Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

Não discuto política!

Conversa entre dois amigos sobres discutir ou não política.

Um amigo se diz da direita, neutro, odeia política e ainda em alto e bom tom vem afirmar categoricamente, jamais a discutirá. O outro amigo de esquerda tem partido definido e filiado; e ama a política. O amigo de esquerda, todas as formasprocuram convencer a importância dela, ainda que tenha, corrupções e todas as mazelas. Porém é fundamental para regular a vida de todos os cidadãos da sociedade. Se alguém quiser ser meu amigo real ou virtual, não venha com este papo de política porque não gosto e detesto. E não discuto política porque estou bem longe desse coisa ruim. Ela não atinge minha vida! Não gosto e tenho raiva de quem gosta.Olha só se tem cabimento amigo!O mané, lá da esquina me chamar de assexuado político? O que será o que ele quis dizer com esse apelido? Ora!Tenho sexo, sou macho, valente e já mais, admitirei este conceito. Agora sim, é mesmo que nunca irei gostar desta tal coisa de política, prefiro ser neutro porq…

Rede elétrica gera comodidade ao homem.

O conforto moderno depende dos fios elétricos.

A foto mostra um poste de grande porte e a rede elétrica que traz o conforto através dos fios elétricos na era moderna da humanidade.
A rede elétrica que traz conforto para as pessoas.
Os fios elétricos fazem passar todo o conforto, a segurança e o desenvolvimento econômico do homem moderno.  A humanidade está depende dos   fios energizados para viver com conforto e produzir riquezas e desenvolvimentos econômicos.

É óbvio que no mundo moderno existem muitas fontes de energias. Aquelas fontes limpas renováveis e não renováveis e os poluentes também renováveis e não renováveis. Porém, a mais usada pela a população brasileira é a energia elétrica hidráulica porque também possui uma abundância de rios onde são construídas as grandes usinas de produção desta espécie de energia.

Mas, independentemente da origem e espécie todas chegam aos consumidores finais através da rede elétrica. Como as concessionárias do setor elétrico brasileiro pouco investem em tecnologias para produzir e distribuir energia de qualidade, muitos consumidores têm grandes prejuízos.

Quando ocorre eventos metrológicos severos como os temporais, furacões, tornados etc., milhares de habitantes permanecem dias e semanas sem energia e os prejuízos são incalculáveis.

A realidade mostrada a partir do temporal violento.

Esta experiência real e ocorreu entre os dias 31 a 14/02/2014, quando a região do Vale dos Sinos-RS. Foi atingida por um violento temporal que durou entre oito minutos.

A velocidade do vento foi calculada pelos meteorologistas entre 120 a 150 km/hora e pode ter sido até mais. Isto porque após uma temperatura de 37ºC Celsius, que proporcionou esta ocorrência natural de grandes destruições e transtornos para a população.

Provocou a destruição de todo o sistema energético desta região e afetou em cascata outros sistemas que fornecem o bem estar para os habitantes. Muitos ficaram sem: luz, água potável, telefone e internet. E muitos prejuízos na indústria, comércio e principalmente na alimentação.

Tudo isto em apenas em uma região onde habitam milhares de pessoas. Evidente que alguns municípios foram atingidos com maiores e outros com menores intensidades.

 

Hoje é fato a humanidade está pelo um fio, mas para tudo quando ocorre os temporais severos de alto poder destrutivo e ninguém pode fazer absolutamente nada para resolver os problemas de emergências da população desesperada.   

Hipoteticamente se ocorresse um fenômeno metrológico que atingisse o mundo inteiro, a segurança do homem centralizada pelo um fio seria catastrófico. Somente num episódio climático ruim para se perceber a dependência do homem moderno com a energia elétrica. 

A rede de energia elétrica leva a luz e conforto para a sociedade.

Portanto a partir deste episódio local se percebe quanto a humanidade é dependente exclusivamente da energia, transmitida até ao consumidor final, através das redes elétricas, que infelizmente estão muito precárias no Brasil.  Este texto me faz a imaginar um episódio natural catastrófico de âmbito global e levaria ao caos. Muitos podem pensar que é exagero.

Todavia, penso que ainda não existe outro sistema de segurança energética para o homem contemporâneo, além energia elétrica como mais abrangente, limpa e renovável.  A não ser que, os cientistas já tenham criado outro sistema inédito e ainda não publicaram. E esteja guardado para uma possível substituição da energia elétrica, em caso de uma hipotética calamidade de fenômeno natural de incomensuráveis proporções, que viessem atingir o planeta e destruísse o atual, velho e bom sistema de energia que faz movimentar o mundo e produzir riqueza, desenvolvimento econômico, comodidade e conforto para o homem moderno.

A segurança do homem moderno num fio.

Não obstante, queira ou não os humanos têm sua segurança, conforto e bem estar, ligado a um ou excessivos emaranhados de fios que trazem energia até ao poste da frente da sua casa. Ela é finalmente   distribuída para cada setor da casa ou da indústria, comércio etc.

Esta energia depois de ter percorridos milhares e milhares de quilômetros desde a usina geradora e uma complicada rede de postes de ferro, alguns de cimento e outros de madeira já podre e somada a engrenagem de fios e componentes, que formam a rede de transmissão de energia, para chegar em casa. A partir de então, para fazer movimentar os aparelhos ultramodernos que colaboram para uma vida melhor de todos os humanos.

Sem energia, os equipamentos modernos; não servem para nada.

A foto mostra um poste de grande porte e a rede elétrica que traz o conforto através dos fios elétricos na era moderna da humanidade.
A rede elétrica que traz conforto para as pessoas.
Atualmente todos os setores são dependentes da energia seja para produzir trabalho, riqueza, comodidade e entretenimentos.  A vida moderna está condicionada a eletricidade. Todos dependem de meros fios que transportam a força a todos os setores, que são interligados direta ou indiretamente a energia. E fazem gerar a movimentação e consequentemente produzir riquezas, e qualidade de vida para todos os habitantes do Planeta Terra.

A energia é historicamente sinônimo de poder. Desde os pré-históricos aos dias atuais quem possui energia de quaisquer fontes tem poder sobre outras nações. É por isso que o pré-sal brasileiro nunca poderia ter sido vendido é uma questão de soberania nacional, mas infelizmente a direita não consegue perceber esse valor das riquezas e poder do país sobre outras nações dependentes do petróleo que é uma das fontes de energia não renováveis do mundo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc.
As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentaram a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.
Neste simples abc da mãe todos os filhos deveriam sempre observar as qualidades da sua mãe e a valorizar eternamente. Toda…

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.