Pular para o conteúdo principal

Postagens mais visitadas deste blog

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país. 

Viver bem com sabedoria.

A necessidade de ser sábio em  todos os momentos da vida.

A foto mostra o quanto a natureza é linda e sábia ela sempre age com serenidade e nós humanos deveríamos seguir o exemplo dela e agir na e viver com sabedoria.
A beleza da natureza e serenidade sempre.  
Todos  precisam permanentemente de mais e mais sabedoria. As mais inesperadas circunstancias da vida,  exigem o saber para se decidir o que fazer com segurança e conhecimento naqueles momentos mais infortúnios da vida.

Nunca alguém poderá tomar decisões fundamentadas simplesmente nas emoções, em vez da razão, conhecimento seguro e das experiências existências, porque se não proceder dessa forma, certamente os resultados serão  desastrosos.

Então, o que fazer em situações adversas? são uma pergunta sábia em situações de inseguranças da vida. Questionar sempre, o que é sensato fazer para seguir na direção certa. Esses questionamentos precisam ser realizados necessariamente com serenidade, porque na agitação, geralmente se pende para as decisões erradas, influenciadas pelas impulsividades, ai geralmente não age com sabedoria, mas sim, no erro. Nunca uma decisão assim,  poderá dar certo, quando a impulsão se sobrepor a razão e não a sensatez do sábio.


Evidente que esse agir deve ser aplicado a todos os problemas que surgem na vida e que são muitos. Contudo se pode especificar alguns de maneira concreta como por exemplo os negócios, o planejamento orçamentário da empresa ou familiar e definir o que se pode fazer com  saberia ou não com tolices.

Atualmente o país vive uma crise econômica sem precedentes é recessão; todos são afetados. São mais de 13 milhões de trabalhadores desempregados, as consequências dessa situação econômica do Brasil são múltiplas parra todos. A inadimplência atinge os índices  altíssimos e giram  em 40,3% da população de todo as regiões do  país. Não existe nenhuma política de contenção a essa crise econômica, todos sofrem e o comércio está retraído. Aqui que se exige saberia para pensar em comprar alguma coisa além dos produtos alimentícios,  que não caiba no orçamento.

Então, se o orçamento familiar, pessoal ou empresarial está em grandes apertos, mas que urgente se necessita  ser extremamente sábios, para cortar todos os  gastos supérfluos. São nessas circunstâncias que se exige prudência e  sabedoria  nas contenções das  despesas,  e jamais acrescentar mais gastos, porque os problemas surgirão rapidamente. Administrar sabiamente os negócios é uma questão de sensatez  e de bom   senso.

É fundamental que cada um seja sábio em administrar seu próprio orçamento.

Nessa época de crise econômica pela  qual todos os brasileiros sofrem,  é mais que prudente e imprescindível usar de sabedoria,   durante as  compras de fim de ano. Apenas compre o que realmente julgar necessário para se manter vivo diante dessa crise sem fim. Evite comprar nos  impulsionamentos dos anúncios apeladores, mas sobretudo, use e abuse da razão, para pensar em adquirir algo que seja de fato necessário e que não venha nos meses seguintes, você consumidor não ter como pagar as suas prestações. Comprar com cautela é sim, ser sábio para administrar seus negócios.

Quem comprar atendendo a voz do coração e não dá razão, certamente obterá problemas financeiros a curto prazo e poderá ter outros desdobramentos inimagináveis para a sua saúde a longo prazo. Comprar dessa forma, não demonstrará ser uma pessoa sábia, mas simplesmente néscia. 

Não seja impaciente na hora de negociar, mas sereno e sábio.

Mantenham-se calmos e não desesperados naqueles momentos de celebrar quaisquer  negócios com outrem. Essa atitude de alvoroço não demonstra sabedoria ao contrário, demonstra ser alguém, que agem no comando da compunção. É fato um comportamento extremamente perigoso para quem quer comprar tudo que está em sua volta, sem condições de pagar as dívidas aos credores. 

Quem é sábio geralmente recua para repensar no fechamento de quaisquer negócios de quaisquer portes ou compras que    não são necessárias. Isso não significa, quem age assim, é ruim de negociar ou comprar algum produto, mas é sim  uma pessoa sábia,  que se utiliza  da razão para comprar ou vender com alvoroço da emoção, para evitar arrependimentos e mais problemas futuros.

Portanto faça tudo  que ama a luz da razão e não ao impulso da emoção. Não tenha medo de desfrutar de todas as oportunidades, que a vida lhes oferecer, mas as deleite com bom senso e principalmente sabedoria. Esse agir sereno e sábio,  vale parra seus mais diversos relacionamentos tanto familiares quanto entre os amigos reais e virtuais. Na boa administração do seu dinheiro recebido de maneira honesta e com o suor do seu rosto. Esse fruto do seu trabalho, merece sim, cuidados especiais para não o ver dissipando como fumaça. Todavia gaste-os corretamente no momento certo para suprir suas necessidades e principalmente da família. Em todas as atividades realize com a luz da razão e prudência das emoções do coração.

Comentários