Pular para o conteúdo principal

A música no blog apresenta a sinfonia nº 8 inacabada de Franz Schubert.

O mundo da arte clássica sonora, tem suas histórias e mistérios interessantes.

A imagem tem a clave de sol e diz: no espaço cultural do blog tem música.
O espaço cultural a música no blog de analiseagora, tem o privilégio de analisar e apresentar a magnifica composição sinfonia número oito ou inacabada; de Franz Peter Schubert (1797 - 1828). Esse gênio austríaco da música, pertencia ao período de transição do clássico para o romantismo e suas composições já evidenciavam os traços característicos do romantismo, estilo poético acentuado em suas composições musicais.
A história da música clássica é fascinante e principalmente para algumas magníficas sinfonias as quais se destacam no mundo da arte sonora e erudita. Uma das sinfonias mais executadas nas salas e palcos dos teatros, e a mais ouvida e conhecidas no mundo, é de número 8 a famosíssima composição inacabada, do grande gênio e mestre; Franz Schubert.
Por si só é uma obra de arte, alegre e simplesmente encantadora, para a felicidade de todos os amantes e apreciadores desse gênero musical refinado. Ela quando executada, através de uma grande orquestra, se revela numa imponência artística e pura beleza incomparável. Ao término de sua apresentação, o público parece ter entrado em êxtase, e se fosse possível o maestro reiniciaria várias vezes e não aborreceria a plateia. Certamente os ouvintes permaneceria em silêncio para assistir e ouvir atenciosamente mais algumas apresentações e agradeceria de bom coração.

Essa grandiosa obra é composta em apenas dois movimentos e faltam os demais. É por isso, que ela é conhecida e considerada como inacabada, essa maravilhosa composição, segundo o padrão estrutural de todas as sinfonias da época no qual viveu o autor e compositor; a época clássica. No entanto, ouvindo os dois movimentos os quais a forma a peça pode sim; afirmar como uma sinfonia majestosa.  

A importância desses movimentos para a sinfonia ser perfeita na apresentação.

Allegro moderato (em si menor). Esse comando é como se fosse a bússola que indica ao maestro o caminho da velocidade a ser aplicada para a música, dentro dos compassos e como precisam ser executados. Portanto, essa indicação é imprescindível existir nas partituras de quaisquer obras musicais para que sejam apresentadas com equilíbrio para o público nos tempos exatos e assim se criar as condições para uma composição ser apresentada com harmonia e perfeição aos espectadores. 

Andante con moto (em mi maior). Esse comando é semelhante ao GPS da partitura. Tem a função de sinalizar com precisão para o artista e maestro da orquestra o caminho a seguir ou seja; o ritmo da composição. Isto é, a obra musical deva ser apresentada de maneira lenta, porém não necessita ser lenta em exagero quase parando. O ritmo da música em movimento, deve ter equilíbrio e harmonia, tudo para que se garanta a perfeição da peça musical em apresentação para as plateias. 


Pela sua perfeição a oitava sinfonia a incompleta de Schubert, demonstra ser naturalmente uma belíssima peça completa. Ela já satisfaz a quem ouve com atenção; e estima especial. A obra contenta todas as pessoas da plateia, e geralmente se torna difícil identificar essas lacunas dos movimentos, exceto os especialistas dessa área os musicólogos. Estes sim, cuidadosamente identificam, em razões dos seus altos conhecimentos das estruturas de quaisquer obras sinfônicas.

Os mistérios e especulações do porque essa bela sinfonia ser conhecida como inacabada.

A imagem apresenta a clave de sol e o violino e diz:a música no blog.
Essa sinfonia de número 8 foi composta no ano de 1822, tão somente apresentada em 17 de dezembro de 1865, na cidade de Viena. Certamente foi exibida como in memoriam, ao gênio da arte da música clássica, seis anos após seu falecimento. Contudo, existe sim, muitos mistérios e teses a cerca dessa belíssima obra clássica pelo fato de ser considerada inacabada, mas esplêndida. Evidentemente, algo deva ter ocorrido para não ser composta em sua totalidade, porém a sua grandeza supera estas especulações da musicologia em torno dessa grande obra.  

Muitos afirmam que ele pelo fato de ser portador da sífilis tenha desanimado de prosseguir nesse brilhante trabalho para concluir os outros movimentos da obra. Já outros dizem que ele se empolgou pela   após ser diplomado pela  Sociedade Musical de Graz  O mestre  se sentiu no dever de compor uma sinfonia como forma de agradecer a escola musical e com isso esqueceu de completar  a oitava  sinfonia para se dedicar integralmente a essa e mais outras até chegar a sua morte.  São teses especulativas na tentativa de desvendar o porquê da oitava sinfonia, não pode sido completada e permaneceu como inacabada.

O que de fato tem de relevância em todas essas teorias, é a existência da oitava sinfonia de Franz Peter Schubert e principalmente a grandeza dessa composição que entrou para a história da música arte, ela está no catálogo das grandes obras, como uma das composições artísticas e majestosas do mundo. Quem tem a felicidade de ouvir uma vez, quer ouvir sempre e sem se cansar.

A curiosidade do homem desvendar os porquês das coisas não esclarecidas.

O violino um dos menores instrumentos da sua família e produz um lindo som agudo.
Portanto, a música clássica em si é maravilhosa e deixa qualquer apreciador aguçado para saber esses ou outros detalhes que fazem parte da história da música e principalmente dessa obra extraordinária. O ser humano geralmente é curioso e corre atrás das coisas não esclarecidas é uma característica singular de todos os homens. 

Todos os homens têm essas necessidades permanentes de procurarem até descobrirem os porquês, disso ou daquilo e em especial quando se refere a uma obra de arte, neste caso em especial a sinfonia inacabada de Schubert. Que é uma das grandes obras de arte sonora com um valor imensurável e no entanto, precisa ser patrimônio da humanidade e simplesmente dessa ou daquela gravadora que lucra exorbitante com os direitos autorais.

Agora é o momento especial de ouvir essa magnifica sinfonia e, portanto, procure seu melhor lugar e horário para apreciar essa obra maravilhosa e sinta em seu próprio coração, quão ela maravilhosa é! O blog analiseagora deseja um momento especial, para ouvir com tranquilidade, essa belíssima composição do gênio da música clássica; Franz Peter Schubert. Ele deixou seu legado de mestre no mundo música arte 🔊


Schubert: Sinfonia nº 8 Inacabada.



SCHUBERT INCOMPIUTA - BERLINER ABBADO 1989.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…