Cidades periféricas fazem fórum mundial


PROBLEMAS DAS CIDADES PERIFÉRICAS DO MUNDO VÃO DEBATER SOLUÇÕES DEMOCRÁTICAS E SUSTENTÁVEIS.
Cada vez mais os povos do mundo se reúnem em grandes eventos para discutirem os problemas que surgindo em grandes proporções e simultaneamente à velocidade do crescimento das cidades periféricas do mundo. Contudo, nasce entre as nações à necessidade natural  de também pensarem juntas alternativas sustentáveis   para que todos possam viver em dignidade. Na Região Sul do Brasil, especificamente na cidade de Canoas-RS. No próximo mês  de junho durante os dias 11,12 e 13, estarão reunidas nesta cidade, aproximadamente cinquenta nações do mundo  e seus representantes,  em um fórum internacional, batizado de  FALP (Fórum  de Autoridades locais de Periferia) para juntos exporem os problemas das suas cidades e também discutirem e encontrarem  soluções práticas para encontrarem saídas para os velhos problemas que afetam todas as cidades periféricas do mundo. Este fórum é o terceiro que se realizam em algumas partes do mundo.
cidades periféricas do mundo

Cada vez mais os povos do mundo se reúnem em grandes eventos para discutirem os problemas que surgindo em grandes proporções e simultaneamente à velocidade do crescimento das cidades periféricas do mundo. Contudo, nasce entre as nações à necessidade natural  de também pensarem juntas alternativas sustentáveis   para que todos possam viver em dignidade.
Na Região Sul do Brasil, especificamente na cidade de Canoas-RS. No próximo mês  de junho durante os dias 11,12 e 13, estarão reunidas nesta cidade, aproximadamente cinquenta nações do mundo  e seus representantes,  em um fórum internacional, batizado de  FALP (Fórum  de Autoridades locais de Periferia) para juntos exporem os problemas das suas cidades e também discutirem e encontrarem  soluções práticas para encontrarem saídas para os velhos problemas que afetam todas as cidades periféricas do mundo. Este fórum é o terceiro que se realizam em algumas partes do mundo. Quem quiser se inteirar melhor sobre este evento é fundamental acessar o  link: www. Falp2013 e obter maiores informações para acompanhar e participar. A participação nesta discussão é fundamental para a elaboração de um planejamento  da humanização das cidades conhecidas periféricas e seus grandes problemas.

                                                Alagados-paralagmas do sucesso-YouTube

Esta ideia da criação de um fórum desta envergadura nasceu no Primeiro Fórum Mundial Social realizado em 2001, na capital do RS, Porto Alegre.  O fórum deste ano tem como tema previsto a ser debatido entre as nações como: “direitos e democracia para as metrópoles solidárias e sustentáveis”.  Podemos perceber que são temas amplos e com certeza será construídas demandas praticas a serem transformadas em politicas púbicas de cada nação. Sem dúvidas serão exigidas de cada governante que assumam compromissos e responsabilidades  diante de tantos problemas que as cidades periféricas do Planeta Terra enfrentam.

É salutar quando os povos se reúnem  no intuito de encontrarem meios objetivos para a construção de um mundo melhor, mais humano, digno onde todos em qualquer continente tenham seus direitos respeitados e não passem por tantas desigualdades sócias. Reacende novamente a chama da paz  entre os povos e principalmente, as pessoas de  cada país. Um  mundo equitativo e humano é possível, basta que as pessoas aprendam
os povos unidos em busca paz social

É salutar quando os povos se reúnem  no intuito de encontrarem meios objetivos para a construção de um mundo melhor, mais humano, digno onde todos em qualquer continente tenham seus direitos respeitados e não passem por tantas desigualdades sócias. Reacende novamente a chama da paz social entre os povos e principalmente, as pessoas de  cada país. Um  mundo equitativo e humano é possível, basta que as pessoas aprendam a debater em amabilidades alternativas conjuntas para eliminarem de uma vez por todas os velhos problemas que atormentam a todos.

Comentários