Pular para o conteúdo principal

Brasil poderá ser melhor, apesar de você.

No espaço cultural música no blog fará a análise da composição; apesar de você.

MPB (Música Polar do Brasil),a música do Brasil.
O blog analiseagora abrirá os microfones para analisar a emblemática composição e gravação de 1970. Apesar de você, a manhã vai ser outro dia. É do mestre compositor e cantor Chico Buarque de Holanda. O contexto histórico era sangrento, e certamente essa letra onde o você era destisnada ao sanguinário ditador General Médici (1969-1974), iguais a todos os outros militares que governaram esse país com mãos de ferro e sujas de sangue dos milhares de inocentes.
Eles se deleitavam com as torturas e os desaparecimentos dos milhares de pessoas contrárias ao regime imposto no país desde 31/03/64. E a essa altura dos acontecimentos, em pleno período da efervescência e do endurecimento militar contra a todos os opositores; desse regime de sangue dos inocentes. Os militares triunfavam com a vitória do Brasil na copa do mundo de 1970.
Os apoiadores cegos historicamente se embalavam com o triunfo hipócrita, do tricampeonato mundial de 1970. Essa vitória cínica, serviu de forte propaganda do regime cruel, para forçar a ganhar o apoio de uma parcela ingênua da nação. Essa composição do Chico Buarque servia e serve de esperança para os lutadores contrário a ditadura, que apesar de tudo: {do ditador, das torturas, dos desaparecimentos e mortes} a manhã será um novo dia, um novo amanhecer com uma boa nova, quem sabe seria declarado o fim desse cruel e sangrento regime militar.

O país hoje tem o novo você a ser combatido nas urnas.

Hoje o país tem um outro “você” que está prestes a assumir o poder com a mesma intenção e de maneira mais abrangente, pregando o renascimento do fascismo no país.  Os brasileiros têm poucos dias para impedir que essa maldição fascista não possa se eleger. Então, todos de olhos e consciência abertos para os próximos dias. Cada um pode mudar o Norte dessa história ruim, que se vislumbra nascer através da cegueira política da maioria da população desse país. Apesar de você, a manhã a história democrática brasileira poderá ser de esperança e paz e equidade social.

Nos dias atuais de aflições nos quais passam todos os brasileiros, nada mais inspirador do que ouvir essa canção alegórica composta durante os anos de chumbo no Brasil, e procurar identificar elementos de esperança de um país melhor e com justiça social, mesmo apesar de tudo o que está ocorrendo dia após dia desde o golpe torpe de 2016.
Há uma centelha de esperança pairando sobre o país para o fortalecimento da democracia e da paz social. Essa esperança não pode sumir da mente da nação brasileira, mas precisa ser alimentada todas as horas, todos os dias, diante do quadro que se pinta em relação ao futuro incerto do país.

Apesar de você, traduz esse sentimento de medo atual do povo.

Essa lindíssima e poética composição, apesar de você, do mestre Chico traduz de maneira sutil o sentimento da grande parcela da sociedade {o anseio contra o medo, o ódio, a violência e o fascismo que está sendo disseminado dia a pós dia}, através desse candidato que somente instiga a violência entre as pessoas.Apesar de você, o povo se unirá contra você e a amanhã todos terão um Brasil sem mentiras, sem divisões, sem violência, mas paz e muita paz entre todos.
O país ainda que, vivendo numa frágil democracia, o seu você da composição está aí atualíssimo, para mudar essa realidade de pessimismo e fraqueza, para uma outra realidade social fundamentada em princípios consolidados. Isso em todas as instituições democráticas sólidas do país, capaz de serem geradoras de esperança e justiça social, e paz duradora para todos. Agora tudo dependerá de você, do seu voto, da sua decisão consciente que poderá mudar a história do país.
Apesar de você, que prega a volta do fascismo o amanhã do Brasil poderá ser totalmente ao contrário. O país da unidade democrática, do respeito, da tolerância e da convivência solidária. 

