Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

Corrida eleitoral de 2020 já começou.

A maratona eleitoral de 2020 já começou.As eleições municipaisde 2020 serão diferentes de todas as outras em razão dos efeitos da covid-19, muitas restrições de segurança nos dias das votações 15 e 29/11/20.  Tudo isso para proteger os eleitores e mesários para não serem contaminados e se contaminarem as pessoas, com o Novo Coronavirus que já vitimou mais de 140 mil brasileiros.Ainda assim, o número de candidatos inscritos no TSE foram de 517.786 é considerado elevado em relação a eleição de 2016. Todos concorrem a uma vaga no poder legislativo e executivo municipal de sua cidade.

As heroínas mulheres dominicanas.

A violência contra as mulheres é um comportamento abominável do homem violento.
A imagem mostra um seta em círculo aberto apontando para o infinito ou seja,  a luta sem fim das mulheres contra a violência dos homens. No centro tem  uma frase: as mulheres heroínas dominicanas.
Mulheres! as heroínas.
O ser humano é detentor natural de um comportamento abominável, a violência que estar presente com seus atos na história, com maior ou menor intensidade. Independente do grau de destruição, sempre deixam marcas inesquecíveis para a vítima e agressor, consequências de ordem judiciais, psíquicas e morais.

Há casos tão violentos que não passam esquecidos na história e ganham destaques internacionais a exemplo do horroroso episódio das irmãs Mirabal que ficaram conhecidas em seu país, de mulheres “las Mariposas”. São inúmeros os acontecimentos violentos na história, mas prendendo analisar apenas esta violência das três mulheres dominicanas as irmãs “Mirabal” que enfrentaram a violenta e sangrenta ditadura do Presidente do país; Rafael Leônidas Trujillo.

Ele usou de todo o seu poder e ordenou que todas elas fossem presas para brutalmente serem assassinadas. Tudo isto porque elas se opuseram a esta tenebrosa e execrável ditadura militar da República Dominicana. As três irmãs heroínas da história são: Mercedes, Minerva e Atonia M. Teresa Mirabal. Todas elas eram camponesas que foram presas e atrozmente mortas sem oportunidade de defesa. Este fato violento aconteceu em 25 de novembro de 1960, em plena potência da ditadura na América Latina. Nesta época o Brasil sangrava com os violentos atos dos militares no poder e que também mandava prender e ordenaram a assassinar os opositores da ditadura militar brasileira. Inclusive estar atuando no Brasil a Comissão Nacional da Verdade para apurar os crimes praticados pelos militares aos opositores ao regime ditatoriais brasileiros ocorridos desde 1946 a 1988.

A partir de 1980 começaram a surgir protestos de repúdio a violência contra as mulheres na República dominicana.

Analise agora e perceba transparentemente que geralmente na profunda delicadeza feminina, reside uma brava, e grande mulher, capaz de enfrentar qualquer intempérie que a vida lhes apresenta; todas elas são mais que vencedoras. Principalmente, mais do que os homens machistas, preconceituosos, que apenas apresentam uma fachada de fortaleza, mas pura pusilanimidade, covardia e brutalidade. Por quanto, na realidade são mais frágeis do que uma terna mulher. A mulher tem seu jeito ímpar de resolver qualquer situação por mais tenebrosa que seja.
Ela encontra dentro de seu íntimo feminino uma legítima diplomata completa. Repleta de todas as características e sutileza para resolver qualquer enigma sem violência. Busca sempre o caminho verdadeiro e forte fundamentado na paz. Este atributo ela traz inata dentro de seu coração, amoroso e ao mesmo tempo decidido sem medo de construir um mundo, uma vida, uma nova história, um novo tempo de alegria e prosperidade, vencendo imprevisíveis obstáculos custando um alto preço.

Na história as lutas das mulheres são produzidas com bravura e doçura.


Assim são as mulheres elas agem não pela força bruta, mas pela força da doçura, da singeleza, mas são capazes de criar uma verdadeira revolução. Não se importando de doar sua própria vida por uma causa justa. Assim, com fizeram as irmãs Mirabal ou as Las Mariposas dominicanas que deixaram seu legado para ο mundo. E todas as mulheres que transformaram o modo rude dos homens agirem e construiu um novo pensar, uma nova sociedade mais justa e humana. E tantas anônimas que fazem suas revoluções silenciosas e diárias no Brasil e no Mundo. Merecem serem tratadas como uma flor, ou uma roseira que exigem cuidados especiais diariamente. Devem ser regadas, cuidadas com muito amor e carinho para produzirem mais e mais flores. E construírem sua história superlotada de seus direitos com ética e dignidade.

O ser humano é detentor natural de um comportamento abominável, a violência que estar presente com seus atos na história da humanidade, com maior ou menor intensidade. 
A imagem mostra um seta em círculo aberto apontando para o infinito ou seja,  a luta sem fim das mulheres contra a violência dos homens. No centro tem  uma frase: as mulheres heroínas dominicanas.  

Comentários

  1. Olá Cícero, belíssimo texto como sempre, parabéns mais uma vez. Nossa sociedade ainda tem muito o que aprender, e nós Homens muito mais ainda. Dou graças a Deus por Ele ter me presenteado com duas lindas mulheres, minha esposa e minha filha. Tesouros que estou cuidando com o maior cuidado e carinho. Vou te deixar aqui um link de uma postagem que fiz em meu blog. Nela você encontrará dois vídeos onde a Gianna Jessen fala um pouco (não lembro em qual dos dois) sobre qual o verdadeiro papel do Homem na sociedade e principalmente perante a mulher. Vale a pena assistir. Caso queira, podes publicá-los em seu blog.
    Segue link:
    http://mateusemiliomazzochi.blogspot.com/2012/07/gianna-jessen-deus-do-impossivel.html

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc.
As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentaram a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.
Neste simples abc da mãe todos os filhos deveriam sempre observar as qualidades da sua mãe e a valorizar eternamente. Toda…

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.