Pular para o conteúdo principal

O alcoolismo é uma enfermidade destruidora do ser humano.

Os alcoólatras não surgem da noite para o dia, mas a partir dos contínuos goles das bebidas alcoolizadas. 

O alcolismo é uma doença! Inicia cedo de gole em gole.
Os pacientes alcoólatras necessariamente precisam reconhecerem que o alcoolismo é uma doença. Porém, esse é o primeiro passo para todos os alcoolistas sofredores, iniciarem uma longa caminhada rumo a sanar esta enfermidade; que atormentam as suas vidas.
Todos os seres humanos padecedores, através do uso compulsivo do álcool, não se geram da noite para o dia, mas começam a se desenvolverem a partir de um processo embrionário lento. E comumente muito cedo na vida, especialmente, as fases da adolescência e   juventude que atravessam a maioridade; até o fim da vida.
Esse processo avança de maneira avassaladora e destrutiva, durante a existência. Tudo se inicia ao ingerirem continuamente, os primeiros goles de quaisquer bebidas alcoolizadas, entre os amigos nas festinhas, em casa e etc. Todos fazem isso para comprovarem a autoafirmação de si mesmos e se sentirem e mostrarem para os outros amigos que são fortes, desinibidos alegres e felizes fugazmente.

Tomando bebidas alcoólicas os adolescentes e jovens iniciam uma caminhada perigosa que arruinarão a vida.  

Os adolescentes e jovens, além de perderem a timidez e adquirirem a autoconfiança através dos caminhos tortuosos, nos eventos sociais durante essa fase da vida, aqui se estará a se iniciar também a fazer uma caminhada extremamente perigosa para a vida inteira, rumo ao precipício sem volta; para todos os aqueles pacientes que atingirem ao estado de alcoólatras. 
Com o acontecer dos anos a maioria perdem tudo que conseguiram com muito esforço incialmente perdem seus empregos, casas, negócios, empresas e a moral diante da família e dos amigos.
Tudo começa quando através da curiosidade ou sob a influência de certos amigos muitos adolescentes e jovens começam a ingerirem o primeiro copo de bebida alcoólica. Raras exceções alguns têm a consciência do que estão se destruindo e param imediatamente com esse processo de aniquilamento de si mesmos. Contudo, são realmente fatos aqueles raríssimos casos, onde muitas dessas pessoas; saem dessa estrada perigosa. Infelizmente na maioria dos casos, essas pessoas não mais conseguirão se livrar desta autodestruição.

Muitos adolescentes e jovens imaginam erroneamente que irão encontrarem seu porto seguro no álcool, um tremendo engano. Então, eles iniciam as decadências neste período de maior vulnerabilidade da vida. São exceções, mas nesse período existencial pode sim, ocorrer sérios desvios de caráter e cometer grandes erros irreversíveis.  Muitos adolescentes e jovens também ainda vivem no drama das grandes indecisões profissionais e consequentemente, como ainda não se encontraram, partem para o perigo das bebidas alcoolizadas.

Muitos iniciam a tomar bebidas alcoolizadas nos lares.

Nunca   se pode esquecer de enfatizar que também existem muitos casos onde existem crianças, adolescentes e jovens, procedentes daqueles lares onde o álcool é presença normal entre os membros da família.
Eles também já fazem uso do álcool normalmente e sem controle. Estes inocentes vivem na permanência, assistindo essas cenas deprimentes e se transformam em   rotina, praticadas através dos seus pais e responsáveis, fazerem cotidianamente na convivência dos seus lares. Elas são vítimas e certamente a tendência é de seguirem no futuro próximo, este exemplo ruim dos pais ou irmãos mais velhos. Geralmente, todos que vivem em situações de vulnerabilidades terem a tendência de seguirem este horrendo hábito naturalmente e irá trilhar os caminhos perigosos, que a sociedade os oferece com facilidade. Porém, com toda a certeza originarão sérios problemas, muitos deles irreversíveis para uma vida inteira.

