Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

A festa, os dramas e o mar

  O mar, em ressaca, é a fonte de limpeza dos dramas humanos.   O mar em maré alta. I. Foram três dias de folia! Muitas coisas aconteceram. Uma parcela da sociedade foi para o mar. II. O mar absorveu todos os dramas; comportamentos humanos. Houve uma abundância de bebidas, discussões, encontros e desencontros, comilanças e festas. Afinal, é Carnaval, a festa da carne! III. Os homens mandaram para o mar, suas angústias e seus dramas. Seus choros, gritos que pareciam de alegrias. Não! Eram desabafos no divã marítimo. IV. Seus prantos, de alegrias e incomuns; ficaram nas ondas do mar. Os desencontros amorosos foram afogados no mar. As brigas de todos os tipos, o mar as engoliu. V. O novo amor nascido no mar foi o mais autêntico, mas efêmero. Não se pode generalizar, uns poucos ainda vivem. VI. O mar, o bom amigo, tomou para si todas as coisas, segredos e dramas humanos. VII. O que poderia acontecer após a festa de Momo? Três dias a fio de maré alta no mar. Foram três dias de folia e três

A natureza é amada e odiada.

Há pessoas de bom coração e outros não.


A foto mostra aspectos de uma floresta e em destaque a palmeira Butiá, nativa do Sul do Brasil.
A palmeira Butiá, nativa do Sul do Brasil.

Neste mundo existe gente,

que parece não ter coração.

Se tem, não demonstra emoções!

Ele é predatório

da natureza e com


informação.



Existem pessoas que podem 

exalar do seu coração uma 

enchente de amor à natureza.

Até vivem e a protegem,

com força de gigante,

o abatido meio ambiente.


No Brasil há defensores,

amorosos da natureza.

Amam os pássaros-azuis!

Os multicores que vivem e

voam livres nas florestas do país.


Agora lá na rede

social do X  xabregas;

O chefe eliminou o Twitter!

O dono é gente que parece ente vazio.

Sem coração e emoções!


Pelo seu agir

abomina a natureza.

Até a ave azul

que era cartum, parecia ter coração!

Foi demitida e bateu as asas do cartum.

Ela voou para longe e lá será feliz!

Leia mais: O pássaro azul partiu para ser feliz.


Assim é o dono da rede social X xexé!

Odeia a ave azul.

Num clique raivoso

deletou o pássaro-azul

para a lixeira eletrônica

do frio “software”.


Ele o despejou

daquela casa poluída!

Após 17 anos

sem dar explicações.

Ele com sua ira deu liberdade

para o azulão voar!

Voou para as florestas exuberantes.


Lá ganhou vida de fato

e livre agora é.

Ele deixou saudades!

Vai encontrar sua amada predileta.

Que viva bem com seu amor!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade.   Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo, composta por duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Pode-se observar que é um desenho simplório, num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.