Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

O vírus da covid-19 avança no Brasil.

Exclusivo o Coronavírus está em amplo crescimento no país.O fim dessa pandemia no Brasil está se estendendo excessivamente. O sofrimento, a dor e os demais desdobramentos, de cada pessoa que perdeu seu ente querido é inexplicável. Essa mesma situação se estende para toda a população independente de ser ou não atingido diretamente.
Lamentavelmente os números ultrapassaram os tristes dígitos de mais de 1 milhão e meio de casos confirmados, são até hoje (1.545.458) entre a população de todo o país. E mais de 60 mil mortos (63.254) desde o primeiro óbito há menos de 4 meses em São Paulo. EM 17 de março de 2020, segundo confirmação do Ministério da Saúde. já era época para estar no fim dessa pandemia, mas o que se é noticiado diariamente é o aumento dos casos de contágios e de óbitos em todo o país.

Governo do preconceito.


A imagem mostra o Brasil Continental dividido pelo preconceito e a exclusão social desse governo de extrema direita.
A foto mostra o mapa do Brasil.

Governo incompetente e preconceituoso. 

Nunca se viu tanto preconceito e incompetência como nesse governo de extrema direita do Brasil.
Esse governo de extrema direita eleito via pressão e manipulação das fake News do WhatsApp em 2018,se resume em duas palavras: incompetênciancia e preconceito.
A equipe de governo quando não consegue administrar com eficiência os problemas sociais, os quais tem a incumbência para encontrar soluções governamentais eficientes e quando não consegue então parte para o contra-ataque.
Em pouco menos de dois anos de administração, as declarações da equipe desse governo ultradireitista tem sido sempre desastrosas e vexatórias tanto no país quanto a nível Internacional. Geralmente eles utilizam dos piores métodos possíveis, a base do preconceito para com os funcionários públicos e as trabalhadoras domésticas.

A situação salarial dos públicos é precária.

Todos sabem, que a situação da grade parcela dos funcionários públicos,  é precária em todo o Brasil; principalmente em relação aos salários. O ministro Guedes, não é capaz de construir um diálogo elegante com os servidores públicos, mas os rotulam  de parasitas. Transmite a ideia odiosa, preconceituosa e a cizânia de que todos os problemas do país, os causadores e responsáveis diretos são esses heróis do serviço público de todas as esferas Municipal Estadual e Federal. Eles entraram nos setores públicos, através dos concursos públicos (como manda a Constituição Federal) e não pela porta de traz, via indicações políticas e apadrinhamentos  (esses sim são os legítimos parasitas do Brasil) e não  estudaram arduamente para entrar no setores públicos com concursos oficiais.

O legítimo parasita do Brasil.

Portanto, o primeiro e grande parasita do país é o próprio ministro. Este senhor recebe salário mensal astronômico de R$ 30,9 mil reais, fora as benesses do cargo para ofender os cidadãos trabalhadores desse país. “A verba é embolsada por Guedes além do alto salário de R$ 30,9 mil. A informação é do Painel da Folha de São Paulo, que aponta que Guedes recebia também até julho, diárias (R$ 7.501 ao todo) para dar expediente na cidade onde mora.”(Fonte: Brasil 247).
Esse comportamento deselegante permeia toda essa administração desse governo retrógrado. Desde o chefe de estado aos seus ministros e assessores. Todos se comportam de maneira padrão, já pode receber o troféu da estupidez, da grosseria e da cegueira da incompetência, da exclusão e do preconceito. Porém, esse agir incomum é sem precedentes e anda totalmente na contramão da história e nas relações entre empregadores e servidores públicos. É um agir ruim para com os todos os servidores porque se cria uma imagem negativa dos servidores públicos para com a sociedade. É discórdia plantada através de uma autoridade do governo para com todos os brasileiros.
Mais uma declaração preconceituosa do Guedes as  trabalhadoras domésticas
Recentemente o ministro Paulo Guedes se superou em sua linguagem ofensiva ao se dirigir de maneira odiosa e preconceituosa as duas classes de trabalhadores do país. Primeiro chamou os funcionários públicos de parasitas e na semana seguinte fez referência as trabalhadoras domésticas de forma excludente e com forte dose de preconceito, ao falar sobre a alta do dólar. Em vez de explicar de maneira técnica como manda a ciência econômica os fatores que causaram a alta do dólar no país diante do cenário mundial, resolveu desviar o problema atacando os brasileiros, a partir da classe honesta e trabalhadora; as empregadas domésticas que estavam viajando muito; isso provoca a alta do dólar em R$ 4,34 é cômica se não fosse preconceituosa incompetente essa cortina de fumaça.
Para ele quanto maior for a alta do dólar será melhor para todos. É preciso o dólar aumentar para conter a ida das domésticas à Disneylândia nos Estados Unidos da América.

A elite dessa extrema direita brasileira e asquerosa e cruel.

Como se percebe a elite asquerosa e dominante desse país é sem sombras de dúvidas cruel com os pobres. Na cabeça deles, a classe pobre e trabalhadora, tem mesmo que ficar em casa trabalhando como escravos para eles. Eles não admitem os trabalhadores poder comprar um pacote de turismo e conhecer o pais e o mundo. Eles estão incomodados com a presença dos pobres trabalhadores nos aeroportos para viajar de avião. Isso é privilegio somente dessa elite asquerosa, dominante e doentia.

O preconceito e a exclusão impera no Brasil.

Todavia, se vive atualmente num país onde reina de maneira covarde e abominável o preconceito e a exclusão social. Essa realidade é declarada publicamente nesse governo de extrema direita. Esse comportamento ruim, que antes era velado no país, agora se percebe de maneira escandalosa através dos funcionários do alto escalão do governo brasileiro. O mais grave é que tudo permanece como se nada tivesse ocorrido coisa alguma. Não há cobrança da sociedade e muito menos punições via judiciais contra esse e outros membros do governo, que fazem propositadamente essas declarações desprezíveis de Guedes.
Portanto, o ministro  Guedes vomita preconceito e desprezo a nação brasileira. Após classificar os   funcionários públicos de  parasitas, ele afirma  que dólar baixo faz festa de domésticas na Disney. No entanto quem realiza grandes festas é realmente essa elite dominante e doentia. Tudo regado  com a farra dos subsídios para armas. As consequências começam a aparecer com altos índices de violência e com destaque para o feminicídio e latrocínio. O Campo está sendo envenenado com a liberação dos agrotóxicos pesados proibidos em outros países. As consequências serão gravíssimas para a saúde do povo. O  perdão das dívidas previdenciárias dos ruralistas aumenta sem controle.  Atualmente a partir do desastre da reforma trabalhista a população começa assimilar sem reclamar a mentalidade escravocrata porque existem mais de 13 milhões de trabalhadores sem posto de trabalho e quando alguém consegue alguma ocupação certamente é sem carteira assinada. Sem direito social algum. Assim está será com a maioria da população que nunca mais serão aposentados. O pensar do povo começa a ser abortado com a proibição dos clássicos da literatura brasileira. São as trevas assombrando o pais.
Todavia esses comportamentos são dos legítimos parasitas que estão governando o Brasil neste hiato dessa tempos sombrios e perigosos para toda a nação. Espera-se que esse tempo de abismo o qual atravessa a democracia brasileira comesse a ter fim deste ano com as eleições municipais e se comsuma em definitivo nas eleições gerais de 2022 e nasça o tempo da luz o da democracia fortalecida com o voto popular.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc.
As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentaram a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.
Neste simples abc da mãe todos os filhos deveriam sempre observar as qualidades da sua mãe e a valorizar eternamente. Toda…

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.