As pessoas alcoólatras sempre encontram motivos sem fundamentos para beberem algum tipo líquido a base de álcool. Comumente os alcoólatras tem suas razões fúteis para irem aos bares tomarem sua cachaça exemplos:  alguns bebem quando estão tristes, sozinhos, depois bebem para curar a ressaca, quando o tempo está quente ou frio. Quando seu time de futebol perde ou vence. Quando tem ou não tem dinheiro, empregado ou desempregado e etc. Em quaisquer dessas circunstâncias, os alcoólatras justificam suas bebedeiras de maneiras totalmente frívolas e erradas. Curiosamente nunca eles encontram motivos para tomarem decisões firmes para cessarem de beber. Infelizmente sempre existirão motivos banais para beberem descontroladamente. É sinal que já são totalmente dependentes das bebidas à base de álcool. Todos que se encontram nesse estágio, necessitam com urgência procurarem tratamentos corretos com os especialistas nessas áreas.

Admitir que o alcoolismo é uma enfermidade é o primeiro passo para a libertação dos pacientes e viverem melhores.

Os alcoólatras começam de copo em copo até se tornarem  doença irreversível.
O alcoolismo é uma enfermidade que o paciente precisa admitir que está doente para eles é uma atitude difícil de reconhecer.  Contudo, é fundamental admitirem a dependência alcoólica como o primeiro passo, para iniciarem tratamentos e alcançarem a cura ou também o controle continuo das bebidas alcoolizadas. A partir desse ponto se inicia o caminho para a libertação, viver melhor e principalmente com qualidade de vida.
Hoje existem muitas pessoas que estão escravizadas por este vício que se transformou em uma epidemia de cunho social e que tem cura, ou na maioria dos casos o controle. Satisfaz os pacientes aceitarem a iniciativa livre de quaisquer preconceitos e admitirem que são alcoólatras. 
Essa decisão é fundamental para iniciarem os tratamentos em clinicas especializadas ou frequentar as reuniões dos Alcoólatras Anônimos, (AA) sem preconceitos e certamente encontrará ajuda mútua de pessoas que já sofreram e sofrem com esta doença e continuam num permanente combate para nunca mais voltarem à vida de escravidão do álcool. As reuniões têm em todas as cidades do Brasil e do mundo. As pessoas que estiverem nesta situação não perca tempo para procurarem soluções. Todavia, necessitam procurarem ajudas nestes grupos de quase 80 anos de existência. 

Esse grupo começou no ano de 1935 em Ohio nos EUA. A história do (AA) tem suas sementes plantadas pelos seus primórdios em 1840 em um bar da cidade de Baltimore no Estado da Virginia nos EUA. Se você ou alguém da família tem problemas com o alcoolismo observe os doze passos paradeixar de beber e muito mais informações, formas de ajudas no site oficial dos Alcoólatras Anônimos um local sério que poderá ajudar na libertação da escravidão do álcool de milhões de pessoas no mundo inteiro.

O alcoolismo atualmente é uma epidemia de cunho social a ser combatida.

Portanto, não sejamos ingênuos o problema do alcoolismo é grave e está presente nos lares. E tem causado muitas destruições dos casamentos,famílias despedaçadas, prejuízos financeiros, desempregos, depressões, solidões,acidentes fatais no trânsito do país e do mundo, assassinatos e sofrimentos para os pacientes alcoólatras e seus familiares. Um problema ajustador que hoje se inicia precocemente nas pessoas independentes do gênero e classes sociais, nas grandes maiorias dos lares brasileiros e do mundo.
Os pacientes alcoólatras, todos eles precisam de muito apoio para alcançarem as suas recuperações. Sozinhos não conseguirão vencer esse sério problema, após um período de abstinência, tudo por que   as tentações são   múltiplas para forçar a recomeçar tudo outra vez. Ainda que os pacientes tenham consciência dos sofrimentos que já viveram e poderá a qualquer instante repetirem tudo outra vez. É um duelo de grupo o isolamento é ruim para os alcoólatras.
Eles precisam se socializarem nas reuniões dos grupos dos Alcoólatras Anônimos, para adquirirem forças para vencer esta doença. E nunca mais visitarem os bares que são os locais de perdição e iniciação para quem era, é e quem não é alcoólatra. Então fujam destes ambientes ruins quem levam ao precipício moral e a destruição da vida através do álcool. Por isso a importância de procurarem ajuda nos lugares certos e em clinicas especializadas para os tratamentos dessa epidemia que ataca milhões de pessoas por todos os lares do mundo.
Eu não sou especialista nesta área, mas me comovo com o sofrimento de tantas pessoas jovens e adultas que são escravizadas pelo álcool, o mais grave é que muitos não admitem que sejam doentes e têm o domínio sobre a bebida e afirmam que pode parar quando quiserem, a qualquer dia; estão enganando a si mesmos. Todavia este dia nunca chegará e os sofrimentos continuam sem dia e hora marcados para um fim da escravidão provocados através das bebidas alcoólicas.  Sempre recomendo quando tenho a oportunidade de conversar com as vítimas do álcool mandar algumas dessas pessoas que admitem serem alcoólatras a procurarem os lugares e as pessoas certas para providenciarem o socorro imediato. 


