Pular para o conteúdo principal

Os partidos de direita e a mídia golpista festejaram o A-I 5 ontem nas ruas do Brasil.

A DIREITA REACIONÁRIA MAIS A MÍDIA GOLPISTA COMEMORARAM OS 47 ANOS DO AI-5 O MAIS DURO GOLPE A DEMOCRACIA BRASILEIRA.

A imagem fala do AI-5 Ato Institucional Nº 5 baixado em 13/12/1968.
Em 13/12/14 a mídia golpista celebra mais um golpe a democracia.

Foi de propósito! Não foi mera coincidência! Os partidos de direita, juntamente com a mídia golpista, mais a população manipulada e ingênua, se organizaram e festejarem, ontem 13/12 em algumas ruas do Brasil o ato mais cruel da ditadura de 964. Aplaudiram a instituição do (A I 5) Ato Institucional número cinco. Foi precisamente neste dia 13 de dezembro de 1968, há 47 anos, quando os lideres criminosos da ditadura militar, baixavam e empurrava de goela a baixo este ato mais duro contra a democracia brasileira.  
Muitas pessoas se fazem de desconhecidas, ou são mesmas, talvez não estudaram ou realmente são domadas pela mídia golpista e os partidos de direita para fazerem um fiasco de comemoração de algo tão malfazejo para a nação brasileira como foi o AI-5.
Não se pode esquecer que esta fracassada comemoração do AI-5 tem como pano de fundo o impeachment da presidenta Dilma. Pois esta ação é uma grande tentativa de golpe ao mandato, mas principalmente a democracia brasileira.
Todavia para aqueles que se fazem de desinformados e aqueles que são mal-intencionados, é fundamental ler e pensar no que é o AI5 que foi   comemorado ontem dia 13/12/2014. 

O Ato Institucional nº 5, baixado em 13 de dezembro de 1968, do então governo do general Costa e Silva, foi a pior demonstração   de tirania militar brasileira (1964-1985). Este ato ditatorial   produziu uma lista de atos arbitrários de efeitos devastador e dolorosos para os brasileiros contrários ao ódio dos militares. Certamente foi o período mais duro do regime militar, outorgou poder de exceção aos governantes para punirem arbitrariamente os que fossem inimigos da ditadura militar.
Lembre-se este ato autoritário concedia poderes excessivos aos generais, que comandava a presidência da República, naquela época de violência institucionalizada.

a)  conferia poderes ao Presidente da República para dar recesso a Câmara dos Deputados, Assembleias Legislativas (estaduais) e Câmara de vereadores (Municipais). No período de recesso, o poder executivo federal assumiria as funções destes poderes legislativos.
b)  dava poder ao Presidente da República para intervir nos estados e municípios, sem respeitar as limitações constitucionais.
c) outorgava poder ao Presidente da República para suspender os direitos políticos, pelo período de 10 anos, de qualquer cidadão brasileiro.
d) concedia poder ao Presidente da República para cassar mandatos de deputados federais, estaduais e vereadores.
e) proibia manifestações populares de caráter político;
f) suspendia o direito de habeas corpus (em casos de crime político, crimes contraordem econômica, segurança nacional e economia popular).
h) impunha a censura prévia para jornais, revistas, livros, peças de teatro e músicas. (Fonte: ATO, AI-5 de 13de dezembro de 1968)

Portanto, ontem 13/12/2014, os partidos de direita, mais a mídia golpista foram as ruas para comemorar este ato institucional da assassina ditadura militar e aproveitando para instigar o golpe ao mandato da presidente Dilma e a democracia. Cuidado com esta gente, eles gritam contra a corrupção e são os primeiros corruptos e golpistas. Atenção! A democracia com todos os seus defeitos ainda é o melhor regime de governo do mundo, nem poderia ser perfeita, pois é composta por pessoas imperfeitas. O  que se deve ser feito é corrigir os erros e não promover o golpe e exigir a volta do caos que seria a ditadura militar.




Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.