Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

Iluminando Mentes é uma jornada da Alegoria da Caverna à Educação Moderna.

  Da Caverna à Luz: transformando a Educação de forma, compaixão e criatividade. A cena criada por IA da alegoria da Caverna de Plantão. A Alegoria da Caverna de Platão, narrada em A República*, é uma metáfora filosófica atemporal que explora o caráter da realidade, do conhecimento e da educação. Nesta história, os prisioneiros acorrentados desde o nascimento só têm acesso às sombras projetadas na parede de uma caverna, acreditando serem a realidade. Ao se libertar, um prisioneiro experimenta a luz do sol e a diversidade da realidade, retornando à caverna para compartilhar suas descobertas com os outros. A educação moderna, sob diversos aspectos, se assemelha à caverna platônica. Muitas vezes, os estudantes estão confinados em um espaço limitado, recebendo informações sem contexto ou aplicação prática, como se estivessem presos a uma parede. A abordagem superficial limita o desenvolvimento do pensamento crítico e da compreensão mais aprofundada do mundo, perpetuando a ignorância e a al

A escrita clara e objetiva faz a diferença para a comunicação.

Somente a linguagem escrita pode despertar interesse no leitor se for clara e objetiva.


A imagem de fundo azul e caracteres nas cores cinzas está inscrito: Escrever correto para existir comunicação claro!
Escrever correto para existir comunicação claro!

A comunicação, durante toda a existência, teve, e sempre terá, uma importância fundamental nas relações interpessoais entre as pessoas. A sociedade atual é caracterizada pela era da tecnologia da informação digital (avançou coma a IA) e a lei é fazer de forma rápida e eficiente. 


Em termos sociais, a maioria dos participantes das grandes discussões a respeito de qualquer tema tende a ser aquela que constrói uma conversação clara e objetiva, sobretudo persuasiva. Isso ocorre em qualquer área do conhecimento humano, ou em algumas áreas específicas, como as áreas de economia, política, social e do conhecimento filosófico. Aqueles que, de fato, se sobressai são aqueles que produzem uma comunicação direta, simples e instigante.

A pessoa que detém o domínio geralmente é aquela que tem clareza de pensamento, fala e escrita. Não é preciso empregar termos difíceis em matérias jornalísticas e textos direcionados ao público-alvo, o que é crucial é utilizar os termos apropriados em ocasiões apropriadas para cada situação específica. Principalmente na linguagem escrita, onde a dificuldade é elevada para muitas pessoas redigirem uma matéria, uma redação, um texto especial ou uma tese com estilo adequado e coerência singular.


É indispensável ter familiaridade com as regras gramaticais e usá-las de forma prática.


Para escrever textos de qualidade, matérias relevantes sobre alguns temas, e uma boa redação, é necessário, por exemplo, ter uma boa formação educacional em todas as séries. É importante, sobretudo, seguir as regras gramaticais da língua portuguesa para manter a coerência da tese em questão e defendê-la até o final. Desde a introdução, o desenvolvimento, a conclusão e as variações da gramática, para manter uma linguagem culta e de fácil compreensão. Utilize todas as regras gramaticais, fundamentais para compreender a defesa do tema que se propôs a escrever.

O mesmo cuidado deve ser aplicado a todos os textos com outras finalidades, mas visando transmitir a mensagem claramente para os leitores que buscam informações em suas pesquisas. Para isso, é importante que o escritor use uma linguagem simples e direta para as pessoas poderem entender e resolver suas dúvidas.


A escrita adequada estimula o leitor a ler o seu texto.


A foto mostra um cartaz do Filme Vidas Secas e seu elenco.
Cartaz do Filme Vidas Secas e seu elenco.


É indispensável utilizar uma linguagem clara para o leitor poder ler a primeira frase e se interessar em continuar lendo até o final da matéria. Se o autor utilizar uma linguagem incompreensível, o leitor deixará o texto logo na primeira linha. Não termina nem a primeira frase ou parágrafo, nem o texto completo de qualquer assunto, apesar de ter um bom conteúdo, mas se perde porque foi mal escrito.

Em Vidas secas, de Graciliano Ramos, o principal personagem é o vaqueiro sertanejo Fabiano, que representa a universalização da dificuldade de expressão.  Durante o enredo, há ocasiões em que Fabiano não consegue ser claro ao falar para se explicar perante as autoridades e sofre as consequências. Graciliano Ramos, um escritor brilhante, apresenta uma situação dramática neste romance e embaraçosa: a dificuldade de expressão de Fabiano, que é analfabeto.

