Pular para o conteúdo principal

Contagem regressiva para o dia de votar nas eleições 2014.

A responsabilidade da população com o futuro do país para os próximos quatro anos.

 

A imagem de fundo azul e caracteres amarelos diz: Eleições gerais de 2014.

O cidadão tem um compromisso sério em escolher quem vai administrar o Brasil nos próximos quatro anos, da mesma forma, nas esferas estaduais e federais.

Faltam poucos dias para o cidadão brasileiro chegar até a urna e conscientemente depositar o seu voto, aquele que vai ser decisivo para ajudar no desenvolvimento do estado e do país. Para isso acontecer corretamente é imprescindível pensar, refletir e decidir em quais candidatos irá votar nestas eleições. Os novos eleitos terão uma ampla responsabilidade para com a nação brasileira.

Alguns irão administrar e outros legislarão para a nossa sociedade focada na honestidade, equidade e justiça social. É o futuro do povo brasileiro, que vai ser decidido nas urnas e colocado em prática durante os próximos quatro anos.

Muita atenção para escolher em quem votar.

 

Uma missão difícil para todos os cidadãos que em meio a um exército de candidatos que se apresentam pedindo votos, diariamente. Visto que 95% deles não são confiáveis. Todos poderemos, estar correndo um sério risco de mais errar do que acertar nas escolhas que faremos no dia das eleições.

Poderemos estar escolhendo elementos que tem pretensões claras de roubar, explorar, corromper, e enriquecer ilicitamente, sobre as riquezas que todos os trabalhadores produzem arduamente. Pois, muitos candidatos mal-intencionados, neste período eleitoral, batem às nossas portas pedindo votos.

São candidatos de todas as índoles querendo ser políticos na intenção de roubar a nação brasileira. O mais grave e preocupante é que eles chegam se apresentando como sendo honestos, e trazendo propostas meramente demagógicas. Neste batalhão de caçadores de votos, há mais corruptos; do que gente honesta que vem de berço.

 

Há mais pessoas ociosas querendo viver uma vida em ‘sombra e água fresca’ sem trabalhar, como todos os trabalhadores fazem para se sustentar. Entretanto, como são preguiçosos e desonestos que procuram uma vaga na política, como se a política fosse um reformatório de más condutas. Esta situação ocorre no Brasil, porque a política como ciência e arte de governar honestamente o bem comum, está transformando a política como algo pejorativo.

Políticos são sinônimos de corruptos e desocupados que procuram viver como sanguessugas do dinheiro público. Como se a política pudesse acolher todos os corruptos, ladrões, falcatrueiros, estelionatários, demagogos. Não! A política é algo muitíssimo sério, muito mais sério do que as pessoas possam imaginar. Por isso deve haver a colaboração de todos. Comecem a pensar a política como ciência e arte de administrar os bens públicos; começar a expurgar este tipo de pessoas que mancham algo importantíssimo para o bom funcionamento da sociedade. É fundamental conhecer e compreender o que de fato é política? Vejamos:

A palavra política tem origem nos tempos em que os gregos estavam organizados em cidades-estados chamadas “polis”, nome do qual se derivaram palavras como “politiké” (política, em geral) e “politikós” (dos cidadãos, pertencente aos cidadãos), que se estenderam ao latim “politicus" e chegaram às línguas européias modernas através do francês “politique" que, em 1265 já era definida nesse idioma como "ciência do governo dos Estados".

O termo política é derivado do grego antigo πολιτεία (politeía), que indicava todos os procedimentos relativos à pólis, ou cidade-estado. Por extensão, poderia significar tanto cidade-estado quanto sociedade, comunidade, coletividade e outras definições referentes à vida urbana. O livro de Platão traduzido como "A República" é, no original, intitulado "Πολιτεία" (Politeía). (fonte: Wikipedia).

A missão de administrar o bem comum com seriedade.

 

Tem também aqueles que de fato têm uma vida pública irrepreensível em administrar os bens da sociedade. São trabalhadores que exercem cargos eletivos nas esferas estaduais e federais e que se preocupam com o desenvolvimento do país e o bem da nação brasileira. Estes são raros em nosso país. Por isso é muito complicado para todos os cidadãos, identificar entre tantos candidatos aos cargos dos poderes legislativos e executivos estaduais e federais, saber quem é honesto e desonesto.

É fundamental conhecer a história de quem pretende votar em ser nosso representante nos poderes tanto do legislativo quanto executivo. Pesquisar se é ou não ficha suja. Tem alguns candidatos fichas sujas que procuram burlar a lei da ficha limpa. Entretanto, atenção redobrada e a importância de pesquisar a história dos pretendentes a um cargo eletivo. É trabalhoso fazer este exercício cidadão, mas podemos livrar de votar em elementos que irão contaminar ainda mais o cenário político nacional e provocar prejuízos irreversíveis à sociedade brasileira.

Ainda com reclamações é a hora de mudar o país, através do voto.
 

Portanto, o grande dia se aproxima e todos têm a obrigação por lei de votar mesmo reclamando com plena razão. Agora deixar de votar ou anular o voto não cooperar em absoluto com a democracia e perdemos uma oportunidade valiosa de eliminar do meio político aqueles que são: mau-caráter, ladrões, corruptos e preguiçosos que querem viver sem trabalhar, pensando existir bem entrando na política, mas estão num lugar errado. Antes de tudo, todos os políticos honestos são funcionários públicos, remunerados. Através dos pesados impostos que pagamos ao tesouro nacional via receita federal e outros órgãos arrecadarem para arcar os altos salários dos políticos que trabalham muito pouco para ganhar soldos astronômicos.

Os políticos não podem ser um tirano que fazem leis tirânicas para explorar o povo e esperando a serem servidos, todos eles são eleitos pela população para defenderem e servirem a nação. Todavia, nem todos são parasitas do povo brasileiro. Há aqueles que fazem um esforço monumental para defender a democracia e as demandas da população.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina , artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal. Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.