Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

Corrida eleitoral de 2020 já começou.

A maratona eleitoral de 2020 já começou.As eleições municipaisde 2020 serão diferentes de todas as outras em razão dos efeitos da covid-19, muitas restrições de segurança nos dias das votações 15 e 29/11/20.  Tudo isso para proteger os eleitores e mesários para não serem contaminados e se contaminarem as pessoas, com o Novo Coronavirus que já vitimou mais de 140 mil brasileiros.Ainda assim, o número de candidatos inscritos no TSE foram de 517.786 é considerado elevado em relação a eleição de 2016. Todos concorrem a uma vaga no poder legislativo e executivo municipal de sua cidade.

Admitir o erro é nobre.

Reconhecer o erro é um ato de grandeza é saber que ninguém está imune ao engano.

A imagem de fundo azul claro e letras nas cores em preto diz:admitir que errou é um ato de nobreza.
Admitir que errou é um ato de nobreza!
Todos erram o mais difícil é reconhecer o erro e pedir desculpas a nação é nobre foi o que fez o(Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) Ipea. A pesquisa que este renomado Instituto fez sobre o comportamento social que é dizia que 65, % da população apoiava o ataque ou estupro as mulheres que usavam roupas que mostrasse o corpo, estava errada. Inclusive um dos responsáveis por esta pesquisa errada pediu exoneração de suas funções.

Desde o início quando esta pesquisa foi divulgada foi estarrecedora algo mostrava que estava errado. Não necessitava ser um técnico ou cientista em pesquisas para perceber que havia erros, qual leigo atento pode notar erros e jamais concordaria com estes números que foram divulgados. O dado não condiz com o pensamento do povo brasileiro majoritariamente. Não vou ser leviano afirmar que não existe violência contra as mulheres no Brasil. Existe sim, porém, nestas proporções em que a pesquisa apurou. A nação brasileira tem o dever de exigir tolerância zero da violência em geral e principalmente contra as mulheres.

O feminicídio no Brasil é assustador, são as reações dos homens covardes e violentos.

Hoje as mulheres não somente do Brasil, mas também do mundo, não aceitam serem violentadas por maníacos que estão espalhados por todo o mundo. Ainda no Brasil lamentavelmente tem homens covardes e entre eles que batem estupram mulheres e muitas delas não os denunciam fazendo ocorrência policial. O índice de feminicídio é assustador (4,8% o 5º no Rank mundial) ainda que exista as leis que as protegem, mas elas precisam sem medo fazer sua parte denunciar esses bandidos covardes aos órgãos competentes.
No Brasil existe a lei Maria da Penha que dar proteção total às mulheres e põe na cadeia os homens covardes e violentos que surram, estupram e assassinam as mulheres.  Muitas se são ameaçadas e se escondem no medo. Em contrapartida estes covardes, que usam da força contra as mulheres continuam soltos, sem punições. Esta realidade cruel vai levar alguns anos para mudar.
É questão de mentalidade, os órgãos públicos, lei e ONGs devem trabalhar neste sentido fazendo campanhas conscientizadoras em todas as mídias para transformar esta cultura negativa do medo em uma cultura positiva da coragem. Para que as mulheres vítimas de todos os tipos de violência não permaneçam no silêncio da dor. Ninguém poderá viver na dor provocada pelas ameaças e chantagens de qualquer espécie, organizada por qualquer pessoa mal intencionada e covarde. 

Todos os humanos erram, mas é importante admitir para não os repetir

Portanto ninguém está imune aos erros mesmo os grandes institutos que são especializados em fazer pesquisas importantes para a sociedade, à grandeza está no reconhecimento do erro e pedir desculpas ao povo. Mesmo que este índice de 26% esteja correto e que concordam com “ataques às mulheres que usam roupas que mostram o corpo”. É um índice elevadíssimo, jamais concordaria com este grupo que pensa violento e o nosso país não merece este rótulo de truculento, a sociedade como um todo tem a obrigação de lutar contra todos os tipos de violência em nosso país e principalmente com as mulheres. Os poderes públicos e os nossos governantes e parlamentares devem pensar em construir políticas públicas eficazes para combater e erradicar a violência de nosso país a curto, médio e longo prazo.   Exigir do estado brasileiro a paz deve ser o alvo de todos os cidadãos e cidadãs. Pois a vida é vida, é única, linda, e exigimos zelo, respeito e valorização permanente e exaustivamente.     

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc.
As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentaram a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.
Neste simples abc da mãe todos os filhos deveriam sempre observar as qualidades da sua mãe e a valorizar eternamente. Toda…

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.