Pular para o conteúdo principal

Mais um fiasco da elite retrógrada brasileira nas manifestações desse domingo.

MAIS UMA MANIFESTAÇÃO FRUSTRADA DA ELITE DO BRASIL QUE RECEBEU COBERTURA PADRÃO DE COPA DO MUNDO DA MÍDIA GOLPISTA.

a mídia golpista faz a elite conservadora passar mai um vexame 

O que dizer de uma manifestação orquestrada pela mídia golpista usando uma pequena parte da população formada pela elite brasileira e conservadora, a irem para ruas para fazer uma manifestação contra a Presidente Dilma e contra o povo brasileiro que em maioria majoritária a elegeu democraticamente.

O que se notou pelas ruas do Brasil foi uma elite tapada, egoísta e manipulada pela grande mídia golpista. Outras pessoas sem saber ao menos, o por quer estavam fazendo ali junto a essa massa manipulada. Durante esse domingo 14/04/2015, mais uma vez a própria mídia golpista fez a burguesia brasileira mal intencionada, passar mais um vexame ao vivo para o país e o mundo.

Percebeu-se notoriamente uma mídia furiosa, raivosa fazendo um colossal esforço para mostrar uma multidão que não existiu nas ruas brasileiras, em números exagerados, mas as imagens não deixaram dúvidas do fracasso. Montaram uma cortina de fumaça para impressionar a população. Uma pirotecnia da informação estrategicamente montada para passar para o país e mundo, uma manifestação de ódio e intolerância a democracia.    O pano de fundo dessa informação tem também como objetivo esconder denuncia obscuras que “a operação zelote” descobriu envolvendo parte da mídia e muita gente da classe alta que gritava contra a corrupção, mas são os primeiros corruptos e corruptores.   A mídia golpista Fez uma cobertura maior do que se fosse à copa do mundo de 2014. Maior do que naquele dia em que o Brasil pensou que ia jogar bem e jogou pessimamente, levando uma goleada da Alemanha que deixou os jogares envergonhados e humilhados com o resultado de Brasil 1 Alemanha 7.
Hoje a cobertura foi superior em todo o país para mostrar algo fantasioso. A cobertura foi feita em todos os rincões as grandes metrópoles, passando pelas praias focando pessoas descansando ou algumas pessoas cabisbaixas andando pelas ruas fazendo seus passeios dominicais. Deixando-os envergonhados com esse grupo de burgueses protestando sem direção. E mesmo assim foi um fiasco as manifestações de hoje em todo o país. Foi uma grande lição para pararem de uma vez com essa palhaçada e deixar o país em paz.

Será que a oposição esqueceu que esta semana votaram contra os direitos dos trabalhadores, O PL. 4330 a lei da terceirização. A legalização da escravidão no Brasil? Deram um tiro no pé e antes mesmo que essa nova lei escravagista, ser ainda votada no senado e ser sancionada, começaram já utilizar os novos escravos a protestar a serviços a favor da elite pedindo impeachment. Espero que essa loucura seja vetada geral pela Presidente Dilma Rousseff.

Muitos dos que estiveram presentes nestas insignificantes manifestações não têm consciência da grandeza da democracia que permite todos se manifestarem até mesmo aqueles contrários à democracia. Eles não sabem o preço que custou a democracia em nosso país. E por isso mesmo eles “não sabem o que fazem” ou sabem e são medíocres que lutam contra a democracia. São verdadeiros manipulados pela mídia que faz de tudo para trazer o povo para a rua. No entanto, eles somente conseguem levar para a rua simplesmente aqueles a elite retrógrada que assistem as programações que são legítimos besteiróis, mas de um poder manipulativo incalculável.

Portanto, o fracasso das manifestações desse dia 14/04/2015 mostrou que o povo sensato está em alerta contra as investidas golpistas da mídia brasileira. Todavia, até agora não aceitou a derrota do candidato deles. O povo em sua maioria absoluta foi golpeado pelos deputados direitistas da oposição que resgatou o sistema de escravidão da brasileira.  O povo brasileiro é sábio não se deixou se levar pela parafernália de reportagens ao vivo de toda a mídia golpista e ficou em suas casas acompanhando pela internet a força maior, observando em tempo real o fiasco da elite conservadora apoiada pela mídia também conservadora que desejam ardentemente o retrocesso da democracia brasileira.