Pular para o conteúdo principal

A tristeza é grande quando ao perder aquele presente de estimação.

TER SENTIMENTO A OBJETO RECEBIDO NÃO SIGNIFICA SER MATERIALISTA. SIGNIFICA: ESTIMA, CARINHO A QUEM TE PRESENTEOU. 

Os presentes das pessoas amadas tem um valor incomensurável 

Você já pensou que muitas pessoas em algum dia se depararam diante de algumas situações de dores e angústias quando nota-se que perdeu algum presente de estimação. Isso ocorre não pelo do seu valor material, mas da sua importância sentimental, que é incomensurável. Não por quer a pessoa é materialista. Entretanto, sobretudo pela estima a alguém que o presenteou. É neste momento de perda que o sentimento transcende quaisquer presentes, objetos, que tenham significados especiais. Há muitas formas de perdas como: esquecimento, roubo, assaltos, casuais e acidentais, etc, neste post querem me especificar naqueles casos de peradas casuais.

Ora! Você ganha um presente de alguém singular, ao longo do tempo, sem perceber, aquela pessoa é realmente personificada neste presente. Tudo por que é uma a pessoa amada, amiga que o admira profundamente. Para externar esta consideração geralmente é materializa em um presente, independente do seu valor. O objeto em si, é uma maneira prática de lembrar, daquela pessoa querida e dos momentos especiais, mesmo quando a se encontra distante. Olhando para este objeto; automaticamente vem à memória a imagem da pessoa querida e amada e assim, já de certa maneira, mata a saudade e mantém a alegria e o contentamento da alma.

O ruim mesmo é quando acontece determinada situação casual de perder esta ou aquela peça valiosa sentimentalmente, brota sim, uma tristeza interminável. O mais grave é saber que tal item insubstituível, nunca mais voltará a lhe pertencer.  Numa tremenda fatalidade caiu do bolso ou das próprias mãos; sem que o percebesse. Você às vezes até pode acompanhar num grande desespero a observar o objeto valioso ser jogado acidentalmente, em lugares impossíveis de chegar até lá, para fazer ou mandar resgatar. Tem também os casos em que não se sabe, como, onde e quando o episódio da perda foi ocorrido.  Certamente nasce um grande sentimento de fraqueza. Porém, pela vontade de readquiri surge ao mesmo tempo, a adrenalina para fazer encontrar de qualquer maneira aquele presente de estimação. Vem uma enorme decepção quando todo o esforço é em vão.
Ainda que se possa comprar uma replica para substituir o original, há um vácuo sentimental. Aquele que era o original, agora não está mais aí; o novo parece ser incompleto, nunca será o mesmo. Algo está faltando e não se consegue preencher este vazio deixado pelo primeiro e único presente recebido, com tanto amor e carinho pela pessoa amada. Ou também de uma amiga ou amigo especial. Geralmente estas perdas ocorrem com aqueles presentes, de tamanhos pequenos, porém de um valor sentimental incalculável.  

É importante zelar dos presentes que recebemos 

Portanto, ninguém está livre de uma situação desconfortante assim, pela perda de um objeto recebido e recheado de amor e carinho. Volto a repetir não é o materialismo em si, mas é o todo sentimental que transcende o material, o objeto. Por isso, todo o cuidado é pouco com aqueles mimos que se ganha de alguém especial, para não perder. Há tipos de presentes que se recebe e quem deu se sente valorizada, quando percebe que o presenteado está usando. Se a pessoa não usar demonstra, desdém e desconsideração. Todavia se algum dia acontecer uma situação desagradável desta, primeiramente tente encontrar e se não encontrar procure a pessoa que o presenteou e relate em detalhes o acontecido. Certamente haverá compreensão, nunca deixe quem o presenteou notar pouco-caso de algo que deu com muito amor e carinho.     

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença sentimento negativo presente nas relações humanas.

A indiferença está presente na vida humana e   setores da sociedade. A indiferença um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimentonegativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos.
Podemos perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. No plano social há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos humanos reagirem indiferentemente frente os problemas alheios. No âmbito governamental o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente entre nação dominante …

Quando a ganância vem ofuscar a razão.

Quando a razão é ofuscada pela ganância do ter, o homem caminha para autodestruição do ser.A ganância um dos sentimentos inatos dos homens carregados de muitas perversidades próprias de sua natureza pecaminosa e insaciável para querer tudo que os sentidos percebem. Averiguada, desde o início da humanidade até os dias de hoje, tem causado muitas dores e sofrimentos ao ganancioso e a sociedade. Na atualidade surge com mais intensidade e métodos extremamente nefandos para conseguir os desejos materiais impossíveis, muito dinheiro e poder sem limites. O brilho das moedas recebidas de maneira fraudulenta vem ofuscar a razão deixando a entorpecida para qualquer tentativa de chamar a reflexão, a sanidade humana, fundamentada nos valores éticos e morais.