Pular para o conteúdo principal

As manifestações, do primeiro de maio 2018, serão intensas no Brasil e no mundo em defesa do Lula.

O primeiro de maio no Brasil, 2018 será de manifestações na república de Curitiba.

A imagem diz:primeiro de maio no Brasil e no mundo.
O primeiro de maio de 2018 no Brasil será de grandes e intensas manifestações na republiqueta de Curitiba e no mundo. Essa republiqueta, já tem marcado a história do país com fatos ruins. E nesse ano tem se intensificado com tiros aos manifestantes e apoiadores do Presidente Lula. Será de lá que todas as lentes da imprensa livre e independente do Brasil e do mundo estarão voltadas para as manifestações na linda Cidade de Curitiba-PR, Brasil. Ninguém nunca   esperem absolutamente nada da mídia golpista brasileira, se divulgarem algum fato será para prejudicar ainda mais a imagem da esquerda lutadora.
Muitos trabalhadores e representantes da esquerda, dos movimentos sociais de todos os Estados do país, estarão se deslocando para a república de Curitiba, para comemorar esse dia do trabalho com fortes manifestações, exigindo a liberdade do presidente Lula. E simultaneamente a esse fato central, ocorrerão a defesa dos direitos sociais roubados pelo atual governo golpista.  A mídia independente como os blogueiros e jornalistas de esquerda, registrarão os atos de apoio ao Legítimo e eterno Presidente da República do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva. Ele é atualmente o primeiro preso político, da história contemporânea do Brasil. 

A imagem diz:a república de Curitiba,

Esse episódio já é de conhecimento no mundo inteiro.  O Brasil tem hoje o primeiro preso político após a redemocratização em 1985, com o fim do golpe militar de 31 de março de 1964. O golpe consumado em 31 de agosto de 2016 já fez o primeiro preso político da atualidade na América Latina. O mundo que conhece muito bem o Presidente Lula, precisa ajudar diplomaticamente e em fortes manifestações para pressionar a justiça parcial e celetista, brasileira, a libertar o preso político, mais popular do Brasil e do mundo.
Sua condenação está fundamentada sobretudo, numa questão pessoal, alimentada pelo ódio e o preconceito da elite dominante brasileira contra o primeiro operário presidente do Brasil.

A questão jurídica, deixa para os deuses togados do direito, eles representam a justiça parcial, celetista e partidária da direita, condenatória da esquerda e de todos os pobres brasileiros. Geralmente eles fazem suas condenações ambíguas, indistintas, onde os juristas do mundo inteiro os questionam e mesmo assim, nada muda sobre a posição dos deuses brasileiros togados do direito.

Nesse primeiro de maio de 2018, não tem nada para se comemorar, tem sim, muito a se indignar e ir para as ruas, em defesa da democracia e dos direitos fundamentais dos cidadãos; garantidos nos retalhos da atual Constituição do Brasil.

São retalhos da Constituição, por que os golpistas já a rasgaram, a maioria da lei máxima do país, e as colocam os trechos mais importantes na lata do lixo. Hoje, a Constituição Federal, somente serve aos interesses da elite dominante e aos golpistas de todas as estirpes brasileira. Os capítulos, artigos, parágrafos e incisos que eram de interesse dos cidadãos não existem mais. É imperativo e urgente que os novos eleitos em outubro mobilizem a sociedade para a convocação de uma nova assembleia constituinte e repor novamente os direitos sociais e fundamentais a todos os cidadãos e cidadãs dessa nação gigante.

No dia do trabalhador, todos devem lutar em defesa da geração de mais empregos e segurança.

Hoje mais de 13 milhões sem trabalho
Lutar por trabalho com carteira assinada nesta data histórica do dia do trabalho e do trabalhador. O índice de desempregados segundo o IBGE já passam de 13 milhões. Essa realidade é sinônimo de miséria, de fome, de despejos de aluguéis, de má qualidade de vida e falta de esperança para estes milhões de habitantes incluindo muitos pais e mães de famílias.
Esse é o país que os golpistas da elite dominante construíram desde o golpe parlamentar de 2016. O Brasil que era referência mundial no combate à fome e a miséria no mundo, agora se encontra no patamar negativo dos países em subdesenvolvimento e suas consequências ruins; para a população.      

