Pular para o conteúdo principal

A música clássica,para estudar e trabalhar.

A influência da música clássica nos estudos.

A imagem diz: no espaço cultural do blog tem música.
É extraordinário observar como a música acompanha a história em todos os momentos peculiares da vida. Seja de maneira coletiva ou individual. Nessa matéria irei mostrar a importância e a influência da música erudita e clássica na aprendizagem. 

Geralmente para se obter uma excelente aprendizagem dos conteúdos em estudos é fundamental máxima concentração e silêncio. Comumente muitas pessoas gostam de estudarem e lerem em silêncio absoluto.
   outras preferem ouvir sons ambientais para poderem se concentrarem e realizarem suas atividades e seus estudos. Tão-somente assim para as excelentes ideias fluírem de maneira surpreendentes, sobre os temas em análises, no momento de plena leitura.
Para se obter ótimos resultados no que se está fazendo é indispensável haver concentração. Aqui que entra a importância da composição erudita nos momentos dos estudos ou trabalhos diversos que exigem concentração. O gênero da harmonia erudita tem essa função maravilhosa. Evidentemente a pessoa necessariamente precisa apreciar esse estilo de música. Se não gosta é aconselhável trabalhar e estudar em silêncio, experimentar ouvir o gênero clássico, ou adotar o seu próprio estilo; de música que mais ama.
Para quem ama o estilo erudito, sabe reconhecer a sua importância para acelerar, e acumular conhecimentos com facilidade e serenidade. Há especialistas na área da educação que discordam e orientam os alunos estudarem em casa em silêncio total. Há muitos professores que até incentivam aos alunos o uso da música erudita, em volume adequado, na hora de estudarem em suas casas.

É fundamental cada pessoa descobrir a melhor maneira de estudar.

A imagem diz:a música no blog analiseagora.
Todos precisam descobrir a melhor maneira de estudar e adotar em sua rotina saudável, para realizar seus estudos e atividades em geral. Cada pessoa ao longo da vida descobrirá a melhor maneira e a forma mais adequada para se obter rendimentos excelentes nos estudos. Isso ficará demostrado o seu êxito ou não nas provas dos vestibulares, concursos públicos e no exame nacional do ensino médio.
Independente das discussões entre os especialistas em ensino e aprendizagem. Algo é certo, todos necessariamente precisam terem ambiente adequado para estudarem.
Somente assim para brotar a aprendizagem nos estudos com maior facilidade. No barulho ninguém consegue aprender absolutamente nada. Eu afirmo isso por experiência própria. Estudar com música alta e som barulhento não consigo realizar nenhum tipo de assimilação de quaisquer áreas do conhecimento.

Para que seja possível ler com tranquilidade prefiro o    silêncio absoluto. Simplesmente desligo tudo o que possa provocar interferência na leitura, e principalmente nos livros de filosofia que exigem concentração total. Assim também eu utilizo a mesma prática para os demais livros de todas as áreas do conhecimento.

Agora quando vou digitar as matérias para meu blog ou outros textos de meu interesse geralmente, faço essa atividade, ouvindo um fundo musical calmo; que sirva de inspiração.
Aqui que entra a música clássica, a arte dos grandes mestres, dos criadores dos únicos sons eruditos, que são pura arte sonora; para quem tem bom gosto. Normalmente os resultados são excelentes em todas as atividades. Aprecio a música instrumental, para esses momentos especiais, e de trabalhos; prefiro a música ao som do piano. Todas os gêneros dos estilos eruditos, os clássicos necessariamente precisam serem ouvidos a uma altura que não venham atrapalhar a fluidez dos trabalhos.
Que nenhum sejam irritantes aos tímpanos, mas que sejam sensíveis e agradáveis.  Somente assim, para nascer as ideias sobre quaisquer temas que amo escrever para os meus leitores.

Portanto, nesse espaço cultural do blog analiseagora dedicadoà música, trouxe para os leitores uma belíssima seleção de músicas clássicas do mestre Mozart. Todas sob o meu ponto de vista são apropriadas para quem gosta de ouvir    para estudar, memorizar, relaxar, escrever e trabalhar. Tudo com serenidade e paz ambiental, seja no seu escritório particular, ou ambiente coletivo próprio para leituras, pesquisas que exigem concentração máxima.

Os jovens estudam com fones de ouvidos, som alto prejudicial à saúde.

A imagem mostra o violino um dos instrumentos da música erudita.
Atualmente conheço muitos jovens que tem seu estilo próprio de estudar. Além disso tenho percebido que geralmente muitos esses jovens estudam com músicas os sons barulhentos. Todos usam o fone de ouvidos, as músicas são de um volume exorbitante quem estiver por perto, não conseguem se concentrar porque o som que ultrapassa dos fones de ouvidos irrita a quem está por perto. Normalmente evito permanecer perto de pessoas que utilizam essa ferramenta, não é porque não gosto deles, mas não suporto os ruídos que saem e afetam aos meus ouvidos. Eu permaneço me questionando como essas pessoas conseguem estudar e aprender algo de disciplinas difíceis de compreensões e que normalmente se exige silêncio. Dessa forma começo a entender que muitos desses jovens e outras pessoas já sofrem precocemente com a perda de audição. Muitos já em grau menos e outros mais elevados correndo o risco da surdez.
Eu nunca consegui usar fones de ouvidos é simplesmente uma tortura para os tímpanos. Escolho um som ambiental que seja saudável a saúde da minha audição.

A função da música clássica e erudita é suavizar o ambiente.

Portanto, a música clássica, tem essa função sublime, para suavizar o ambiente especial para a leitura e trabalho. Tão somente assim todos que leem e pesquisam ouvindo sons saudáveis o rendimento nas atividades em geral é simplesmente surpreendente. 
Comesse hoje mesmo fazer uma experiencia, troque os sons estridentes, para sons calmos, certamente os seus tímpanos; terão saúde, seu ritmo de aprendizagem aumentará, porque a música erudita, não estressa a mente, pelo contrário; a faz relaxar e o índice de aprendizagem aumentará. 
Essa dica é de experiência pessoal que certamente você se habituará e seus resultados serão excelentes, tanto nos estudos, quanto em suas atividades especiais; que exigem serenidade.   


Comentários

  1. Seu texto me fez lembrar no colégio que estudei era obrigatório o estudo de músicas clássicas.Apesar de não ter aptidões artísticas para musicista aprendi quase tudo sobre esta categoria de música e sempre arranjo tempo a noite para ouvir no silencio .
    Obrigado por esta excelente publicação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante também no antigo colegial eu estudei música clássica e outros gêneros musicais. Certamente foi nesse ambiente que aprendi a gostar do estilo erudito. Lembro muito do coral da Escola onde todos que gostassem de cantar para participar era obrigatório as aulas de músicas e junto de impostação da voz. Eu aprendi a tocar violão e piano, mas depois não coloquei em prática e desaprendi a tocar. Porém nunca desaprendi a gostar da música clássica e a ouço diariamente. Parece que não posso viver sem porque ela me faz concentrar dar paz para o coração. Além de fazer brotar boas ideias. Também gosto de ouvir outros estilos, mas sem muita intensidade quanto a música erudita. Boa noite minha amiga. Beijos.

      Excluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…