Pular para o conteúdo principal

O Brasil superou 250 mil óbitos por covid-19.

A tragédia da covid-19 está forte, é caos no Brasil.

O vírus da covid-19 visto a partir da lente do microscópio. Ele  tem o formato ou perfil de uma coroa,  daí vem esse nome de coronavírus. É  pertencente a família do coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2)
O vírus da covid-19 visto a partir da lente do microscópio. 


O Brasil em 24/02/2021,  a pandemia da covid-19 atingiu mais estes números tristes de 250.079 óbitos. Por traz de cada número está uma pessoa, um ente querido da família, vizinho e muitos amigos virtuais. Faz  um ano,  quando esta tragédia, iniciou em terras brasileiras e atualmente, só há uma esperança, para o fim deste sofrimento; serão as vacinas. Vacinas que parece ainda muito distante, para todos os cidadãos e cidadãs.

O país atualmente conta com 210 milhões de habitantes. Portanto, em números  aleatórios,  são necessários no mínimo 420 milhões de doses das vacinas,  para realizar as duas doses; para a imunização da nação. Mas para garantir o estoque e suprir  eventuais problemas, durante a logística e armazenamento, os quais possam prejudicar o processo de imunização completa. É importante, jogar este número, número hipotético para 500 milhões de doses para todo o país.

Este número mínimo está muitíssimo longe de ser alcançada a toda a população, e enquanto isso a pandemia avança de maneira assustadora no país, porque as pessoas somente conta com a simples proteção das máscaras, álcool gel 70% e o distanciamento social.

O desdém com a pandemia é sinônimo de mortes.

É importante sublinhar que ainda existem aqueles grupos radicais de direita, estes são os principais agentes de transmissão do vírus porque desrespeitam quaisquer normas segurança e contenção do avanço da pandemia entre a população. Inclusive muitas delas foram a óbitos por descaso, deboches e algumas por ignorância e orientações políticas, de extrema direita, de viés fundamentalistas, dizerem que a pandemia é para os fracos, é frescura etc.

Estas pessoas são teimosas, e de maneira irresponsáveis promovem aglomerações e   organizações de festas clandestinas, e na sequência provocam a disseminação do vírus para os grandes grupos, e estes são os responsáveis diretos para o aumento do contágio e consequentemente a morte de muitos inocentes, o quais não tem nada a ver com estes grupos que se aglomeram de maneira irresponsáveis. Porém estas pessoas do mal saem pelas ruas e locais de trabalho, compras e transportes coletivos públicos, levando o vírus por onde andam e assim, se transformou já num círculo vicioso e incontrolável diante da pandemia. Muitos estados estão adotando protocolos rígidos para conter o avanço do vírus e as novas cepas entre a população. Muitos governadores já adotaram, a bandeira preta e o lockdown nas cidades e capitais. Outras já adotaram o toque de recolher em horários específicos, são estes esforços para combater o avanço da pandemia, mas o que se observa é o crescimento descontrolado dessa tragédia humana deste século.

Os resultados das  aglomerações durante os períodos eleitoral e do carnaval,  nas praias do país; estouraram agora. Muitos Estados o sistema de saúde já  entrou colapso.  E assim a população, permanecerá totalmente sem socorro e vem logo o medo da morte.

O número de infectados e de óbitos é simplesmente de pânico, e os governos dos entes federados, isto é, municípios, estados e país são incapazes de encontrar uma saída eficaz para resolver ou ao menos diminuir o sofrimento do povo.

A pandemia neste momento chegou ao caos no país.

Portanto, a situação dia após dia,  fica mais complexa e sofrida para todos. Os números catastróficos não param de subir. Em vez do governo federal gerenciar o problema no geral, se apresenta,   como o mais incapaz de todos. Neste momento o Brasil atingiu o estágio do caos. Neste caos ninguém vislumbra saídas, para muitas pessoas, infelizmente só é esperado a morte.

O governo no geral é uma trapalhada singular, desde o início e se comprovou agora durante a pandemia da covid-19. Além do mais, ele nunca admitiu, sempre negou tudo e para completar, fez grandes escárnios com as famílias das vítimas do vírus.

Todavia o país está muito longe do fim da pandemia. Mesmo que se imunize a população com a vacinação em massa, os cuidados deverão ser realizados permanente para se chegar o fim desse pesadelo, e esta  tragédia humana.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina , artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal. Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país.