gerou ao longo desses anos uma grande família virtual e agora todas as produções num simples apertar de botões pela Google eliminará essa comunidade e grandes amizades. É como se todos fossem despejados e o que resta é procurar abrigo em outras redes sociais estranhas e complexas de lidar.


Nenhum usuário jamais saberá o real motivo para o fim do Google Plus.


Ninguém, a não ser os donos da Google e os funcionários responsáveis pela programação saberá de imediato quais foram os reais interesses os quais causaram eliminação o Google Plus + dos produtos da Google. A primeira informação que surgiu em 2018 foi o vazamento dos dados das 500 mil contas dos usuários. Será que isso seria o suficiente para decretarem o fim do Google Plus? Certamente, tem algo de interesse superior, que talvez nunca ninguém saberá. Não obstante, mais cedo ou mais tarde; tudo vem à tona no momento certo.


Hipoteticamente aparece o interesse econômico e certamente seja o principal motivo dessa exclusão, porque muitos usuários relutantes, estão postando uma informação, que diz confirmar a continuidade do Google Plus. Ora, bolas! Se não foram as notícias falsas, não será então, esse atual G +, mas sim, uma nova rede social; totalmente voltada para o mundo empresarial. Isso significa que o fator lucro sempre falará mais alto e se sobrepõe aos interesses de uma rede social voltada para a cultura, as amizades, os trabalhos literários, as artes etc.


A vil moeda decidirá o que poderá permanecer atualmente na “internet”.


Outras redes sociais como a gigante e concorrente do G +, o Facebook sofreu esse mesmo problema, aparentemente reverteram a situação e continuam firmes na “internet”. Com certeza se o Google tivesse interesse conseguiria sanar os erros da rede e impedir o seu fim. É lamentável esse fato e, ao mesmo tempo, mesclada, de muitas indignações da parte de todos os usuários.


O seu Layout lindo transmitia segurança para os usuários da rede. Contudo, atrás daquela “interface” fantástica estava um verdadeiro castelo de areia virtual.

Será que apenas foram os competentes programadores do G + os insensatos? Nessa misteriosa decisão para eliminar essa rede social. Por que então, a empresa corporativa apenas nomeou o quesito segurança, quão imprescindível para a sobrevivência da rede. Se realmente foi somente isso, o que ocorreu, só e somente só, esses engenheiros da tecnologia da informação, dessa rede social, seriam os responsáveis diretos para que o Google Plus viesse a óbito.


A segurança ou a inatividade causaram o fim do G +.


Se apenas foram esses detalhes de segurança realmente foram fatais. Contudo, seria a maior negligência em tecnologia da era digital do século. Se assim aconteceu, eles foram os causadores, desses vazamentos dos milhares de dados, de praticamente todos os usuários. Permitiram, num lapso de descuido, uma falha para que as pessoas do mal pudessem invadir com facilidades essa rede social; que demonstra irrestrita segurança. Se assim ocorreu então, é possível se conformar com essa decisão. Agora será lamentável, desrespeitoso, inconfortável e inaceitável essa decisão, se existem outros interesses sombrios que influenciaram o fim da rede social. Contudo, há outras teses de que havia milhares de usuários, entretanto, eram inativos, figurantes, e não protagonistas, pessoas que apenas serviam como indicam sem serventia nenhuma. Os motivos ainda são desconhecidos para o público, só os programadores desse software e mais ninguém sabe, um dia a história revelará tudo. 


Repito, ninguém fora da Google saberá disso a não ser eles. Contudo, a real verdade dos fatos surgirá com o passar do tempo e certamente há sim, outros interesses mais fortes do que esses vazamentos de dados. É uma justificativa não convincente para uma empresa corporativa que possui os melhores engenheiros da área da Tecnologia da Informação do mundo.


Neste fato tudo é questionável neste momento. 


A imagem de fundo vermelho e caracteres em branco está inscrito G+ que é o logomarca do falecido Google Plus ou G+.
A logomarca do falecido Google Plus ou G+.


Até podem ser os erros fatais na segurança do G + que o levou a finitude, mas tudo é questionável.

Certamente até pode ter sido esses erros fatais mesmo, para que a empresa decidisse pela exclusão do G +, mas é questionável. Caso contrário, eles fariam o possível para reverter os erros e deixar a rede funcionando, para evitar o sofrimento dos usuários. Essa empresa corporativa, penso eu, dispõe dos melhores engenheiros capazes de resolverem essas prováveis falhas, antes que ocorresse, ou mesmo, após o acontecimento desastroso.


Talvez esteja plenamente enganado, pode ser que as coisas não sejam como eu penso. O problema, pode ser bem maior que a rede. São questionamentos que faço e não consigo obter respostas plausíveis e cabais. Parece que existe algo a mais, e esse algo a mais, ninguém terá acesso imediatamente, mas a curto, médio e a longo prazo tudo se esclarecerá.


O que fazer a partir de agora sem essa rede social!


Hoje muitos usuários não sabem para onde ir, parece que tudo isso, é um pesadelo e nada irá ocorrer. Portanto, não se iludam mais, não é pesadelo; é realidade cruel para todos que se relacionam respeitosamente nas redes sociais. Hoje existe e amanhã ela poderá ser apenas lembranças. Na “web” não existe segurança em nada, esse episódio confirma essa vulnerabilidade. Há muitas pessoas que dizem que tenho a melhor e a mais segura rede social da “internet”, pode estar absolutamente equivocado. Enquanto navega na rede seus dados estão a ser expostos às pessoas do mal sem o usuário nunca saber. Somente poderá ser avisado quando sua rede for forte; não terá mais condições de sobreviver aos ataques dos malditos hackers.


