Pular para o conteúdo principal

Concessionária de internet deixa usuários sem conexão.

Após temporal, concessionária Oi inábil, abandonou seus usuários.
 

A foto mostra funcionários da concessionária de energia elétrica procurando restabelecer a transmissão para os usuários. No entanto os da telefonia (oi) sumiram.
Técnicos restabelecendo a rede de distribuição de energia elétrica.


Essa empresa que é monopolizadora na área das telecomunicações em todo o país não está preparada para enfrentar os transtornos dos temporais aqui no Estado do Rio Grande do Sul. Nesse último episódio catastrófico do forte temporal que caiu na região da Grande Porto Alegre, sucedido no dia 31/01/2014. A Oi facilmente não consegue resolver os problemas técnicos da telefonia fixa e a “internet” banda larga.

Durante essas últimas semanas foram marcadas com indignações, irritabilidades, resultado das ligações para o Call Center da (Oi), mas sem sucesso. É o caos absoluto esse setor de atendimento ao cliente, dessa empresa, que oferece serviços caros e de péssima qualidade.

Normalmente quando os usuários ligam para lá, rapidamente é redirecionado para ouvir uma música irritante e de mau gosto. Essa falta de respeito ao consumidor permanece horas e horas e quando algum funcionário decide atender meramente afirma estamos trabalhando para resolver a situação. Eles não conseguem solução real para os problemas técnicos em questão.

 

Meramente é uma perda de tempo, tentar contatá-los.

 

É o retrato do caos das telecomunicações no Brasil. Todos pagam a “internet” mais cara e lenta do mundo e nesses eventos meteorológicos, essa empresa é incompetente para solucionar os problemas, e restabelecer as conexões para com os clientes.

Até ontem não havia condições técnicas para postar nada e nem interagir com os amigos(a)s e leitor(a)s das redes sociais. As causas foram de ordem externas que fugiram do controle. Impossibilitaram totalmente quaisquer tentativas de conexões, interações e postagens na “web”.

A  inabilidade é notória nessa empresa para resolver problemas técnicos.

 

 

Não obstante, é compreensível até certo tempo que haja demora em reparos na rede de transmissão de telefones e “internet” fixa.

Agora, quando esse tempo extrapola e entra em âmbito do exagero e sem explicações convincentes, aí a situação muda de figura. A empresa deixa os usuários estressados, inconformados, irritados e sem previsões das restaurações das linhas de telefonia a serem restabelecidas.

Nesse caso se configura obviamente as evidências de incompetência, diante dessa longa e estressante temporada sem soluções dos problemas técnicos de conexões. O que houve foi intenso abandono aos usuários de linhas de telefones e “internet” fixa ou banda larga todos sem conexão e sem explicações verdadeiras e concretas?

 

 

O temporal provocou grandes transtornos à população.
 

 

Ainda são os efeitos dramáticos do último e violento temporal que caiu em pontos isolados do Estado do Rio Grande do Sul. Esse fato meteorológico foi um episódio natural de extrema gravidade, ocorrido no dia 31/01/2014. Afetando os serviços de distribuição de energia elétrica, água, telefonia e “internet”. No entanto, ao se somar às intempéries do tempo, mais a incompetência das concessionárias de energia elétrica, água, telefone, “internet” e TV a cabo gerou-se um caos.

 

Todas as concessionárias e operadoras demonstraram-se despreparadas e incompetentes para restabelecerem rapidamente os serviços (emergências) e essenciais à população em condições de calamidade pública. Esse caos foi provocado por forças incomensuráveis da natureza. Já faz 23 dias, os quais a população está sem telefone fixo e “internet”, estão totalmente fora dos últimos acontecimentos do Brasil e do mundo.

A indiferença para com os usuários é inconcebível.

 

Portanto, a companhia de telefonia, após ser instantaneamente informada do rompimento de um cabo de transmissão em fibras óticas, pouco fez para restabelecer os serviços. Têm-se revelado incapazes de deslocar técnicos suficientes, para resolver a situação o mais urgente possível. Contudo a má vontade, a incompetência e a indiferença desta concessionária de um serviço de utilidade pública são inadmissíveis. Ela apenas pensa nos grandes lucros, sem investir o suficiente para não gerar problemas a mais nos tempos dos severos temporais da Região Sul do Brasil.

 

Todavia, desde aquele dia, até a data de hoje 16/02/14, o cabo continua rompido e estendido ao chão da rua dos milhares de usuários inertes a circunstância de responsabilidade desta empresa incompetente.

Até fecharam a rua, mas ninguém apareceu para efetuar a restauração deste cabo telefônico que deixou centenas de usuários sem “internet” e seus telefones mudos. Um descaso total a nós consumidores que pagamos por um serviço mais caro e lento do mundo.

Ainda repleto de precariedades, mesmo assim, não se tem o serviço, quando mais precisamos. Todavia, é uma vergonha para esta concessionária que tem o monopólio no setor de telefonia móvel, fixa ou banda larga no país. 📞📞💻🔎

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade.   Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo, composta por duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Pode-se observar que é um desenho simplório, num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.