Pular para o conteúdo principal

Postagens mais visitadas deste blog

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país. 

O homem arrogante constrói sua própria derrota.

O arrogante maquina em sua mente que pode tudo e nunca morrerá engando-se a si mesmo.

O homem arrogante caminha para o precipício,mas o simples para a vitória.
O homem arrogante caminha para o precipício,mas o simples para a vitória.
Homem criatura naturalmente repleta de características multíplices, poderíamos discorrer em muitos tratados científicos sobre a sua estrutura complexa e mesmo assim, tais estudos permaneceriam incompletos.
Poderia analisar muitos outros vários aspectos que faz parte desta riqueza humana. Não obstante, nesta matéria quero refletir apenas num item especifico a arrogância. Muito difícil para discorrer, mas é importante a ser examinado este sentimento que é inerente a todos os humanos.
Esta atividade serve para compreender um pouco de nós mesmos, e procurar fugir deste sentimento negativo para cultivar virtudes que nos conduzirão a paz e a serenidade, a alegria de viver em humildade.
A arrogância é este sentimento negativo dos humanos que inviabiliza qual quer possibilidade de fazer os felizes. Seus desdobramentos os conduzem uma caminhada de vida amarga e doentia. Características próprias da arrogância que pode os levar o homem a destruição, a derrota: dos seus projetos, dos seus sonhos, dos seus relacionamentos familiares, comunitários e sociais durante toda a sua vida.  Deixando os infelizes para sempre ou não, tudo dependerá da reação de cada pessoa. Se desejarem permanecer na arrogância ou partirem para um novo estilo de vida: viver em simplicidade que os fará felizes.

Esse sentimento ruim, a arrogância está presente na essência humana.

A arrogância, a empáfia são sentimentos ruins, marcantes em todos nós que podem destruir a nossa vida e terminarmos no isolamento. Resultará que todos os amigos e até mesmo familiares não suportam as reações de uma pessoa soberba e fugirão da presença de uma pessoa presunçosa e isolam dos ciclos de amizades e convivência. Todos os humanos carregam em sua essência este sentimento negativo em sua natureza humana pecaminosa.  Podemos perceber que em algumas pessoas esta característica negativa pode se apresentar de forma mais intensa e outra de menos intensa. Muitos têm uma vida regrada que em sua caminhada conseguem ter domínio próprio, deste sentimento negativo e não prejudica a si mesmo e nem a convivência entre os semelhantes.

Infelizmente o que mais notamos no mundo contemporâneo: é a presença de pessoas de nariz empinado, que tem a até nojo de olhar diretamente no olho do outro ou de dirigir alguma palavra de gentileza e cordialidade ao seu semelhante. A arrogante é egoísta, incapaz de um gesto de hospitalidade, enxerga só a si mesmo, é narcisista, se ver como centro do mundo, termina seus dias como o personagem do mito de narciso.

O arrogante simplesmente pensa que é imortal, mas sua ancora é a riqueza.

O homem arrogante caminha para o precipício,mas  o simples para a vitória.
O homem arrogante caminha para o precipício,mas o simples para a vitória.
O homem arrogante pensa no seu íntimo que nunca vai envelhecer, adoecer e morrer, para ele é imortal no plano corpóreo.  Imagina que foi criado de um material especial, diferente dos outros humanos. Este nem ajuíza em misturar com os outros humanamos, pois terá medo de se igualar a mesma natureza, sempre se sente superior. Este somente confia em suas riquezas o no seu poder político ou econômico diante do mundo; enganando-se a si mesmo. Quando menos espera more subitamente ou padece por muitos anos no leito de morte. Quando o arrogante chega neste estado terminal da vida; nem seu dinheiro e nem seus poderes: econômicos, políticos irão os curar. Neste momento alguns poderá se perceber que não são absolutamente nada. São iguais a todos os seres humanos mortais. Contudo, tem aqueles que são tão arrogantes que mesmo estando se definhando ainda assim, a arrogância fala mais alto dentro de si. E nem aceitam uma palavra amiga de conforto que poderá o ajudar amenizar a dor do sofrimento da enfermidade.
Contudo, tem aqueles que são tão arrogantes que mesmo estando se definhando ainda assim, a arrogância fala mais alto dentro de si. E nem aceitam uma palavra amiga de conforto que poderá o ajudar amenizar a dor do sofrimento da enfermidade.

O homem arrogante tem prazer em oprimir o outro.

O homem arrogante caminha para o precipício,mas o simples para a vitória.
O homem arrogante caminha para o precipício,mas o simples para a vitória.
Portanto, do ponto de vista humano todos somos iguais. Não adianta tanto faz ser o mais humilde trabalhador ao chefe da nação; todos é igual derivada única matéria criada por Deus. Somos criados da mesma substância e muitíssima organizada em células para vivermos um período determinado aqui neste mundo. O melhor mesmo é durante a nossa existência neste planeta Terra procurar cultivar: a humildade, a solidariedade, a hospitalidade, a cordialidade e fugir da arrogância. Pois simplesmente, a arrogância não leva a lugar nenhum, pelo contrário nos destruição na própria amargura da arrogância. O ser humano arrogante constrói amargamente ao longo da vida, a sua derrota andando nas trilhas da escuridão e solidão da vida. Ele tem tudo, sabe tudo, pode tudo: logo não precisa de ninguém. A pessoa que cultiva a virtude da humildade sempre está a precisar e aprender em harmonia com os outros e sempre está acompanhada de amigos.   A simplicidade em tudo e com todos nos leva uma vida de paz e união. A arrogância nos cega diante do mundo e dos outros, enquanto a simplicidade nos leva o caminho paz interior e nobreza de sermos bem quistos por todos.

Comentários