Pular para o conteúdo principal

Avaliação da administração do atual presidente.

Não precisa esperar cem dias, para avaliar a administração do presidente.

A imagem mostra o mapa do Brasil e seus Estados da federação.
Tradicionalmente quando o novo governo toma posse é justo se esperar no mínimo cem dias para se fazer uma avaliação dos primeiros tempos de governo, e vislumbrar o futuro da administração. Porém, o atual chefe do Executivo já dispõe de elementos negativos suficientes desses primeiros dias de gerência para se realizar uma ampla avaliação. Não é necessário esperar esse andamento de cem dias, para já se fazer essa estimativa ruim; do atual Presidente do Brasil.

 Nesses primeiros dias ele já mostrou a que veio e o que poderá fazer na sua gestão. Praticamente não se vislumbra um panorama positivo para o futuro do Brasil. Se o mesmo não mudar o seu jeito de administrar, poderá colocar o país andar a passos largos para o caos social, político e econômico.

A democracia corre sérios riscos de enfraquecimento ainda maior, caso o governo não queira revisar o seu jeito de administrar. Até agora dar fortes demonstrações de que não sabe governar. Parece que ainda está na campanha eleitoral. O seu discurso de ódio e exclusões continuam muitíssimos fortes, e as minorias sociais, começam a sofrerem, através das medidas administrativas desastrosas, desse governo das exclusões sociais, e ameaças as minorias; que segundo o juízo dele, elas precisam serem extintas do país.

A mesma situação ocorre a quaisquer cidadãos e cidadãs que forem ousados a discordarem do pensar dele. Não aprendeu a conviver democraticamente com a adversidade, e do pensar diferente, da sociedade mista do Brasil. Muitas minorias estão ameaçadas de tipificação de terroristas e segundo a visão excludente somente há dois caminhos paras essas minorias a cadeia ou o exilio. 
A grande contradição do governante, quando no ato de posse ele jurou respeitar a Constituição Federal. A constituição garante a defesa dos direitos civis de todos os brasileiros. Então está na hora de mudar o discurso de ódio e governar com serenidade e paz para todos, sejam seus apoiadores ou a oposição, todos tem seus direitos garantidos na Constituição no artigo 5º onde descreve os direitos e garantias fundamentais dos brasileiros. Chega de ódio e trapalhadas e mostre direção para todos na construção de uma nação; com dignidade e justiça social.

Hilárias atrapalhadas nesses primeiros dias desse governo.

A imagem diz: fake news 
Esses poucos dias de administração do novo Presidente estão sendo de grandes trapalhadas, mas de submissão perigosa ao capital estrangeiro.
escolhido sob o poder das Fake News do Whatsappestá exterminando com os direitos sociais do povo que o elegeu. Tudo através das reformas trabalhista e previdenciária que ainda continuam em andamento para a total aprovação. e
A maioria que o elegeu ingenuamente, imaginaram que haviam escolhido o salvador da pátria, o exterminador da corrupção.  “mito” (título dos seus apoiadores e eleitores) iria transformar o país no novo paraíso. Porém, para a decepção dos seus eleitores, o herói vem passando por uma espécie de metamorfose, de mito para a fantasia da anticorrupção.
 Antes mesmo de assumir o poder estourou o primeiro escândalo de corrupção na própria família do caçador de corruptos.

Contudo, o paraíso está muitíssimo distante de ser realizado. O Brasil caminha rumo a favelização e pobreza extrema. O que mais se tem visto nesses primeiros dias de administração do “mito”, o que se noticia quase todos os dias são as trapalhadas e denúncias envolvendo a família do atual presidente. Ministros quando falam simplesmente dizem asneiras que se transformam em motivos de piadas nas redes sociais. Tem ministros que somente falam bobagens e com tom preconceituoso é o caso daquela ministra que afirmou que “viu Jesus num pé de goiabeira”,  “meninos veste azul, meninas veste rosa, as mulheres feministas são feias e as de direita são lindas” um outro afirmou até que “o Brasil participou em conjunto com os EUA na 3ª guerra mundial”. Tem outros que falam coisas sem cabimento, ainda não perceberam que estão ocupando um cargo do alto escalão do governo, mas não se comportam como tal. O próprio Presidente disse no discurso de posse que iria começar a libertar o Brasil do Socialismose o país vive afundado no capitalismo selvagem.

Há uma espécie de desgoverno um dia o Chefe de Estado afirma algo que parece ser relevante e os seus subordinados simplesmente o desautoriza, e assim sucessivamente as trapalhadas continuam nesse governo que demostra não ter um norte seguro para guiar o comando do país. Fica evidente a ausência de um plano de governo sério para resolver as mazelas do Brasil atualmente.

Até agora não foi apresentada a nação nenhuma proposta que venha gerar mais empregos para os desempregados.  O desemprego no Brasil segundo o IBGE já passa dos 13% é um índice alarmante e as consequências são dramáticas para o povo sem trabalho. Nenhuma ação para alavancar o crescimento da indústria e desenvolvimento econômico e social dos brasileiros. Até o pífio salário mínimo que já era baixo, foi rebaixado mais, mas os preços de todos os setores sofrem reajustes insuportáveis. Gerando mais pobreza para todos e essa situação está levando muitos brasileiros a sujarem o nome em razão da inadimplência. 