A violência cresce e explode em todo o país a níveis aterrorizantes. Ninguém mais tem segurança nem na rua e nem dentro das próprias casas. Todos estão expostos a ser assaltados a quaisquer momentos. A grande maioria mora sob a proteção de altos muros, grades e cadeados e sistemas de vigilância através de câmeras e empresas de vigilâncias particulares.  

A própria direita fascista são os primeiros a cometerem crimes contra o povo em manifestações pacíficas. Essa situação abominável já ocorreu nas caravanas do Presidente  Luís Inácio Lula da Silva, nas na Região Sul do Brasil, quando os ônibus foram alvejados a tiros por agentes golpistas. 
A senadora representante da classe ultradireitista, do Rio Grande do Sul, incentivou a violência em discurso,  parabenizando os ruralistas pela violência a caravana e sugeriu o relho para mostrar a força dos gaúchos direitistas. Aqui está uma reação clara, de ódio da direita brasileira; contra aos cidadãos da esquerda.


Tiros no acampamento Marisa Letícia


A cena de violência também se repetiu, na república de Curitiba, no acampamento Dona Marisa Letícia (homenagem a esposa do Presidente Lula, in memória) em frente à sede da Polícia Federal, onde se encontra, o primeiro preso político pós golpe parlamentar de 2016; o Presidente Lula.  Um carro cheio de golpistas, fascistas, pusilânimes e violentos, passaram, por volta das 04:00 do dia 28/04/18, e um dos homens fascistas atirou contra os apoiadores do Presidente Lula e alvejaram covardemente duas pessoas, duas foram atingidas uma no abdômen, outra no pescoço, essa pelas últimas informações já saiu da UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas inspira cuidados especiais para não vir a ocorrer  óbito.

Certamente esse primeiro de maio de 2018, será diferente no Brasil e no mundo.

Cadeado simbolo de segurança,mas falta no Brasil.
Portanto, o primeiro de maio de 2018, no Brasil e no mundo será diferente e se espera que aumenta a pressão pela liberdade do primeiro preso político do Brasil, vítima do golpe de 2016 e da perseguição midiática e jurídica em razão de seu crescimento natural; como candidato vitorioso as eleições de 2018. Será seu terceiro mandato como Presidente eleito democraticamente pela ampla maioria do povo. Algo que a elite golpista, tenta impedir de todas as formas.

Espera-se que a elite dominante e golpista se contenha, neste primeiro de maio e não use de violência contra os trabalhadores e cidadãos que farão suas manifestações na república de Curitiba, nas cidades de todo o país, em defesa do Presidente Lula.

A população de todo o Brasil que lutam em defesa dos direitos sociais roubados e em defesa da liberdade do Presidente Lula, não permaneçam em casa, intimidados e com medo da violência dos golpistas fascistas, mas venham se juntarem as manifestações dos seus bairros,  cidades e capitais brasileiras para mostrar sua indignação contra tantas injustiças que estão cometendo em relação aos seus direitos sociais e essa prisão do Presidente Lula.  Somente através da força e da união de todos os brasileiros é possível, reconstruir e fortalecer a democracia do país, sem medo, mas com coragem e vontade de construir uma nação para todos de maneira equitativa e com justiça social, com uma justiça justa, imparcial e sem atrelamentos a partidos.
Desejamos a todos um feliz e aguerrido dia do trabalhador e do trabalho! 📕📐📷🔬✈🚚🚘🎵

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social.Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

Indiferença é este sentimento negativo presente nas relações humanas.

Este sentimento ruim, a indiferença está presente na vida e setores sociais. A indiferença é um dos sentimentos humanos extremamente impresumível inerte em sua índole humana. Todavia, quando é despertada provoca indignação à pessoa alvejada. Este sentimento negativo pode estar infiltrado em inúmeras circunstancias da vida. O mais preocupante é a insensibilidade neste mundo individualista; mesmo diante de muitas amizades virtuais vazias e geladas de sentimentos. Podem-se perceber nas relações familiares em gerais e entre amigos. 
No plano social, há muitas situações onde as pessoas reagem plenamente indiferentes, em relação aos semelhantes nas situações de fragilidade e incapacidade. São característicos dos homens reagirem indiferentemente frente aos problemas de outrem. No âmbito governamental, o sentimento de indiferença é visível e constante por parte das autoridades que se comportam em total indiferença frente aos problemas sociais do povo. Também este sentimento é muito presente ent…