Pular para o conteúdo principal

As emoções das olimpíadas nascem das competições.

Os atletas olímpicos, geram grandes emoções; para todos os povos.

 

A foto mostra os cinco anéis olímpicos que representam os cinco continentes do mundo presentes no RJ Brás, para a realização dos jogos das olimpíadas de 2016. Vai ser a festa da união dos povos.
Os anéis olímpicos representam os 5 continentes unidos para a festa da paz.


O homem vive de emoções de todos os tipos. Entre tantas emoções quais forem, irei deter me nos sentimentos de competir, com brio e elegância nos jogos olímpicos. Satisfaz percorrer e analisar os anais da história, para encontrarmos vestígios em larga escala; que testificam influências das emoções na vida dos povos. Emoções vivificantes a cada reedição olímpica, eventos que transcendem gerações.

No entanto, preserva as características essenciais que fazem perpetuar as realizações destes episódios esportivos antigos, mas sobretudo continua a absorver o que há de mais sofisticado no cerne da geração moderna. Em cada episódio ocorrido, durante as olimpíadas

da era moderna nascem alegrias. Este acontecimento conserva a essência da antiguidade que é o espírito olímpico.

 

Contudo, conectam-se às ferramentas da modernidade. Para aflorar as emoções em todas as competições dos jogos olímpicos da humanidade.

O espírito olímpico permeia a história.

 

O admirável das olimpíadas de hoje é sem dúvida a preservação do espírito olímpico desde 776 AC. Onde em Olímpia, aconteceu o marco histórico da primeira olimpíada da humanidade que apresentava pano de fundo religioso. Nesta época foram semeadas as sementes em um solo fértil do esporte olímpico.

 

Os pioneiros viram as sementes do esporte da unidade, serem germinadas e crescerem a cada acontecimento, de quatro em quatro anos. Assim se criou os genes da união dos povos até agora. Naquela época, a Grécia Antiga, berço da civilização, também causava a união, da paz, da solidariedade e do esporte.

 

Nos tempos de guerra entre as nações daquela época. Durante o período das olimpíadas cessavam a barbárie e sobrepunham-se à paz, a confraternização entre os semelhantes que guerreavam entre si.

 

Aqui podemos identificar realmente o tão falado e comentado espírito olímpico. Esse comentado espírito olímpico, eternizado na história, é no real esse legado de união, solidariedade, esportividade que acaba com as guerras e decreta a paz. Uma paz real, transformadora, libertadora do jugo da arrogância e da prepotência, construindo entre as nações a simplicidade, a singeleza e respeito mútuo.

 

Origina um novo conceito de mundo e homem que valoriza e interage com culturas e costumes diversificados. Os jogos olímpicos são vias de convivência entre os seres humanos de todos os continentes.

 

As arenas esportivas modernas são os lugares que unem as nações num mesmo objetivo competir desafiando os seus próprios limites até alcançar o louro da vitória. Cada medalha conquistada representa não só uma vitória individual, mas um triunfo coletivo.

 

Fazendo uma retrospectiva do andar histórico dos jogos olímpicos podemos perceber, quantas mudanças, transformações, ocorreram durante esses longos séculos de competição harmoniosa entre os povos.

 

Esquematizar uma linha do tempo dos jogos olímpicos na história nos surpreenderia e entraria em êxtase.

Porque daria excelente, filmes de longa-metragem, dos inúmeros acontecimentos olímpicos, pois, tem a finalidade, o aprimoramento e o incentivo para as nações jamais exterminar com a chama da pira olímpica. Ela ilumina os atletas a participarem desta festa da confraternização, entre os povos. Eles buscam o ouro, a prata e o bronze, mas sobretudo as amizades.

 

A segurança dos atletas é fundamental durante a competição.

 

A imagem mostra o cadeado e significa que as olimpíadas no Brasil foram realizada em plena segurança.
A foto mostra o cadeado que significa segurança,

A segurança é fundamental no evento da envergadura de uma olimpíada em qualquer país. Estas medalhas primeiro têm um valor magnífico, o preço sentimental de representar e defender seu país como um legítimo soldado que presta um serviço cívico e patriótico.

 

Para o atleta e seus compatriotas a emoção de ouvir o hino do país vitorioso em qualquer modalidade esportiva dos jogos olímpicos, é simplesmente inexplicável. O crescimento do número de participantes e das modalidades esportivas que foram criadas, aperfeiçoadas e incluídas aos ao rol dos jogos olímpicos só tende a ampliar a participação de muitas pessoas nesta festa que só faz crescer a paz entre o mundo.

 

O objetivo nobre será sempre a união, a confraternização e festas dos povos que participarão.

 

Como tudo nesta vida nada é perfeito, as olimpíadas em sua maratona de história passaram por situações preocupantes, onde em diversas datas das realizações do evento olímpico aconteceram desagradáveis boicotes que prejudicaram a união dos povos.

 

Fatos que entristeceram muito a humanidade.

 

A foto mostra os cinco anéis olímpicos que representam os cinco continentes do mundo presentes no RJ Brás, para a realização dos jogos das olimpíadas de 2016. Vai ser a festa da união dos povos.
Os anéis olímpicos.

Estes episódios demonstram como o ser humano é indigente em nobreza de espírito. Permanece mergulhado em si mesmo vivendo na miséria da prepotência excluindo seus heróis esportistas de compartilhar seus dons com seus companheiros do planeta. Muitas olimpíadas já foram boicotadas por motivos políticos, guerras  e outros  fatos desagradáveis. Agora a do Japão em razão da COVID-19 que foi adiada. no mundo. Olimpíadas do Japão.

Não obstante, preferem a repressão de seus valores. Escolhe tapar os ouvidos, fechar os olhos para não ouvirem os gritos e nem os choros da vitória emocionadas das nações, mas habitam no ostracismo mesquinho da escuridão histórica. Mais uma vez se constata que o homem vive dominado pelas emoções. Nesta situação vivendo emoções reprimidas, doentias, na angústia de não ter a singeleza de renunciar a seus preceitos miseráveis, viver soterrados no puro egoísmo narcisista se afogando no lamaçal da presunção.

Do que dar uma hipótese ao coletivo, a paz, a amizade e a cordialidade para construir a união dos povos.

As competições olímpicas contagiam o Planeta Terra.

 

Portanto, no embalo das emoções das olimpíadas, desde a antiguidade até os nossos dias, as competições olímpicas continuam contagiando o mundo e principalmente os atletas que representam seus países.

 

Cada edição de uma olimpíada é renovada com alegria e muito esmero, para preservar o sentido histórico de cada competição esportiva descendente de Olímpia. Não importa quantas medalhas o atleta de seu país conquistou ou deixou de conquistar, o mais interessante é a confraternização dos povos, carregada de emoções, de vibrações que sustentam para sempre a continuidade desse momento espetacular esplêndido de vida movida pelas energias sadias da humanidade.

 

Por trás de cada vitória existe uma nação para ovacionar o atleta vencedor. A vitória de um atleta representa a glória e a emoção de um povo. Este ano de 2012 foi a vez de Londres receber os guerreiros da paz, da confraternização e da união esportiva, olímpicas.

 

Em 2016 o Brasil estará de braços abertos para confraternizar e dar continuidade aos jogos olímpicos da humanidade com toda a emoção que faz gerar a vida olímpica.

Os jogos olímpicos no Brasil foram de grande importância para o país receber todos os atletas do mundo e união com todas as nações, na maior integração universal do Brasil com os povos.

 

Veja a festa de abertura das olimpíadas no Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina , artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal. Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.