O  medo e renascimento, do fascismo no Brasil, pode se perceber nesse trecho da música. 

A violência e o ódio que se instalaram no país pode está descrita no trecho dessa composição. A minha gente hoje anda. Falando de lado e olhando pro chão! Viu?  Você que inventou esse Estado. Inventou de inventar. Toda escuridão. Pode notar que esse fragmento marcado na letra da música descreve exatamente como as pessoas estão a viver hoje diante das ameaças fascistas da turma do candidato sem propostas, contudo; ele   incita a violência social. A expressão gente, constrói no trecho um sentido de medo diante de uma sociedade doentia provinda do fato das pessoas estarem desabonadas, ou seja, olhando para o chão, sem poder olhar para o horizonte e sentir a liberdade de expressão do seu voto. O Estado brasileiro, como nação, pouco ou nada faz para interromper essa onda fascista no país, a população simplesmente, vislumbra uma desesperança do futuro democrático no porvir, se não for urgentemente interrompido nas urnas.
A maioria das pessoas vivem em estado emocional do medo e do que poderá vir acontecer se declarar seu voto ao candidato predileto. Esse não tem medo dos debates e jamais criou e nem criará subterfúgios para se furtar das discussões de ideias práticas para governar o país. 
A composição de 1970 de um outro contexto político e histórico, mas tem muitas alegorias presentes na nossa atual conjuntura social, política, histórica do Brasil do Século XXI em pleno ano de 2018. Onde deveria ter avançado, mas tudo indica que a roldana da história está fazendo um giro anti-horário, isto é, o retrocesso chegou ao país de mansinho desde 2014. Já causou grandes estragos a nação! Agora se espera que as pessoas saiam desse momento de pesadelo e voltem para a realidade e pensem num país mais humano e mais solidário, apesar de você, é bom acreditar que a manhã vai ser outro dia.
Portanto, procure o melhor lugar para ouvir essa belíssima composição poética do mestre Chico e reflita na letra, mas principalmente pense, que o você de hoje pode ser sim cada um em particular e no coletivo social, somos agora todos nós, responsáveis na reconstrução de   uma  feliz, sem ódio no coração e principalmente sem nenhum resquício fascista em nossa sociedade.



Letra da música: apesar de você.


Apesar de você!
Chico Buarque

Hoje você é quem manda
Falou, tá falado
Não tem discussão, não
A minha gente hoje anda
Falando de lado
E olhando pro chão, viu

Você que inventou esse estado
E inventou de inventar
Toda a escuridão
Você que inventou o pecado
Esqueceu-se de inventar
O perdão

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Eu pergunto a você
Onde vai se esconder
Da enorme euforia
Como vai proibir
Quando o galo insistir
Em cantar
Água nova brotando
E a gente se amando
Sem parar

Quando chegar o momento
Esse meu sofrimento
Vou cobrar com juros, juro
Todo esse amor reprimido
Esse grito contido
Este samba no escuro

Você que inventou a tristeza
Ora, tenha a fineza
De desinventar
Você vai pagar e é dobrado
Cada lágrima rolada
Nesse meu penar

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Inda pago pra ver
O jardim florescer
Qual você não queria
Você vai se amargar
Vendo o dia raiar
Sem lhe pedir licença
E eu vou morrer de rir
Que esse dia há de vir
Antes do que você pensa

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai ter que ver
A manhã renascer
E esbanjar poesia
Como vai se explicar
Vendo o céu clarear
De repente, impunemente
Como vai abafar
Nosso coro a cantar
Na sua frente

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai se dar mal
Etc. e tal
Lá lá lá lá laiá

Comentários

  1. Os extremos são perigosos, podem tornar-se vícios. No meio é que está a virtude.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Seja bem-vindo!
      Muito obrigado! Sinta-se em casa para pesquisar, ler e ouvir muitos outros assuntos do nosso blog. Um forte abraço.

      Excluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…