Esta conjuntura ficcionista pode ser aplicada a diversos episódios da realidade atual, quando, em determinadas situações, há grandes dificuldades de se expressar claramente para qualquer público. Você já imaginou morar em outro país onde não há ninguém que fale o seu idioma e não há um intérprete? Pense no grande desafio de conversar, até para sobreviver e se defender diante das pessoas, que não compreendem o que você diz!


A diferença entre a comunicação verbal e a escrita na era digital.


A foto mostra alguém digitando trabalhos para universidade, noticias, livro ou blog.
A foto mostra alguém digitando trabalhos para universidade, noticias, livro ou blog.


A comunicação cada vez mais informal se transforma em preocupações, sobretudo ao considerar uma conversação escrita. No entanto, muitos ainda se esforçam para se comunicar, mas, quando se trata de seriedade, percebe-se que não sabem interpretar o enunciado de uma questão de prova de qualquer concurso ou vestibular, em todas as áreas.

Os efeitos adversos advindos dos erros crassos são perceptíveis e não há dúvidas de que a maioria das pessoas da era digital apresenta uma deficiência de conhecimento. Ao elaborar uma dissertação sobre qualquer tema proposto em uma competição de concurso público, são comuns os erros cometidos nas redações. Isso se deve à ausência sistemática e frequente de leituras de bons livros, tanto da literatura nacional quanto internacional.

Falar é mais fácil, mas escrever no papel ou digitar na tela em branco do computador sobre certos assuntos, ou um tema específico, consoante as regras gramaticais do português brasileiro, é mais difícil. Não é tão simples, como muitos pensam, iniciar a redação de qualquer tema. É um grande desafio para todos, uma vez que a linguagem escrita é muito mais complexa do que a falada.


A língua portuguesa falada no Brasil segue regras gramaticais complexas.

As regras gramaticais do português são extremamente complexas para serem compreendidas. Há uma grande variedade de regras que devem ser seguidas para se escrever corretamente; mas, muitas vezes, nem isso é possível. A dificuldade de se comunicar de maneira clara, objetiva e direta, seja ela verbal ou formal, só é superada com a prática da leitura e escrita, a fim de corrigir diversas vezes os equívocos. Apenas com muito cuidado, aprendendo com as demandas do dia a dia e das atividades profissionais, é possível adquirir uma comunicação adequada para conquistar oportunidades profissionais.


É crucial escrever corretamente para ser compreendido no pensamento.

 

Dessa forma, o poder da comunicação clara e direta é incomparável, uma vez que a concorrência é cruel em todos os sentidos. Seja nas relações sociais, políticas ou comerciais, quem se comunica de forma clara e objetiva sempre terá êxito. É compreendido na exposição do seu conteúdo e do seu pensamento entre os leitores e a plateia. Para isso acontecer é fundamental haver uma intensa preparação da base escolar até o ensino superior. Infelizmente o sistema público de ensino do Brasil está deteriorado. Todavia, não prepara os estudantes para enfrentarem a concorrência dos concursos, etc. Hoje é um faz de conta que se ensina e se aprende, mas as consequências são graves e desesperadoras para 75% dos alunos provindo da escola pública, raramente alguns se sobressaem com seus esforços próprios.📘💻


Comentários

  1. Na era digital ficou estranha a linguagem .Tudo muito rápido e abreviado .
    Excelente artigo .
    É para ler e aplicar e rever nossa maneira de escrever e comunicar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com o seu pensar. Realmente o modo de escrever de fato é estranha e ao mesmo tempo rápida, porém, tenho notado que também diminui a leitura dos artigos que escrevemos e postamos. preferem ouvir a gravação da escrita, há uma espécie de preguiça no habito de ler. Geralmente muitas pessoas preferem respostas objetivas nas buscas em videos e abandonaram a leitura. É a preguiça de ler no Século XXXI muitos denominam agilidade em apenas ouvir as explicações. Até posso está errado, mas a chamo de preguiça de ler atualmente para muitas pessoas. Eu considero a leitura fundamental na vida das pessoas somente tem algo a falar com propriedade quem ler permanentemente bons livros. O áudio é bom, mas é fugaz e em pouco tempo se esquece do que ouviu.

      Excluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade.   Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo, composta por duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Pode-se observar que é um desenho simplório, num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.