Pular para o conteúdo principal

Postagens mais visitadas deste blog

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país. 

Magistério gaúcho em greve.

Não outra saída a não ser fazer greve por tempo indeterminado.
Professores em assembleia geral decreta greve por tempo indeterminado em 14/11/2019
Professores estaduais decretam greve por tempo indeterminado.
Os professores ativos e inativos do Estado do Rio Grande do Sul, chegaram o limite da miséria salarial e da humilhação. São 48 meses de salários mensais  e mais os 13º salários atrasados e parcelados. Já são são 5 anos de congelamento salarial um empobrecimento aproximadamente de 30% no poder de compra dos proventos atrasados e parcelados.


O governador utiliza de um expediente perverso para que o funcionalismo receba seus salários em dia. Se quiserem receber sem parcelamento e em dia, o governo autoriza o servidor a fazer empréstimos mensais ao Banrisul e todos pagam uma alta taxa de juros ao banco se quiser receber o que é de direito em dia. E assim os servidores públicos alimentam o saldo positivo do Banco em detrimento da miséria dos trabalhadores públicos desse Estado. O lucro líquido de R$ 655,3 milhões, uma evolução de 29,5% em relação ao mesmo período de 2018 e o resultado desse lucro vem dos intermináveis e onerosos empréstimos, que o funcionalismo fazem a esse banco para poder sobrevir mês a mês. Penúria total dos servidores todos são e escravos da politica de achamento salarial do governo e dos empréstimos bancários sem fim. 
Para completar ainda mais o castigo aos servidores estaduais e em particular aos  trabalhadores em educação o governador mandou para a Assembleia Legislativa Gaúcha o pacote de maldades contra todo o funcionalismo público,para fazer  a reforma dos planos de  carreiras e da Previdência, o governo estima economizar R$ 25 bilhões nos próximos dez anos. sobre a miséria e a humilhação dos servidores.   O governador de extrema direita gaúcho, penaliza os servidores sob todas as formas. Então não há outra saída a não uma forte greve por tempo indeterminado para fazer parar esse Estado e a fúria desse governo contra os já sofridos servidores.    

Os pontos cruéis do pacote de maldades do Governador leite.

Professores em mobilização na praça da matriz em Porto Alegre contra o pacote de maldades do governador leite.
O servidor do RS pagará para trabalhar.
Segundo análise da assessoria jurídica do CPERS/Sindicato  o pacote ajuste econômico traz grandes impactos ruins para vida de todos os servidores. Os principais pontos está o achatamento da carreira, a perpetuação do congelamento dos salários e o confisco de dinheiro de aposentados(as) que recebem pouco mais de um salário mínimo, sem qualquer contrapartida para repor as perdas acumuladas.
O Rio Grande do Sul é um dos Estados que até agora ainda não pagou o piso Nacional dos professores. Agora o governador quer manobrar  os trabalhadores em educação retirando seus direitos para dizer a sociedade que está pagando o piso, mas na real quem irá pagar será os servidores com seus direitos confiscados pelo governador. Em outras palavras todos irão pagar para trabalhar na educação o setor mais sucateado de propósito neste Estado em todas as administrações até qui eleitas. Geralmente o setor mais afetado é a educação. 
Todos os governadores em pouco meses de suas administração se transformaram em inimigos da educação. Por trás de toda essa perseguição aos educadores há uma ideologia destrutiva da da educação, é histórico, nenhum governante de direita,  gosta de um povo culto. As pessoas cultas se transformam num sério problema para os governantes do Brasil da direita e extrema direita. Então para todo eles é preferível o ataque frontal(os salários dos ) e destrutivo a educação,porque com o mínimo de educação para a população, eles as têm como massa de manobra fácil e sem resistência. Todavia, enquanto existir educadores dispostos a ir contra a essa forma retrógrada de administrar haverá grandes embates em defesa da educação e da visão crítica  dos estudantes.  

Agora é Greve  é escola fecha e professores em mobilizações.  

Professores em mobilização de greve  na praça da matriz em Porto Alegre contra o pacote de maldades do governador leite.
Mobilização da greve dos professores.
Portanto a partir dessa segunda-feira 18 de novembro de 2019 as Escolas públicas do Estado do Rio Grande do Sul estarão  de portas fechadas e professores e funcionários em Greve por tempo indeterminado. Decisão unânime da assembleia Geral do CPERS/Sindicato do dia 14/11/19 e a partir de então todos os professores e funcionários estavam nas ruas,nas assembleias regionais, câmaras de vereadores, nas reuniões de pais e sociedade organiza. Certamente  naquelas escolas onde alguns diretores ainda não assimilaram o tamanho da gravidade da política de maldades desse governo e incentiva os professores a não aderirem a greve. São os velhos conhecidos fura greves, esses ajudam a destruir a mobilização sindical e colaboram diretamente com o governo para destruir a educação; esses não são educadores, são sim mercenários e traidores da educação e da categoria em greve. 



Comentários