Pular para o conteúdo principal

No natal o centro deve ser Jesus Cristo.

Celebrar o natal é colocar cristo como centro de nossa vida e não simplesmente festas, comidas e bebidas.

A imagem diz: No natal! Cristo é o centro.
A palavra natal significa nascimento o de Jesus menino, Emanuel, Messias e o Redentor da humanidade. Independente de não saber realmente a data exata desse fato extraordinário, nada obstante esse acontecimento continua a ser    impactante para a raça humana.
O cristianismo adotou o dia 25 de dezembro, como a data do nascimento de Deus menino numa manjedoura, naquele lugarejo sem importância; denominado de Belém. Porém, em meio as controvérsias históricas e teológicas, todos já adotaram essa data do ano para   celebrarem o Natal em família. Jesus nasceu em Belém, que fica a aproximadamente 10 quilômetros de Jerusalém. No tempo do nascimento de Jesus, Jerusalém era o centro espiritual do mundo
É fundamental que todos tenham a consciência cristã de colocar Cristo no centro das comemorações natalinas. Se não for assim, tudo perderá o seu verdadeiro sentido, e permanece sem valor para a redenção! É triste, mas realmente tudo poderá se transformar em uma legitima festa pagã, comum, como quaisquer ou pior do que outras, que se fazem, para tão somente, o simples objetivo de se divertirem. 

É lamentável, mas atualmente o natal é mais comercial do que a comemoração do nascimento do Salvador.

A imagem mostra a cena do nascimento de Jesus na manjedoura em Belém.
Pense bem, e observe no que ocorre atualmente nesta época natalina! É simplesmente lamentável, nada mais se fazem hoje em dia, é exaltar o papai noel e seus duendes. Completam, a festança vazia de sentido cristã, com as comilanças e bebidas alcoolizadas, os melhores chocolates, panetones e perus e etc. Todos hão de convir que definitivamente nada tem a ver com o verdadeiro sentido do Natal. É deprimente afirmar, mas para muitas pessoas, o Natal se transforma em uma grande festa de perdição, em que os seus pecados se multiplicam. Estes certamente, profanam a data dedicada para comemorar o nascimento do menino Deus, o redentor.




Entre bebedeiras, violências e mortes no trânsito, em razão de muitos motoristas, totalmente embriagados dirigirem seus veículos. Até nas tradicionais ceias natalinas, ocorrem aquelas abomináveis brigas familiares, em função do álcool ou por que, alguém não gostou do presente que recebeu do seu amigo secreto. Brigas entre vizinhos em razão do som alto e gritaria em altas horas da noite. Acidentes graves na hora de queimar os malditos fogos de artifícios. Muitas pessoas se queimam e saem com mutilações e sequelas para o resto das suas vidas. Isso é celebrar o nascimento de Jesus em família? Ou é pura festa onde rola de tudo, menos alguma coisa que venha meditar na importância do nascimento de Cristo.  

Seria importante que as pessoas pensassem verdadeiramente no real sentido do natal.

Portanto, festejar o Natal é uma prática, para muitos cristãos, como algo comercial, lucrativo, festivo, mas espiritualmente sem sentido. Comemorar por comemorar simplesmente.  Está na hora de se repensar seriamente sobre o significado desta data para vida. Mesmo que a Bíblia não ordena sua comemoração. Esta data já está no calendário religioso cristão. As razões históricas e teológicas que fizeram impor esta data não convêm discutir agora. O mais relevante é ver o natal como a celebração da salvação. Isto do ponto de vista teológico, ela permanecerá no tempo como o referencial do nascimento do salvador Jesus Cristo.

Então, é o momento de se aproximar durante esta festa cristã, de tudo que nos faz crescer de modo espiritual, e ficar bem longe de tudo, que nos faz empobrecer, também em espírito.
Fiquem atentos, papai noel, presentes, panetones, bebidas, luzes e ceias, não pode ser o centro da celebração da festa do natal. Isso não nos traz a salvação, pode nos levar a perdição. Independente de todo o contexto histórico pelo qual foi construído este calendário e colocado esta data, do nascimento de Jesus. Vamos colocar Cristo como centro do natal.
Todavia para quem crer, este sim nos leva a salvação! Eu creio definitivamente, Cristo como o meu único salvador, por isso, vamos todos juntos celebrar a data de seu nascimento. FELIZ NATAL A TODOS!🎄

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…