Pular para o conteúdo principal

Parabéns aos heróis da Revolução farroupilha.

Vinte de setembro, o povo gaúcho, comemoram a revolução farroupilha.

A pintura mostra uma cena do gaúcho com a família, preparando seu churrasco no campo.
A  cena do gaúcho assando o churrasco no campo com os amigos.

Hoje dia 20 de setembro, no Estado do Rio Grande do Sul; é feriado. Um feriado para relembrar a luta dos heróis da guerra dos farrapos que aconteceu entre 1835 a 1845 contra o Império brasileiro. Foi uma guerra que tinha como pano de fundo separatista. Os gaúchos não mais suportavam mais o peso dos impostos cobrados pela corte do Brasil que tinha como Imperador Pedro I. A cobrança dos impostos de tudo que era produzido pelos gaúchos foi o estopim para estourar esta guerra violenta dos farroupilhas contra os imperialistas.

 

Hoje os gaúchos comeram esta revolução com muita festa regada a churrasco, chimarrão e muitas danças típicas regionais. Eles   exaltam a cultura e as tradições gauchescas, uma tradição que passa de geração a geração desde o fim da guerra dos farrapos. Nesta época do ano os Centros de Tradições Gaúchas (CTGs), continuam a serem lotados de gaúchos e gaúchas vestidos a caráter, como manda às regras dos CTGs, para os bailes típicos de todas as noites. Além do acampamento farroupilha em Porto Alegre que reúna milhares de gaúchos e turistas para esta comemoração orgulhosa dos farrapos. O povo gaúcho tem uma indumentária típica que diferencia dos outros estados brasileiros.

Conheça as vestimentas típicas do gaúcho, em detalhes.

A foto detalha mostra a roupa do gaúcho que usa nos bailes e principalmente na semana de comemoração farroupilha. Nos bailes todos somente entram nos (CTGs) trajando a famosa pilcha gaúcha.
A indumentária tipica de um peão gaúcho. 


A foto detalha esta roupa do gaúcho que usa nos bailes e principalmente na semana de comemoração farroupilha. Nos bailes todos somente entram nos (CTGs) trajando a famosa pilcha gaúcha.

A partir de 1865 definiu-se a indumentária do gaúcho atual. A indumentária do gaúcho que preserva suas tradições como exigem os CTGs foi se definindo aos poucos fazendo certa mistura cultural de diversos povos até formatar uma roupa que viesse ser a edificação dos gaúchos entre prendas e peões.

Os peões gaúchos a partir de 1865 defiram uma típica roupa contendo as seguintes peças como mostra a ilustração acima.


 01. Chapéu de couro ou feltro de abas largas. 02 barbicachos, 03. O poncho sobre os ombros, 04.O lenço branco ou vermelho, 05. Uma camisa de lã.06 coletes 06. Rebenque na cintura e a guaiaca, 07. Cinto largo onde traz a faca, 08.a bombacha, 09. calças largas e apertada no tornozelo, 10. Botas 11. Chinelos 12. Esporas de rosetas grandes, 13. No pulso, a presilha com várias tiras, 14. O laço de couro de asno.

 

O blog analiseagora deseja a todos os gaúchos e gaúchas, desta querência amada, um feliz feriado, para lembrar a luta dos nossos heróis da guerra dos farrapos; a partir de então, seoriginou a semana farroupilha. E todos os heróis da atualidade que lutam constantemente pelo um RS e um Brasil melhor. Onde todos possa ter de fato uma vida com qualidade e dignidade social.

FELIZ DIA DO GAÚCHO!    

Letra do hino do Rio Grande do Sul.



(Letra: Francisco Pinto da Fontoura. Música: Joaquim José Mendanha)

Como a aurora precursora

Do farol da divindade

Foi o Vinte de Setembro

O precursor da liberdade.

Refrão

Mostremos valor, constância

Nesta ímpia e injusta guerra.

Sirvam nossas façanhas

De modelo a toda terra.

 

De modelo a toda terra

Sirvam nossas façanhas

De modelo a toda terra.

Mas não basta para ser livre

Ser forte aguerrido e bravo

Povo que não tem virtude

Acaba por ser escravo.

 

Mostremos valor, constância

Nesta ímpia e injusta guerra.

Sirvam nossas façanhas

De modelo a toda terra.

De modelo a toda terra

Sirvam nossas façanhas

De modelo a toda terra.

 

Entre nós reviva Atenas

para assombro dos tiranos

Sejamos gregos na glória.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade.   Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo, composta por duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Pode-se observar que é um desenho simplório, num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.