Pular para o conteúdo principal

Momentos difíceis da vida, exige-se ações serenas e firmes.

Todos os momentos da existência humana são transitórios.

A vida humana vive em tempos difíceis diariamente.
A vida humana é composta de   momentos sejam eles bons ou ruins, mas estes   não duram eternamente. Os períodos mais longos também são aqueles extremamente difíceis. Por que parece não vislumbrar perspectivas para   soluções rápidas que venham aliviar ou terminar com os sofrimentos. A impressão é que a cada dia já nasce trazendo mais um problema para ser resolvido. Quando se resolve um nasce mais e mais outros problemas até chegar no momento da exaustão. 

E assim começa aos poucos eliminar as nossas forças humanas, na medida em que   tudo indica, simplesmente não há mais soluções. Começa então a surgir naturalmente o esgotamento mental.  Geralmente quando tudo começa a despencar, nasce o sentimento de derrota. 
Parece que não há mais o que fazer, quando as forças humanas se esgotam, uma a uma, em virtude dos problemas em cascatas. Eles surgem dia a pós dia, sem cessar durante longo período de tempo; quase que interminável.

Ninguém está imune as circunstâncias da vida.

Quem não já passou por circunstâncias e mais circunstâncias ruins; durante longos momentos na vida? Atualmente, nesta sociedade considerada a de alta velocidade da informação digital e frenética, quem afirmar que não está enfrentando algum tipo de problema está faltando com a verdade.   Todos vivem a era da angústia que lentamente vem afetando a existência de todas as pessoas.  E são problemas de todas as espécies a serem resolvidos.  Nem adianta citar um ou dois, faria injustiça em relação aos diversos e ficaria uma lista interminável. 
Pense bem e observe que são muitas dificuldades modernas e de espécies diferentes, se agravam em tempos de crises econômicas, que fogem ao controle de todos. Estes problemas começam muitos deles nos lares e se complementam na grande sociedade com diversos desdobramentos inimagináveis. 
Infelizmente ninguém está imune de que no próximo segundo, pode sim se deparar como uma situação que jamais, imaginaria que fosse ocorrer consigo mesmo. Muitos pensam que as circunstâncias penosas, somente ocorrem com os outros; um tremendo engano.

Nas adversidades existenciais é melhor resolver com serenidade.

A barra de pesquisas com https mostra que o site//blog é seguro.
Agora, perante as situações diversas que afetam direta e indiretamente a humanidade, como se comportar e reagir? Em primeiríssimo lugar nunca perder a calma, não entrar em desespero por que nada disso irá resolver qualquer   situação seja ela mínima ou máxima, pela qual se encontra as pessoas.  
Penso e defendo a tese de que o melhor caminho é nestes momentos é   aplicar; se é que pude a serenidade.  Sentar e com calma, para verificar a origem e o tamanhos das dificuldades, e procurar soluções reais e não fictícias que poderão prejudicar ainda mais as situações, que já são circunstancialmente problemáticas. Um problema não se resolve com outro, pelo contrário pode gerar um problema maior seria uma espécie de efeito cascata. 
Então, a melhor saída correta é, após certo alívio, listar os problemas e procurar soluções para os mais urgentes e começar solucionar um a um, em cada vez. Já que resolver todos de numa vez só praticamente se tonará impossível.

Atualmente a sociedade é mascarada de paz, mas há confrontos.

Portanto, habitamos em uma sociedade de confrontos pessoais e sociais permanentes, mas mascarada de paz, confortos e comodidades, todas promovidas, pelo meio da era digital; o legitimo paradoxo contemporâneo. Todavia, a humanidade amarga os problemas gerados pela própria era da tecnologia da informação, também conhecida como digital. Obviamente, ela não é somente este aspecto gerador das crises, confrontos e problemas entre as pessoas. Há muitos outros fatores, que contribuem com uma maior facilidade geradores de grandes momentos difíceis, na vida entre os seres humanos; nessa contemporaneidade turbulenta.

O consumismo desenfreado também cria sérios problemas para as famílias nos dias de hoje. A sociedade consumista cria mecanismos que forçam as pessoas comprarem mesmo sem ter condições e consequentemente brotam uma avalanche de outros problemas sem fim entre as pessoas. Tudo isso ocorre quando se perde o controle de consumir e se deixa dominar pelos anúncios apeladores. Também, presenciamos uma sociedade em que as pessoas convivem em relacionamentos fugazes, onde um machuca o sentimento do outro sem peso na consciência.


A cruz que derrotou a morte através da Ressurreição de Jesus.

Muitos problemas comportamentais fazem também gerar momentos difíceis na sociedade moderna. Todavia, estas infinidades de situações que já haviam em outras épocas numa escalada menor e atualmente pelo fato de a população mundial ter também aumentado, também os problemas cresceram juntos de maneira escalonada e veloz.   Assim sendo, o que se pode concluir é que vivemos também numa época de tribulação e todas as pessoas experimentam e carregam suas aflições como grande fado diariamente. 
Resolve um e aparece outro e neste ritmo caminha a humanidade para finitude física e somente terá paz eterna quem partir para a salvação em Cristo Jesus, como o único caminho para a paz. Ele sim, solucionará, todos os momentos difíceis da nossa vida, aqui na Terra. Certamente dará a vida eterna, através do seu sacrifício na cruz e ressurreição gloriosa. Pois, a salvação vem da graça de Deus para todos. Eu creio nesta verdade divina. Todavia, respeito também a todos que não aceitam e não creem em Cristo Jesus, como salvador, mas não irei discutir esta questão teológica.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…