Pular para o conteúdo principal

Brasilia a casa da democracia em festa.

BRASILIA A CASA DA DEMOCRACIA DO BRASIL COMEMORA OS SUES 54 DE HISTÓRIA POLITICA DOS BRASILEIROS.

Catedral de Brasilia uma obra arquitetônica de Oscar Niemeyer   

Hoje Brasília está de aniversário são 54 anos de história politica produzida de acertos, desacertos, esperança, desesperanças, vitórias, derrotas, alegrias, choros, frustrações e muitas emoções. Assim é composta a democracia do povo e para o povo.
A democracia brasileira ganhou sua casa definitivamente no planalto central do Brasil. Uma habitação moderna pensada e traçada pelas mãos do maior arquiteto modernista Oscar Niemeyer 1907-2012. E o arquiteto e grande urbanista Lúcio Costa (1902-1998) que projetou o famoso plano piloto da capital federal.
Exatamente no dia 21 de abril de 1960 foi inaugurada pelo então presidente da época Juscelino Kubitschek, Brasília a nova Capital do Brasil. É neste templo democrático, que reside também o centro do poder administrativo da nação brasileira. É lá onde nasceu na nossa atual lei magna a Constituição Federal de 1998. A partir dela brotam outras leis,  direitos e  deveres para todos cidadãos.

Neste ambiente de embate politico, envolvendo todos os partidos que compõe o Congresso Nacional. É aí que são votados os anseios do povo, transformados em lei pelos nossos representantes da Câmara e Senado Federal, sancionado (a) pelo (a) chefe (a) da nação o Presidente (a) da Republica. Promovendo a convivência democrática da nação brasileira.
Os poderes legislativo, executivo e judiciário, autônomos e harmoniosos são os guardiões da democracia, o governo do povo. São eles que também fazem a democracia ser colocada em prática através das leis federais. Muitas delas vêm em beneficio e outras tiram benéficos do povo. Infelizmente os deputados e senadores tem mais se preocupados em seus próprios bem estar do que dos problemas dos brasileiros. Criam, votam, aprovam leis favoráveis a eles e deixam o povo desamparado. 

democracia é o governo do povo
Entretanto, como vivemos em uma democracia as decisões que são concretizadas nem sempre agradam a nação. E quando isso ocorre o povo vão as ruas, as redes sociais até que se reverta uma lei injusta. A democracia ouve os clamores dos seus filhos exigindo justiça. Nestes anos de história do exercício democrático o povo foi às ruas e reverteram, muitas leis injustas que retiravam seus direitos fundamentais.

É no lar da democracia que abriga os representantes do povo. Estes podem ser também ser expulsos do convívio democrático quando comentem “mal feitos” que faz sangrar a democracia. Já vimos presidente e muitos deputados e senadores serem expulsos do lar onde abriga a democracia.
Não podemos nos esquecer da Inconfidência mineira de 1789 umas das mais importantes articulações politicas da época onde os brasileiros lutavam por liberdade. Esse movimento era por formado por intelectuais que exigiam a independência, vislumbrava assim a democracia. Nessa batalha um herói deu sua vida em sacrifício em nome da liberdade. Um herói que não fugiu de sua causa. O inconfidente, Joaquim José da Silva Xavier, conhecido por “Tiradentes” foi enforcado em praça pública para intimidar os que lutavam por liberdade. Seu sacrifício serviu de motivação para a conquista da independência do Brasil, em anos posteriores.  

Portanto, hoje neste aniversário da capital federal o povo deveria lotar as esplanadas dos ministérios e todos os setores onde habita a democracia para gritar contra muitas injustiças que os representantes do povo estão cometendo. Exemplo a PEC 4330 que prever a lei terceirização que rouba os direitos dos trabalhadores.

praça dos três poderes em Brasilia  

Cobrar deles que votasse a extinção do fator previdenciário. Votassem contra a redução da responsabilidade maioridade de 18 para 16 anos. E votassem, aprovassem urgentemente a lei anticorrupção. Outras tantas leis que são fundamentais para vida do povo brasileiro. De qualquer forma hoje é dia de festa do lar da democracia.  Parabéns para os brasilienses, para democracia e para toda a nação brasileira. Viva a nossa democracia! 

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…

A quinta sinfonia de Beethoven.

Beethoven e a quinta sinfonia.Beethoven compôs suas obras musicais eruditas na liberdade quebrando velhos paradigmas. O grande gênio da música clássica erudita Ludwig van Beethoven alemão nascido na cidade de Bonn em 1770 e faleceu em 1827 aos 56 em Viena. Um dos grandes compositores do estilo musical erudito, onde no conjunto de sua obra impera a liberdade, ele escrevia suas composições, suas obras quebrando velhos paradigmas da música clássica abrindo novos horizontes para a música erudita.