Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

Negacionista são homicidas e genocidas.

Todo negacionista é genocida.   Na era covid-19 todo negacionista é genocida. Por que os negacionista  são assassinos e genocidas?  Porque quando cada vez, que um defensor deste pensamento de morte, no caso específico da covid-19, prega direta e indiretamente, faz apologia a negação   do vírus; espalham fake News, faz aglomerações, não usam máscaras e são contra  ao distanciamento social. Assim, eles contribuem para muitas contaminações e óbitos. Estes negacionista  criminosos são os responsáveis por disseminar o vírus das fakenews  sobre a pandemia no Brasil e no mundo. Porém, de maneira paulatina, essa gente imunda e do mal utilizam   de estratégias nebulosas e com isso, contribuem para a morte de centenas e até milhares de pessoas ingênuas. Assim como,   incentivar a não usar máscaras e álcool gel contribuem,   para outras centenas e milhares de pessoas, as quais entraram; na onda maléfica deles. Quando incentivam a fazer aglomerações e fazem festas clandestinas, cooperam pa

Imigração e colonização alemã no RS.

25/07/1824 o marco da chegada dos alemães para o Vale dos Sinos.

Monumento aos imigrantes do Vale dos Sinos. 
O vale dos sinos comemora o dia da imigração e colonização alemã. Hoje 25 de julho faz 196 anos quando chegaram as primeiras famílias imigrantes alemães em 1824 em São Leopoldo e Vale dos Sinos. Eles foram encarregados de uma missão muito nobre e ao mesmo tempo difícil, promover a colonização dessa área da região sul do Brasil, a província do Rio Grande do Sul.

Essa região estava ameaçada pelos vizinhos e irmãos de origem castelhana. Mais precisamente em 25 de julho de 1824 chegaram a São Leopoldo as margens do Rio dos sinos aproximadamente 39 famílias alemãs.  Estes imigrantes eram procedentes de Hunsrück, Saxônia, Württemberg e Coburgo (Baviera) Alemanha. Depois vieram várias outras famílias de diversas partes da Alemanha e que foram trazidas e distribuídas em toda a região do vale dos sinos.

Os imigrantes são  responsáveis do desenvolvimento econômico do Vale.

A escultura em bronze homenageia os primeiros imigrantes alemães na região do Vale dos Sinos e em São Leopoldo-RS, Brasil.
A escultura em Bronze homenageia os primeiros imigrantes alemães no Brasil.
Hoje o RS e o vale dos sinos devem a sua pujança de uma região desenvolvida aos nossos bravos imigrantes alemães que deram o exemplo de coragem e determinação para construir uma verdadeira nação brasileira, em crescimento e desenvolvimento pleno. Parabéns aos primeiros guerreiros imigrantes dessa terra brasileira. E através de seus bons exemplos; seus descendentes deram continuidade a este trabalho iniciado remotamente pelos os primeiros heróis que colonizaram esta região que não estagnou no tempo, mas que continua em pleno vapor em seu desenvolvimento, gerando condições de qualidade de vida para quem habita esta região banhada pelo rio dos sinos. Todos estão de parabéns porque analisando bem a nossa história particular. Aliás, de uma forma ou de outra; quem reside nesta região do vale dos sinos formamos um lindo mosaico de miscigenação. Então, concluímos que somos todos imigrantes. Mais uma vez parabéns para nós todos por este histórico dia.

Parabéns aos imigrantes que construíram as riquezas no solo gaúcho.

Logo marca do blog analiseagora parabenizando aos bravos imigrantes alemães que chegaram ao Vale dos Sinos e em São  Leopoldo-RS,Brasil.
O blog analiseagora homenageia a imigração alemã no Brasil.
O blog analiseagora presta uma singela homenagem a todos estes bravos imigrantes alemães que chegaram nesta nossa região do sul do Brasil e através de muitas dificuldades naquela época conseguiram de uma forma determinante enfrentando todas as intempéries inesperadas e impulsionaram o desenvolvimento brilhante dessa terra.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. O abc da mãe e seus significado s As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos. Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentaram a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe. Neste simples abc da mãe todos os filhos deveriam sempre observar as qualidade

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão burro comprava o preconceito entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina , artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal. Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.