Pular para o conteúdo principal

O coronavírus mostrou o que seria uma guerra biológica.

O conflito da COVID-19, passou em mortos, mais que a 2.ª Guerra Mundial.
 

O vírus da covid-19 visto a partir da lente do microscópio. Ele tem o formato ou perfil de uma coroa, daí vem esse nome de coronavírus.
O vírus da covid-19 visto a partir da lente do microscópio.


A Segunda Guerra Mundial foi sangrenta, violenta, realizada com aviões, tanques e bombas atômicas destrutivas. Esse conflito eliminou aproximadamente 56 milhões de pessoas em 4 anos. As consequências dessa repudiável violência ainda são dramáticas para a humanidade até os dias atuais.

Agora imaginem uma 3.ª Guerra Mundial do tipo, bacteriológica, como muitos já pensaram no modo fictício é assustadora. Contudo, não só no cenário cinematográfico, mas, na prática, seria uma tragédia totalmente impossível o seu controle, porque, seriam centenas ou milhares de vírus a circular no ar e para atacar a população indefesa, sem condições de contra-ataques; com antídotos produzidos em tempo célere. Não obstante, certamente seria o fim da humanidade. No entanto, se espera que nunca isso venha ocorrer, mas é imprescindível sempre muitas precauções por parte de quem lida com estas cepas biológicas, perigosas se não forem cuidadosamente manuseadas, mas ao mesmo tempo, são importantes.  

As cepas biológicas são importantes para a fabricação de vacinas, a partir delas, existentes sob todos os cuidados de proteção nos laboratórios científicos do mundo para o combate das doenças. O Coronavírus deu essa a mostra do que seria um conflito mundial nos moldes de vários vírus soltos na atmosfera do Planeta Terra.

Já pensaram no tamanho do desespero? Apenas um só está ainda, sem um fim e quantas dores, sofrimentos por causas dos mais de 50 milhões de pessoas que foram a óbitos, os sobreviventes com sequelas gravíssimas, os órfãos do Brasil e mundo. Além dos estragos na economia mundial e principalmente nos países pobres como o Brasil e outros, ainda levará muitos anos para a recuperação total.

A amostragem do conflito biológico já se tem atualmente.

 

A amostra de como seria uma Terceira Guerra Mundial biológica, iniciou nos fins do ano de 2019 e continua a ser realizada de maneira silenciosa, mas infelizmente, são tristes os números de mortes e já ceifou mais de cinquenta milhões de vidas precoces. O vírus é letal, é fato. É, a guerra bacteriológica, silenciosa e provocadora, através do coronavírus, o provocador do terrível doença da COVID-19 ou Síndrome respiratória aguda grave. Sua nomenclatura cientificamente é (SARS CoV 2). Que é o vírus responsável pela pandemia do Século XXI é a grande tragédia que encheu a Terra com muitas dores e sofrimentos, por cada vida perdida de todas as famílias ao nível global.

O inimigo é invisível a olho nu, mas visto sob as lentes dos microscópios é ajustador.


Este inimigo invisível a olho nu, não respeita nações, ideologias políticas, sistemas de governos e religiosas. Nem sistemas econômicos, nem pobres, ricos e etnias escaparam. Não existem barreiras, limites geográficos, tudo é transponível; ele avança de maneira veloz. Contudo, inicialmente parecia indomável, mas graças aos esforços dos cientistas dos melhores laboratórios e Universidades do Planeta Terra, conseguiram em tempo recorde parar parcialmente, com essa tragédia da COVID-19, a qual iniciou no mês de novembro de 2019, na cidade de Wuhan até os nossos dias. A Pandemia não terminou e ninguém saberá o dia no qual será decretado o seu fim. Porque ainda que a vida de todos, correm grandes perigos, há aquelas pessoas egoístas e não solidárias com as dores e os sofrimentos de outrem.

Graças a Ciência e os cientistas, a pandemia está controlada com vacinas.


A foto mostra as vacinas contra a covid-19 dos laboratórios AstraZeneca.
A foto mostra as vacinas contra a covid-19/créditos: Agência Brasil.

Lamentavelmente essa tragédia provocada através deste inimigo invisível a olho nu, mas visível sob os poderes das super lentes dos microscópios dos cientistas. Graças à Ciência e os cientistas pesquisadores deste inimigo invisível, conseguiram em tempo hábil encontrar o antídoto fundamental, as vacinas para terminar com essa Guerra insólita que atingiu a humanidade de maneira inesperada. Eles descobriram as vacinas que foram a base para destruir o vírus da COVID-19 e atualmente está sob controle. Só com as vacinas, o mundo começou aos poucos a voltar à normalidade, só não total por causa dos egoístas e inábeis, mas são eles os disseminadores da doença. Não obstante, estes miseráveis espíritos, e soterrados na sua ignorância, os quais se autodenominam de negacionistas, são, sim, os responsáveis pela continuação dessa Guerra viral, e continuam a eliminar pessoas amadas e seus sonhos da Terra.

Nesta pandemia o pior inimigo é o negacionista.