É enorme a lista de cidadãos e cidadãs que estão com seus (CPF) Cadastro de Pessoa Física, trancados nos serviços de proteção ao crédito. Essas pessoas estão amordaçadas sem poder comprar nem alimentos para a provisão da família, tem casos que a fome já é uma realidade cruel na vida de muitos brasileiros. É uma vergonha nacional, é um vexame atrás do outro, o país é motivo de deboche na comunidade internacional. Nos governos do PT o Brasil tinha respeito e autoestima no exterior. Hoje tudo isso acabou e a nação sofre com a violência agora incentivada com esse decreto das armas de fogo.

O primeiro decreto presidencial foi o mais infeliz.

Com uma simples caneta o Chefe da nação, assinou o decreto de Nº 9.685, de 15 de janeiro de 2019, que autoriza o porte de até 4 armas de fogo para cada cidadão. Esse abominável decreto vem de contramão na história, do outro decreto do desarmamento da população; e a coibição da violência. 


O decreto foi assinado em pleno momento em que existe um clima de ódio entre as pessoas.  A violência começa a explodir em todos os recantos do país e em situação preocupante no Estado do Ceará. Lá a população está vivendo momentos de pânicos com a brutal violência de muitos marginais.  

O ministro da casa civil do governo afirmou mais uma asneira, que um liquidificador tem o mesmo efeito letal que uma arma de fogo. Essa discrepância nessa afirmação vem com um tom de deboche aos cidadãos que não pode comprar uma arma de fogo, compre um liquidificador que terá o mesmo efeito de uma arma de calibre poderosa. Essas armas somente a elite reacionária poderá comprar e o os chefe do crime organizado existente em todo o país.
Quem está a perigo com esse decreto que arma os poderosos são todos os brasileiros que nem possuem dinheiro para comprar um liquidificador para preparar as refeições e até mesmo os principais alimentos. Muitos cidadãos e cidadãs estão passando fome nesse país onde agora quem pode anda armado oficialmente.

O decreto de incentivo a violência do governo do Brasil poderá vitimar mais mulheres.

A imagem diz: o feminicídio agora é crime hediondo.
As mulheres também correm sério perigo com esse decreto de incentivo a violência. Atualmente o feminicídio no Brasil aumentou assustadoramente. Segundo a ONU o Brasil, a taxa de feminicídios é de 4,8 para 100 mil mulheres a quinta maior no mundo. Essa realidade cruel resulta em 4.473 homicídios dolosos entre 2016 e 2017, representa o crescimento ruim de 6,5%. Essa brutal violência contra as mulheres são os péssimos frutos dos homens covardes e machistas. Esses dados negativos demonstram que infelizmente 1 (uma mulher) é assassinada a cada duas horas no território nacional. Nesse mês de janeiro de 2019 mais de 38 mulheres foram assassinadas brutalmente no Brasil atos covardes dos seus esposos violentos. O assustador é que existem muitos casos que nem as autoridades ficam sabendo, e por isso, esses índices até poderiam serem maiores se tudo fossem devidamente registrados.

A nação tem a obrigação de começar a se organizar contra esse governo.

A imagem está escrito: indignação!
Portanto, o país somente vem arruinando nesse governo que se elegeu, com a força das fake News do Whatsapp, na campanha se declarando como o mito redentor da nação.
Agora as pessoas percebem que foram enganadas e o que ele tem feito até agora para melhorar o país? Nada, a não os seus atos preocupantes como o decreto das armas.  A venda do restinho do patrimônio nacional como a venda das estatais, e certamente a entrega do Pré-sal ao capital estrangeiro. As reformas antissociais irão levar cada vez mais ao crescimento da pobreza dos brasileiros.

Infelizmente não se pode esperar nada de bom desse governo. Somente o caos a curto e médio prazo se realmente ele não mudar o seu jeito de governar.
O que resta para a população é começar a se organizar para o embate em grandes manifestações populares nas ruas desse país gigante, todos exigindo o respeito dos direitos e garantias fundamentais dos cidadãos e cidadãs.

Liberdade de expressão e a revogação desse decreto incentivador da violência. Exigir da justiça que pare de ser parcial e pare também com as blindagens que suspendem as investigações dos atos de corrupções já denunciados nesse governo e as próximas investigações de futuras denúncias não poderá serem mais blindadas pela justiça.
Está na hora da população se indignar e através da sociedade organizada legalmente saírem das suas casas, da zona de conforto e irem as ruas pedir a renúncia desse governo antes que seja tarde. Chega de ficar parado somente observar os desmandos desse governo, que vem administrando contra os interesses da nação.
O Brasil não é propriedade particular dele e nem de sua turma é de todos os brasileiros! Ele é pago para administra bem esse país continental para todos. Ele tem a obrigação de fazer um bom governo para todos os brasileiros para essa missão foi eleito agora se não consegue é bom renunciar e deixar que outro possa governar com lucidez e sensatez.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…