Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

A pandemia da covid-19..

A pandemia do COVID-19 está pressionando fortemente os sistemas de saúde em todo o mundo. *O rápido aumento da demanda de instalações e profissionais de saúde ameaça sobrecarregar alguns sistemas de saúde e impedir sua operação efetiva. Em surtos anteriores, observou-se que, quando os sistemas de saúde são sobrecarregados, a mortalidade por doenças para as quais existem vacinas ou tratamentos também pode aumentar drasticamente. Durante o surto da doença pelo vírus Ebola 2014-2015, o excesso de mortes por sarampo, malária, HIV / AIDS e tuberculose atribuíveis ao colapso dos sistemas de saúde excedeu o número de mortes por Ebola (1,2) .
"A melhor defesa contra qualquer surto é um sistema de saúde robusto", disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. "O COVID-19 mostra a fragilidade de muitos sistemas e serviços de saúde em todo o mundo e está forçando os países a tomar decisões difíceis sobre a melhor forma de atender às necessidades de seus cidadãos".
Par…

A quarta-feira de cinzas alerta a vida é efêmera.

Católicos fazem reflexão sobre a brevidade da vida e o arrependimento.

A imagem mostra de fundo preto e caracteres em branco traz a citação do livro de Gênesis 3 :19 porque você é pó e ao pó voltará. Este ritual tem a finalidade de chamar a todos para a reflexão e arrependimento”. dos seus pecados e seguirem uma nova vida em Cristo Jesus.
A imagem diz:porque você é pó e ao pó voltará. 
Nesta quarta-feira de cinzas não é feriado, mas sim de trabalho. Contudo, volta à normalidade no turno da tarde. Geralmente têm empregador que combina através de seus sindicatos classistas, para que alguns estabelecimentos comerciais abram o dia inteiro e outros a partir do meio dia. Normalmente na parte da manhã, abre o comércio em geral, indústrias, serviços, mas os bancos começam a trabalhar durante a parte da tarde.

Neste dia da quarta-feira de cinzas se encerra em definitivo a folia de momo. E para os católicos abre-se espaço para um novo tempo. Atualmente no calendário cristão ocidental começa a preparação para a páscoa. Também são conhecidos como “quarta-feira de cinzas” porque os sacerdotes da igreja católica queimam palhas das palmeiras, do domingo de ramos do ano anterior e as colocam na testa dos católicos; lembrando-os de sua fragilidade humana. “Com o suor do seu rosto você comerá o seu pão, até que volte a terra, visto que dela foi tirado; porque você é pó e ao pó voltará". (Gênesis. 3, 19). Este ritual tem a finalidade de chamar a todos para a reflexão e arrependimento”. dos seus pecados e seguirem uma nova vida em Cristo Jesus.
Atendendo ao apelo da Igreja Católica, os cristãos ingressam num período de penitência, reflexão e arrependimento dos pecados. Este tempo é denominado de quaresma. Uma temporada que é contabilizada a partir do fim do carnaval até o dia da Páscoa. Pois este período soma quarenta dias excluindo os domingos. Geralmente a Igreja lança a campanha da fraternidade para recolher donativos para a igreja do mundo inteiro.

Cada ano a campanha da fraternidade tem tema e lema específico. 

O Conselho Pastoral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), reunido em Brasília (DF) definiu o tema da Campanha da Fraternidade (CF) 2020 como: “Fraternidade e vida: dom e compromisso” e o lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele (LC 10,33-34)”.
Tema e lema reforçam a dimensão do cuidado, sugerida pelo bispo da Diocese de Barra do Piraí - Volta Redonda (RJ) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-Religioso da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Francisco Biasin.
A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) já definiu o tema da Campanha da Fraternidade 2019. Tema: Fraternidade e Políticas Públicas
 Lema: “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Isaías 1, 27)
Tanto o lema quanto o tema estão bem acordo com a atual realidade da política e da justiça brasileira. É fundamental a população católica discutir a situação na qual se encontra a justiça injusta, do Brasil e se possível encontrar formas práticas de lutas, contra essa realidade cruel; a luz da Palavra de Deus que não falha. Encontrar uma saída, a salvação para o país por que ninguém mais suporta tantas injustiças e ódio no Brasil.
Em 2018 o Tema: O tema foi Fraternidade e superação da violência, tendo como lema Em Cristo somos todos irmãos (Mateus 23, 8). (Fonte: CNBB)

A salvação vem através da graça e não através obras das de alguém.