ALCOOLISMO: SINAIS DE DEPENDÊNCIA E ABSTINÊNCIA.


Pais e educadores devem ter um trabalho redobrado de orientação e falar transparente e diretamente sobre os malefícios e os perigos que o álcool causa na vida de todos e permanecerem vigilantes para evitar que a juventude não entre neste barco furado.
Os pais devem dar exemplos e evitar definidamente qualquer espécie de bebida alcoólica em casa. Também evitar que os filhos possam frequentar ambientes perigosos onde existe o consumo de bebidas alcoólicas livre. 
Uma pessoa após admitir que é alcoólatra está reconhecendo que está doente e necessita urgentemente de socorro. Um belo e importantíssimo passo para quem quiser ter uma vida saudável e de qualidade. Esta decisão é fundamental para quem quer ter uma permanente caminhada contra este mal que aflige milhões de pessoas em todo o mundo. Fundamental que se encaminhe para os profissionais especializados no tratamento desta enfermidade que devasta milhões de pessoas e simultaneamente a família, os amigos que são trocados pela companhia de um copo de bebida alcoólica.

Comentários

  1. Boa noite, os fundadores de AA sempre disseram que o Alcoolismo é uma doença, física , mental e espiritual, que pode ser uma doença genética, que existem homens e mulheres que se libertaram desta doença terrível usando o programa dos Doze Passos de AA. Estes homens e mulheres bebem diferente das outras pessoas, para eles não existe beber socialmente, quando ingerem o primeiro gole se desencadeia uma tempestade interna que não conseguem controlar por mais que tentem e creiam muitos morrem tentando.Diferente do cigarro e de outras drogas ,o alcoolismo é uma doença que afeta tanto física, quanto espiritualmente, pois os afastam dos seus dogmas religiosos, da família,da sociedade. Os transforma em farrapos, e os jogam na lama .

    ResponderExcluir
  2. Boa noite minha amiga Lia Araújo. Seja bem-vinda querida ao nosso blog analiseagora, volte sempre. Concordo plenamente com seu excelente comentário sobre a postagem acima. E acrescento mais o alcoolismo é sim essa doença devastadora de milhões de pessoas tanto em nosso país quanto no mundo. Ela inicia a passos lentos desde o primeiro gole na fase da infância, adolescência e juventude e se estendendo para a fase adulta. Muitos casos apenas têm controle e outros casos se transformam em irreversíveis. Muitos perdem tudo desde as coisas materiais e as mais preciosas como as suas famílias e amigos. Boa noite, tenha um bom início de semana e beijos em seu coração.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado meu amigo, conheço a fundo essa doença do alcoolismo e sei o quanto é difícil para quem bebe e também para a família, pois não se encontra uma explicação lógica satisfatória, e alguns acabam indo morar nas ruas,e morrem como indigentes.É doloroso acompanhar o definhar de uma vida,é terrível ver o fim e nada poder fazer.Beijos no seu coração meu amigo, muita paz e muito amor!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

Atitude preconceituosa, feri o sentimento de outrem, é ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.