Pular para o conteúdo principal

Noite natalina a mais resplandecente da humanidade, nasceu o Menino Deus!

A noite de natal se celebra o maior acontecimento de amor de Deus é o nascimento do Redentor. 

Uma cena do nascimento do Salvador o Menino Jesus. 
Se jesus nascesse hoje não seria diferente da sua época. Simplesmente Ele nasceria debaixo de algum viaduto, praça ou favela, certamente num país mais pobre do mundo. A noite de natal não é uma noite qualquer como muitos pensam! É uma noite gloriosa, magnifica, vitoriosa e iluminada pela luz do Menino Jesus. O Emanuel Deus conosco, agora presente nessa árida terra dos homens pecadores.  

Essa noite natalina é celebrada a mais de dois mil anos e continuará a ser celebrada até a finitude dos tempos. Nessa noite se comemora o aniversário do nosso Salvador Jesus Cristo.
Ele é Deus que se fez homem se igualou a todos os outros homens da Terra. Contudo, com um diferencial que divide a essência humana, nasceu sem pecado e nunca pecou.

Não é um simples aniversário de qualquer criança humana obra divina de suas mãos a sua imagem, semelhança e amados por Deus. Entretanto, é o aniversário do Nosso Deus Menino, o príncipe da paz. Incrível! A noite mais importante para a humanidade; o Deus onipotente não encontrou lugar entre os humanos para nascer. Se fosse hoje não seria diferente. Talvez nem encontrasse uma estrebaria, mas quem sabe, seria abrigado em uma marquise de um viaduto, uma praça junto aos mendigos ou em uma favela qualquer de um país pobre da Terra, para nascer entre os excluídos da sociedade. Pois, estes são hospitaleiros entre si, sempre acolhe e socorrem os estranhos que estão na mesma condição social e necessitam de amparo.

Todos os acontecimentos da noite resplandecente, do nascimento do Salvador estava no plano perfeito de Deus; para resgatar o homem da morte eterna.

Era para ser assim mesmo é o plano perfeito divino de salvação se realizando de maneira mais humilde, para surpreender os arrogantes e poderosos da humanidade. Ele nasceu numa estrebaria malcheirosa e gelada de Belém, mas foi aquecido nas palhas que serviriam de alimento para os animais. Todavia, foi à noite mais alegre e resplandecente do universo. A glória de Deus desceu entre os humanos e iluminou a noite escura e gelada do Oriente. Foi à noite muitíssima feliz.

Os anjos santos do Senhor, adoraram, cantaram numa sinfonia:  glória, glória ao Deus Eterno.  Certamente não só o oriente, mas todo o universo brilhou e se ouviu a música celestial dos anjos cantando e adorando o Deus Menino, o Redentor da humanidade. O eco das músicas celestiais dos anjos de Deus permanece em nossos corações até hoje.  É por isso, que nessa noite natalina sentimos em nossa alma esta emoção de vitória de alegria inexplicável. A luz que brilhou aquela noite escura de Belém continua a brilhar os caminhos da nossa vida, para nos levar um dia conhecer face a face o nosso Deus Trino e o adorar e glorificar eternamente.

A noite de natal é sobretudo o início do complemento do plano perfeito de Salvação de Deus para a humanidade.

A noite de natal a mais resplandente do universo. 
Portanto, nessa noite de natal é o momento para todos refletirem no nascimento do Menino Deus, o maior mistério da humanidade, onde Jesus tomou a condição humana; veio ao mundo ser obediente ao Pai Celestial para nos salvar. Ele pagou um preço altíssimo lá na cruz, não se faz ideia deste valor que Jesus pagou por cada um de nós pecadores para salvar dos nossos pecados. 
Tudo pela sua graça. Evidentemente para aqueles que creem que somente há um caminho para alcançar a salvação; aceitar e proclamar Cisto como o redentor. A Salvação vem pela fé, ela é de graça e está ao alcance de toda a humanidade que crer num Deus vivo que amou os homens incondicionalmente, para oferecer o seu único e primogênito Filho; como sacrifício último para a redenção de todos os pecadores.

Todavia, a salvação é de graça para toda a humanidade pecadora e já foram pagos os pecados de todos, através da morte escandalosa da época, a morte de cruz do nosso Salvador. Deus fez homem, viveu como homem, sofreu como todo o homem, morreu como todos os homens, mas ao terceiro dia ressuscitou gloriosamente. Ele, Venceu a morte e nos deu a vida eterna.


A morte foi derrotada definitivamente pela vitória de Jesus e aos que Nele crerem e proclamarem esta verdade divina terá o gozo da vida eterna. Somos todos peregrinos caminhando no deserto desse mundo em busca da nova Jerusalém celestial que será a nossa morada para toda a eternidade. FELIZ NATAL!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…