Com o fim do G + ir para onde?


Após a consumação do seu fim em 2 de abril de 2019, sobre a lamentar e migrar para outros mares virtuais. Apenas resta uma saída para o usuário se transferir de “mala e cuia”, para outras redes sociais. Isso se ainda quiser permanecer com a continuidade das amizades; construída a base de muitos esforços no falecido G +. É uma migração que ocorreu mesmo após essa grande decepção, mas aconteceu de maneira natural. 


Atualmente a internet é muitíssima mutável e veloz.


Portanto, nessa mesma velocidade os amigos se encontrarão em outras bases, ou melhor, em outras redes sociais, para continuarem postando seus trabalhos, seus sítios “web” e “blogs”. Até uma próxima surpresa lamentável como ocorreu com o amigável Google Plus.


Todavia, declaro que essa rede social deixará muitas saudades das belas amizades ali encontradas. Foram muitas pessoas especiais que se conheceram mutuamente; de todos os países. O percentual de 75% dessas pessoas construiu uma amizade tão maravilhosa que parecia não ser virtual, mas quase real.


Ainda que a Google não respeite os sentimentos dos usuários e preferiu eliminar o G + da “internet”, ainda sim, permanecerá esse elo de amizade entre tantos amigos maravilhosos. Com toda a certeza nos encontraremos em outros locais virtuais da “web”. Por todos esses anos de belas amizades, a minha gratidão ao g + que proporcionou encontrar essas pessoas amáveis.


Tudo foi positivo e permanece, nas mentes só é    gratidão!


A imagem de fundo vermelho e caracteres em branco está inscrito G+ The End!
G+ The End!


Portanto, muito obrigado Google por tudo que ocorreu de bom durante esses 8 anos de existência do g +. Seria hipocrisia dizer que tudo foram flores. Ocorreram sim, momentos de tensões entre vários membros das comunidades, perfis e páginas, muitas provocações e coisas desagradáveis, próprias das relações sociais e humanas no mundo virtual, nada que não fosse resolvido com uma sentença final de bloqueio. O Google Plus foi uma espécie de mediador ou cupido para apresentar pessoas tão talentosas, amorosas e especiais que marcaram as nossas vidas para sempre.


Como disse no início, o Google Plus era uma família, agora dissipou-se e foi desalojada os seus filhos estão sem casa virtual. Todos estão à procura de abrigo e se encontram em mares estranhos, cada um com sua caravela a navegar na estranheza do desconhecido.

Todavia o G + será cremado na lixeira virtual da gigante Google, mas a nossa amizade aqui construída continuará mais forte e para sempre em outras redes sociais.

Grato a toda a equipe do G + que ao longo desses anos se esforçou para dar o melhor para os usuários. Permanecerei até o dia do fim e para observar na tela e ler tristemente a última frase postada pelo Google aos seus usuários; desse filme melancólico do G +. The End! 🥲🥲

Comentários

  1. Hola Cicero, creo que el beneficio empresarial ha sido el detonante real para el cierre de Google plus. Mejor dicho, la falta de beneficio económico. Otro problema pudo ser la mala segmentación por edades que dejó fuera de esta red al público de la franja de edad de entre 10 y 35 años que nunca encontraron atractivo en esta red y optaron por Instagram o Youtube como redes preferenciales. Por otro lado, pienso que Google tiene capacidad más que de sobra para crear una nueva red más moderna y con mayor capacidad de captación. Lo que es lamentable e irrespetuoso es la desaparición de millones de publicaciones, fotografías y comunidades que se van al cubo de la basura virtual. Un gran abrazo y felicitaciones por el análisis efectuado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ¡Buena noche mi querido amigo!
      Comparto su pensamiento. Realmente el factor económico fue el estopim, la gota de agua, para que Google viniera sí a hacer la opción por la exclusión de la red y una tremenenda falta de respeto con los travesaños de los usuarios. Desgraciadamente en los días actuales el capitalismo está siendo más cruel con el pensar humano y sus producciones. Nunca en la historia el capital valoró el arte como forma de lo bello sin visar ganancias. Fue exactamente lo que ocurrió con Gooogle plus una red que no rendía para la empresa. Ciertamente pronto anunciarán una nueva red social dirigida exclusivamente al capital. Es muy triste el poder avasallador del capitalismo salvaje que destruye todo en nombre del lucro bajo cualquier vía. Gracias por comentar en mi blog. Un fuerte abrazo amigo y feliz noche de ese lunes.

      Excluir
  2. Muito triste esse descaso com os usuários do G

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite minha amiga! Seja bem-vinda ao nosso blog volte sempre.
      É uma decisão lamentável e também desrespeitosa para com os usuários e todos os trabalhos produzidos e publicados durante esses anos. Imagine você saber que num simples clic a Google irá destruir em sua lixeira virtual todas as suas postagens, textos, imagens, videos e etc em razão de um vazamento de dados. É uma justificativa não convincente para uma corporação que possui os melhores engenheiros de TI do mundo. Evidentemente que há outros interesses por trás e certamente será o econômico, o tempo dirá em breve. Boa noite querida. Beijos.

      Excluir
  3. Também não consigo entender esse desfecho! Todos participavam contentes, num relacionamento saudável. Mas, a realidade é que o mundo não deseja união, prefere
    dinheiro, patrocínios ou pagamentos dos participantes.
    Trocam quando querem, e como desejam. Somos marionetes servindo às maquinas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade.   Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo, composta por duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Pode-se observar que é um desenho simplório, num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.