A imagem mostra a cruz onde Jesus morreu por nós. Ele foi o último sacrifício do plano perfeito de salvação do Pai. Ele foi morto na cruz, mas com a sua Ressurreição gloriosa derrotou a morte.
A cruz representa o último sacrifício salvífico de Cristo.  
Portanto, durante estes quarenta dias os líderes religiosos católicos têm a missão de mostrar que a vida humana é efêmera e caminhamos para a morte cada dia vivido. Estamos vivendo num curto espaço de tempo aqui neste mundo de sofrimento. Cada segundo, hora, dia, mês ano são oportunidades que o Nosso Criador nos oferece para o arrependimento e mudança de vida. Isto é, andar de acordo com a vontade do Senhor Jesus.

Todos que creem aceitar e proclamar Jesus como o único Salvador terá a vida eterna. Uma vida sem dor e sofrimento. Não existe outra possibilidade de salvação a não ser Jesus o Filho de Deus. Ele foi o último sacrifício do plano perfeito de salvação do Pai. Ele foi morto na cruz, mas com a sua Ressurreição gloriosa derrotou a morte. E quem crer nesta verdade divina recebe o perdão dos pecados e tem a sua salvação concedida pela graça de Deus. A salvação é de graça, basta que todos procurem em Cristo; o nosso Redentor.

A justiça de Deus não permite que a salvação possa ser através das obras, mas simplesmente através de sua infinita graça para ser alcançada a todos que aceitarem Cristo como Salvador sem distinção de classe social e poder econômico. Com a morte e Ressurreição Gloriosa a Salvação é para todos. As obras vêm como complemento natural dessa graça salvífica através do ato sacrifical de Jesus na Cruz.
Todavia as obras não salvam ninguém porque se perderia o sentido do Plano Perfeito de Salvação de Deus em sua perfeição, obras em si mesmas, são totalmente imperfeitas, mas a perfeição de Deus tem poder de Salvação.
“A salvação é pela graça porque Deus não exige nada para merecermos a salvação. Não precisamos fazer nenhum ato de bondade, heroísmo nem penitência. Basta ter fé.

Em sua graça Deus oferece asalvação a todos gratuitamente. Pessoas “boas” não são favorecidas e pessoas “ruins” não são desprezadas. Em relação a Deus, todos estão na mesma situação e todos recebem a mesma oferta, sem custo. Tudo que temos de fazer é aceitar, pela fé Cristo como o único Salvador (Efésios 2:8-9).
Assim, ninguém tem motivo para se achar superior aos outros, porque foi Jesus que fez o trabalho e conquistou a salvação por todos nós. Nossas obras não nos podem salvar porque são imperfeitas. Somente Deus é perfeito e somente Ele pode nos aperfeiçoar.”
Todavia o sentido fundamental desse dia onde os católicos recebem cinzas na testa e o sacerdote as faz realizando o sinal da cruz é para relembrar que a vida é breve. É como se fosse a luz de uma vela que basta um simples sopro e ela se apagará. É um grande chamamento a mudar de vida de erros e iniciar uma nova caminhada em veredas corretas que levarão a salvação e não a perdição da vida eterna após a finitude aqui nesse mundo.
A vida é maravilhosa é dom de Deus e todos querem continuar com a vida eterna após a morte. Eis aí o sentido da existência terrena, (para quem crer) se preparar para um dia ser chamado pelo Criador a Vida Eterna.

Comentários

  1. Respostas
    1. Esse artigo tem a finalidade de fazer uma reflexão sobre a brevidade da vida. Ao longo da matéria enfatizo a Salvação que é uma Graça que vem da graça de Deus ainda que sejamos ser imersíveis de absolutamente nada. Todavia, Deus sua infinita misericórdia nos livrou da morte eterna através do sacrifício de Seu Filho na Cruz e Sua Ressurreição gloriosa teremos a vida eterna.

      Excluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.