Pular para o conteúdo principal

Postagens mais visitadas deste blog

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

A analogia entre a maçã e o professor.

A maçã apenas aparece, nas imagens e mensagens, menos na vida real dos professores.Você já observou que geralmente quando alguém escreve textos, mensagens ou outras dedicatórias referentes aos docentes, sempre aparece essa analogia da maça e o professor? Há muito tempo tenho notado a presença desta fruta deliciosa rica em vitaminas e sais minerais nas mensagens aos educadores, mas existe uma contradição da imagem no cotidiano brasileiro. Principalmente quando se pensa na rede pública do ensino infantil, fundamental e médio. Note que esta realidade diária da presença da maçã nunca aparece na companhia dos professores. Certamente porque os mestres não dispõem de dinheiro suficiente para comprar essa bela e nutritiva fruta. Geralmente a maioria quando recebem os seus salários são parcelados e atrasados.

A primavera está chegando os ipês estão floridos.

Os ipês anunciam que o inverno está se despedindo e anunciando a chegada da primavera.

A foto mostra um lindo Ipê amarelo embelezando e perfumando as matas brasileiras na primavera.
Lindo Ipê amarelo das matas do Brasil.
Você já observou que os ipês já começam a florir? Isso significa que eles estão anunciados o fim do inverno e fazendo sinais claros que a primavera a estação mais colorida e perfumada do ano; está próxima e vai assumir seu reinado até o verão.
Essa belíssima árvore existe principalmente nas regiões Sul e Sudeste onde ainda existe restante de matas onde está planta pode se desenvolver.
Os brasileiros nomearam esta bela planta de cores diversas de ipê. Esta árvore em especial os brancos e amarelos pintam algumas cores da bandeira do Brasil; não respeita o calendário humano ela mesma determina o seu próprio tempo para florir e enfeitar nosso meio ambiente usando o seu calendário natural da espécie.

As variarias espécies de ipês e suas belíssimas flores das terras brasileiras.

A foto mostra a linda árvore de Ipê roxo o que sobrou da mata atlântica do Brasil.
Lindo Ipê roxo para anunciar a Primavera.
O nosso país é rico com a presença dos ipês de todas as cores: ipê-amarelo-da-serra, ipê-ouro, ipê-amarelo, ipê-da-serra, ipê, aipé, ipê-branco, ipê-mamono, ipê-mandioca, ipê-pardo, ipê-vacariano, ipê-tabaco, ipê-do-cerrado, ipê-dourado, ipezeiro, pau-d’arco-amarelo. Cada região do país o povo nomeia os lindos ipês para facilitar melhor sua identificação. São árvores típicas quase extinta  mata atlântica brasileira.

E onde restam algumas sobras desta floresta, que escaparam da fúria predatória humana; em nome do lucro e do desenvolvimento a qualquer preço, aparecem também os ipês multicoloridos e imponentes fazendo um diferencial nas pequenas matas, bosques e ruas, avenidas e praças de todas estas regiões do Brasil. 

Isto é, enquanto o homem não invadir sua privacidade indefesa e não o cortar para fabricar algumas bugigangas que chamam de obra de arte. Ou construir casas com esta madeira de lei para vender em grande escala no mercado de exportação. 
A ganancia humana é tão perversa que desrespeitam áreas de preservação ambiental protegidas por leis federais e derrubam estas árvores lindas para construírem condomínios luxuosos e pousados para lucrarem ilicitamente usando o nome do turismo. 
Fiquem atentos a qualquer atividade suspeita denuncie urgentemente aos órgãos municipais, estaduais e federais de proteção ao meio ambiente. Não permita que estas grandiosas árvores entrem para a lista de extinção, vamos zelar pelos nossos ipês brasileiros.

Os ipês abrem as portas floridas e perfumadas da estação primavera.       

A foto mostra uma exuberante árvore de Ipê branco para embelezar e perfumar a estação primaveril.
A foto mostra uma exuberante árvore de Ipê branco.
Portanto, ainda faltando muitos dias para o fim do inverno e chegar à primavera os ipês de todas as cores, já se anteciparam e estão pintando as florestas, matas, ruas e praças do nosso país onde há preservação ambiental em seu próprio habitat natural.   É um novo tempo chegando renovado, alegrando, colorindo e perfumando o ecossistema, preparando a vinda da nova estação de clima ameno.
É mais um ciclo da natureza se fechando, uma nova estação do ano e abrindo. Assim funciona a natureza em sua plena sabedoria que também interfere na nossa vida. Muitas vezes nem percebemos, como o tempo passa em alta velocidade durante a vida.  
É preciso que a natureza nos mostre que estamos fazendo história. Estamos também envelhecendo, certamente chegará um dia que nosso ciclo se encerará definitivo e não se renovará como os ipês que delimitam mais um período. Mas outros permanecerão a observar o interminável e incansável ciclo trabalhoso dos ipês.

Comentários