 

A imagem de fundo azul e caracteres em branco está inscrito: O Negacionista é o ser perigoso da pandemia da covid-19.
O Negacionista é o ser perigoso desta pandemia da covid-19.

A negação do poder letal do Coronavírus e a aversão às vacinas têm sido o grande problema para erradicar definitivamente esta doença do Mundo. Quem rejeita as vacinas são os grandes egoístas e os principais responsáveis pela disseminação da doença em todos os países! Eles em razão de suas ideologias religiosas, atrasadas, arcaicas e fundamentalistas, são os vetores perigosos e multiplicadores do vírus e suas mutações inconsequentes para a vida. Contudo, diante desta situação gravíssima de negação o problema só aumenta. Poderá trazer de volta uma nova onda do vírus da COVID-19 de maneira mutante. Certamente será perigosa e que poderá fugir do controle e provocar muitas mortes, dores, sofrimentos e saudades a todas as nações do Mundo.

A guerra do coronavírus está longe do fim.

 



O mais agravante é que essa Guerra bacteriológica ainda está longe do fim em razão dessas pessoas irresponsáveis, egoístas, ruins e ignorantes (que se orgulham com o péssimo título de negacionista) de desprezarem as vacinas e recusarem a seguir os protocolos de proteção recomendados pela Ciência e os todos os técnicos da área da saúde. Estas pessoas não podem em hipótese alguma serem consideradas do bem, ao contrário são seres maldosos, mergulhados no seu egoísmo que são incapazes de pensar no bem coletivo da humanidade.

Eles infelizmente preferem morrer e matar outros milhares do seu círculo de amizades e convivência, do que proteger a si mesmo e os seus amigos, familiares e parentes. O negacionista cego, são pessoas que somente pensam no seu próprio bem, só porque alguns deles têm imunidade elevada contra o vírus da COVID-19, mas são incapazes de pensar no quanto mal fazem à sociedade ao desdenhar das vacinas.

O que fazer com essas pessoas do mal?

 

Portanto, a realidade está aí, é chegado a hora de todos os governos do mundo se reunirem em uma grande conferência sobre a saúde na Terra. Essa conferência mundial poderia ser convocada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e neste importante evento convocar todos os cientistas e chefes de estados para juntos debaterem o problema da ação nefasta do negacionista e traçar metas e resoluções contra todos eles.

Criar um fundo internacional para garantir vacinas para todos os habitantes do mundo e ajudar a na distribuição principalmente nos países mais empobrecidos do Planeta Terra.

Discutir e aprovar sanções econômicas duras contra todos os chefes de estados que sabotarem as campanhas de vacinações para erradicar as pandemias.

Criar um fundo financeiro internacional para ajudar as nações em dificuldades econômicas, e assim poderem fazer as quarentenas e o lockdown nas eventuais pandemias futuras. No Brasil em plena pandemia foi um deboche para com a população vencer a quarentena sem condições financeiras. 

O tal auxílio emergencial foi, de fato, uma piada. Pense bem! Uma família consegue se manter com os míseros R$ 600 e nada mais? O resultado é trágico, vai passar fome e essa situação permanece extremamente deprimente é miséria absoluta para milhões de famílias. Faltou governo para amparar o povo e as empresas e consequentemente chegou o desemprego, a fome e miséria sem fim.

Fazer amplas campanhas educativas contra a maldição do século as notícias falsas e punir ao rigor da lei os responsáveis. Nesta pandemia do coronavírus, está sendo um desastre, para o controle do vírus e para toda a população tomar as vacinas.

O que se percebe atualmente é que o mundo permanece em desigualdade e enquanto isso permanecer, será mais difícil combater quaisquer epidemias e pandemias do futuro! Se houver solidariedade o impacto econômico será menor e principalmente as perdas humanas que são vidas valiosas e precisam de atenção especial em todo o mundo.

Exigir de todas as nações que vacinem as suas populações em 100% só assim para erradicar rapidamente as pandemias. O mundo precisa de igualdade e solidariedade nas áreas econômicas, científicas e educativas para vencer estes eventos catastróficos sejam de cunho natural ou outro específico no que tange a saúde das pessoas.

Todavia, o mundo não poderá viver sobre o vandalismo do negacionista (fajuta) é necessário medidas veementes rígidas contra essas pessoas provocadoras da expansão da doença da COVID-19 a qual na Europa já se encontra na 4.ª onda e certamente se espalhará para o restante do mundo.

É Lamentável, mas essa 4.ª onda já tem sua origem e segundo as primeiras informações seriam a variante Omicron do coronavírus surgida na África do Sul e seria proveniente dos não vacinados. Essa variante é preocupante em razão do número de mutações que são 50 variantes. Portanto, é assombroso para a humanidade e principalmente para mais um fim de ano com insegurança para o mundo. É imprescindível que todos se vacinem para o bem e a paz de todas as pessoas do mundo; faça a sua parte, tome as vacinas!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade.   Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo, composta por duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Pode-se observar que é um desenho simplório, num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.