Pular para o conteúdo principal

Finalmente 2018! E agora?

O ano recém chegou, mas é necessário traçar metas e planejamentos.

Janeiro o  primeiro mês do ano.
Após tantas crises econômicas, financeiras, e morais do país. Além dos aumentos de preços em tudo finalmente chegou o novo ano. Foram muitas as badalações, euforias, estresses e ansiedade do ano que se findou, a festa e a decepção da mega sena da virada para quem sonhou e errou. Aqueles que acertaram os números das probabilidades maravilha e quem não acertou tem que continuar a sonhar durante o ano até chegar a próxima mega da virada do fim do ano.
Porém, finalmente chegou mais um ano novo o de 2018. Agora é o momento de todos organizarem seus objetivos a serem desenvolvidos no decorrer desse novo clico do calendário que guiará todos os negócios das pessoas e toda a engrenagem do funcionamento da sociedade, durante esses 365 dias. Muitos acontecimentos sejam eles bons ou ruins estão por vir durante esse novo ciclo e marcará para sempre a história da humanidade. 
A história continua, o ciclo da vida anda em seu curso natural, e serenamente para se chegar a mais um janeiro e assim sucessivamente; até a nossa finidade temporal neste mundo.
Agora é o momento de muitos curtirem as suas férias justas, outros continuarem ainda em seus postos de trabalhos por que o país não pode parar. Enquanto vários trabalhadores trabalham, outros descansam. Também, nessas mesmas condições se encontram alguns alunos   das escolas públicas, que ainda não têm férias, em razão das greves justas dos professores. Então, durante esses meses de recesso, nem tudo para e também nem tudo funciona em sua capacidade normal. 

Planejar bem o ano desde o início para se obter sucesso nos negócios e na vida pessoal.

A importância do planejamento.
Além disso, agora é o momento de planejar, de organizar metas a serem cumpridas durante esse ano que recém chegou. E quando chegar ao seu fim todos possam obter saldos positivos de todas as metas propostas, sejam elas na vida particular, no trabalho, ou nos estudos desde as séries iniciais até as faculdades e universidades. Serve para todos aqueles que já estudam ou para quem irá iniciar seus estudos.
Assim, nesse início de ano é especial para todos pararem e avaliarem as suas metas não realizadas durante o ano passado, identificar quais foram as falhas. E procurar durante essa nova etapa, desse novo período sanar os erros do passado para não mais repetir os mesmos erros posteriormente.
Contudo, é imprescindível fazer um planejamento, dos novos objetivos a serem traçados, e que sejam viáveis de serem efetivados com sucesso ao finalizar mais um ano de trabalho em todas áreas pelas quais todos atuaram e atuam. Assim, também vale para quem estuda necessariamente necessita fazer esse exercício de avaliação e planejamento.
Certamente, se todos fazem esse caminho colherão bons frutos de sucessos em suas vidas profissionais e pessoais. Um bom ano para ser vitorioso depende de vários ingredientes, entre tantos é indispensável que todas as pessoas façam   seus   planejamentos. Ainda que contenha falhas invisíveis certamente elas surgirão na época da colheita.   Uma surpreendente colheita depende de vários fatores como solo fértil, boas sementes, clima adequado e cuidados especiais diariamente. Assim é a vida de todas as pessoas, elas somente poderão produzir uma safra excelente se antes de iniciar o ano civil, parar para valer fazerem um bom trabalho preparatório antes de semear. E se seguir todos esses passos corretamente, tranquilamente os resultados em cada fim de ano serão de fato, satisfatórios ou excelentes.
Portanto, mesmo para quem está de férias ou trabalhando o ano novo já chegou e não se poderá perder tempo. Mãos a obra por que o tempo urge e os compromissos são extraordinários. Todas as pessoas deveriam apresentarem importantes visões de futuro para começar a pensar na realidade presente, com intuito de transformar, para isso é fundamental planejar e investir com eficiência, em todas as ações pessoais e nos trabalhos, coletivos e particulares, sempre pensando na colheita abundante, em tudo que fizerem; faça com dedicação e esmero incondicional.

Em momentos de crise econômica é imperioso planejar e zelar pela saúde financeira.

A imagem mostra cem reais do dinheiro brasileiro. 
Portanto, é imprescindível  nesse momento de crise econômica pela qual atravessa o país e atinge a todas as pessoas, sem dó e nem piedade e em razão dessa situação ruim é mais que necessário zelar pela saúde financeira pessoal e da empresa. Todos os cuidados deverão serem redobrados nesse momento atual de crise econômica brasileira, sem precedentes na história recente, para evitar falências e problemas financeiros pessoais. Então, planejar com muito cuidado o quanto pode se gastar e evitar rigorosamente tudo que julgar supérfluo nesse período de crise econômica brasileira, por que não tem data para terminar.

Todavia o planejamento das finanças é mais que necessário para evitar as dívidas impagáveis que se transformarão em grandes dores de cabeça sem fim. É importante começar o ano sem défice, mas nos dias atuais pouquíssimas pessoas, não tem débitos, então a melhor saída é procurar negociar, conter e evitar contrair novas dívidas, para não ter problemas futuros. A melhorar maneira de fazer isso é colocar em planilhas tudo o que se tem para quitar e controlar o saldo seja positivo ou negativo.  O bom mesmo é quando se tem fluxo de caixa para poder investir e manter os negócios obtendo lucros. Essa realidade serve também para a particular com saldo positivo no banco e jamais no vermelho. 

Evitem os agiotas oficiais do mercado financeiro brasileiro.


A imagem diz: sentimento humano mais egoísta é a ganância.   
Outra coisa que importante fazer nesse momento delicado que atravessa o Brasil e atinge a todos é pegar todos os cartões de créditos passar a tesoura e atirar na lata de lixo. Nunca aceitar novas propostas tentadoras das financeiras de cartões de créditos por que elas usam juros mais que agiotas e as pessoas que utilizam hoje o perigoso dinheiro de plástico caminha a passos largos para o precipício financeiro. Então evitem as propostas da agiotagem oficial das operadoras de cartões de créditos e também dos empréstimos pessoais dos bancos que são tremendo perigo nos dias de crise econômica nacional. Procure se manter com o dinheiro que recebe mensalmente, dos parcos salários e nunca cai na tentação de usar dinheiro dos agiotas oficiais do mercado financeiro brasileiro.  


Eles são perigosos e depois que se contrai uma dívida com quaisquer espécies deles a vida se transforma num verdadeiro inferno, e nunca mais terá paz na vida, até saldar o último centavo, muitas vezes se paga três vezes o valor de uma divida em função dos juros absurdo que são cobrados em quaisquer débitos. Procure durante esse ano e os demais fugir dos agiotas oficias do mercado financeiro que são todos os bancos e operadoras de cartões de créditos igual “o satanás foge da cruz”.   E por gentileza, instale algum aplicativo no seu dispositivo móvel para bloquear  a chamada, que são ciladas de telemarketing representantes desses agiotas. Eles são os verdadeiros urubus da vida financeira; do povo já sofrido é bom evitar essas armadilhas diariamente. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…