Pular para o conteúdo principal

O mês de agosto repletos de histórias reais e mitos.

O mês de agosto na história.

Analisando a história encontramos a origem do nome do mês de agosto. Foi criado pelo então imperador de Roma Cesar Augustus (ano 8 a.C.) em sua própria homenagem. Nas disputas entre os imperadores pelo status maior de poder. O imperador Augustus se sentiu inferiorizado pelo arquirrival Julho Cesar, que era homenageado com um mês de julho. Então Augustus através de um decreto exigiu que mês de agosto tivesse igualdade em números de dias e obrigou também a trocar de nome que antes se chamava “sextis”. Aqui no Brasil o mês de agosto é conhecido como sendo o mês do desgosto e do cachorro louco.

O mês do ano repleto de mitos e fatos históricos.

Na realidade estão impregnados no imaginário popular estes dois rótulos negativos que do ponto de vista filosófico e sociológico não passam simplesmente de mitos, lendas que se misturaram com os repetidos fatos reais neste mês do ano. Foram acontecimentos impactantes que marcaram o pensar popular.

Mas que os mesmos poderiam acontecer da mesma forma com proporções e repetições em qualquer outro mês do ano civil. São acontecimentos a nível internacional e também dentro do país que ficaram gravados na história e na mente do povo.  Dois fatos políticos no Brasil que criaram estes rótulos que mitologicamente definem o mês de agosto como sendo dos malefícios. 

A morte do Presidente Getúlio Vargas e a renúncia do Presidente Jânio Quadros, além de outros. Em âmbito mundial podemos sublinhar fatos da Segunda Guerra Mundial e tantas outras ocorrências da história da humanidade. Outra crença marcante neste período do ano é a questão sanitária por isso ficou, conhecido como o mês do cachorro louco.

Os principais fatos históricos do mês de agosto.

Analisando intensamente a história da humanidade podemos perceber como a mente humana é recheada de seus mitos e crenças que permeiam a vivencia fundamentada em certos mitos e crenças que se confundem com os fatos reais da vida. Desde a Pré-História passando pela fertilidade dos mitos e crenças do mundo grego, e de cada nação com suas particularidades sociais e culturais, podemos identificar a muitos traços antropológicos mesclados de mitos, crenças e lendas que procuram explicar os fatos didaticamente no mundo fantasioso. A partir dessa visão quero analisar os episódios reais que aconteceram e criaram-se ícones negativos no imaginário popular. 

Pretendo me deter principalmente nos fatos políticos do Brasil e a nível universal apenas alguns pontos específicos. No Brasil os episódios políticos que formataram este referencial negativo do mês do desgosto foram à morte de Getúlio Vargas e a renúncia de Jânio Quadros. Um dos episódios mais comovente do Brasil foi à de década de cinquenta. 


Exatamente em 1954, o então Presidente do Brasil Getúlio Dornelles Vargas. Cometeu suicídio em 24 de agosto de 1954 com um tiro no peito. Em pleno Palácio do Catete n o Rio de Janeiro atual sede do Governo do Brasil. Deixou uma carta testamente explicando às razões dessa atitude a nação brasileira. Na década de sessenta, exatamente em 25 de agosto renunciou o então presidente do Brasil, após sete meses de mandato. Jânio da silva Quadros. Mais um fato político de grande impacto para a história do País. Até agora não se sabe exatamente o real motivo que o levou à renúncia. 
Tem várias hipóteses, mas tudo fica no campo das especulações. Existe uma versão de que a renúncia ele pudesse voltar ao poder nos braços do povo e fortalecido algo que não aconteceu. Para não fugir à regra o mês de agosto deste ano chegou com cara de deixar mais um legado histórico na política nacional. Está acontecendo o julgamento pelo STF do famoso mensalão. Escândalo histórico da era do E- Presidente Lula. Que na época da denúncia abalou as bases das estruturas governamentais de Brasília. Deixando em apreensão e decepção o povo que escolheu pelo voto livre e direto um operário para o poder de Presidente da República, para administrar o país.

Agora o réu do episódio volta em pleno mês de agosto para julgamento. Esperamos que esse processo não se transforme em uma pizza gigante do tamanho do mensalão. Acredito na Justiça de nosso país, apesar de lenta, mas faz justiça justa. Durante a Segunda Guerra 
Mundial, nos dias 6 e 9 de agosto de 1945 os Estados Unidos explodiu com uma bomba atômica Hiroshima e Nagasaki. Do ponto visto sanitário é bem forte o mito de que os cães enlouquecem nesta época do ano. Provavelmente em séculos passados a disseminação da raiva. Uma doença contagiosa ao homem pela mordida do chamado cachorro louco. Porém, não havia controle e talvez a frequência maior fosse neste mês do ano. Depois que houve um controle rigoroso esse mito caiu por terra.

É estranho, mas muitos fatos reais e ruins ocorrem em agosto.

Por tanto, podemos perceber que parece que os coisas ruins sejam do aspecto humano ou catástrofes naturais se redirecionam exclusivamente para este mês. Preste bem atenção e perceba que fatos de qualquer modalidade não tem data especifica para acontecer. Mas como isso já se criou um conceito negativo que transcende a razão e fica na inércia do lendário e mitológico, geralmente se escolhe mais simplório o imaginável. O caminho mitológico e lendário mês de agosto para explicar o obviam que pode ocorrer em qualquer dia e mês do ano aleatoriamente. A ideia que fica para muitas pessoas que as outras messes do ano estão ilesas de qualquer tragédia natural ou provocada pelo homem com vários fatores divergentes entre os seres humanos. Vasculhando os anais da história com certeza vamos nos deparar com muitos fatos de todas as naturezas que deixaram marcas inesquecíveis para a humanidade no mês de agosto.

Postagens mais visitadas deste blog

Vender cosméticos é excelente opção para derrotar a crise econômica pessoal e familiar.

Alternativas para derrotar a crise econômica.  Nos momentos de crise econômica não se pode permanecer parado. A venda direta de cosméticos ao consumidor é uma ótima opção de renda e ganho rápido. Não adianta permanecer parado em situações de crise econômica que afetam diretamente o núcleo familiar e pessoal, esperando as coisas acontecerem sem partir para uma incisiva ação. Esta atitude não resolverá em absolutamente nada. Pelo contrário provocará desanimo, ansiedade e muitas doenças imagináveis que impedirá de fazer qualquer coisa. Neste momento são necessárias atitudes ousadas, criativas, sobretudo muito esforço visando aumentar a renda mensal.
Melhor do que pensar em fazer empréstimos neste momento para quitar dívidas, somente irá piorar a situação para todos. Ao mesmo tempo entrar numa bola de neve monetária sem fim, para somente enriquecer os bancos e financeiras.

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Indiferença um sentimento negativo presente nas relações humanas.

A indiferença presente nos diversos setores da vida.A indiferença um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimentonegativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos.
Podemos perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. No plano social há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos humanos reagirem indiferentemente frente os problemas alheios. No âmbito governamental o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente entre nação dominante em relação à naç…