Pular para o conteúdo principal

Postagens mais visitadas deste blog

Você já rotulou alguém de burro?

É uma atitude preconceituosa para ferir o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas tem uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes.  Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.

O abc da mãe e suas qualidades.

As mães e suas qualidades no seu abc. As mães quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhece está árdua luta das mães e são gratos a elas.  Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.
Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dão à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e se lamentarem a sua real importância quando elas morrem.

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo composta sobre duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Um desenho simplório num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.
Este utensílio domestica há muitos anos foram usados no país inteiro até chegar às primeiras transmissões de energia elétrica nas capitais e aos poucos foram se disseminado para o restante do país. 

A natureza responde a altura as agressões do homem ganancioso.

O calor exagerado é uma bela resposta da natureza contra a ganância poluidora do homem.


A foto mostra o por do Sol em um dia de calor insuportável.
A foto mostra o por do Sol em um dia de calor insuportável.
Quando estudamos física aprendemos tantos conceitos de calor. E se não me falha a memória um desses seria a mudança de energia térmica de um corpo para outro ou de um sistema organizado para outro ou simplesmente entre partes de um mesmo sistema.
Estes sistemas têm energia internas que são misturados por dois tipos:  a energia térmica e a energia química. Por isso os conceitos de energia interna ou mesmo de energia térmica não devem ser confundidos com o conceito de calor; que sugere sempre energia térmica em trânsito ou transferida devido a diferença de temperatura. Contudo irei deixar estes conceitos para os físicos debaterem, pois são exímios especialistas no assunto.
O que interessa neste post é uma análise do ponto de vista leigo sobre o calor que sentimos todos os dias neste verão tornando-se quase insuportável para trabalhar e fazer render qualquer atividade que estamos habituados a exercer, seja trabalho intelectual ou físico. Os termômetros acusam uma temperatura, mas a sensação térmica parece bem elevada e muito mais superior do anunciada pela   meteorologia.

Sabemos que o calor é esta transmissão de energia importantíssima para todos os seres vivos do planeta Terra. Ninguém conseguirá viver sem o calor produzido em abundância por todas as fontes encontradas na natureza para serem utilizadas para o nosso bem estar de maneira genérica. Entretanto, não necessariamente precisar ser físico ou meteorologista para perceber que   nestas últimas   décadas percebe-se nitidamente, ano após ano transformações bruscas no clima. Nota-se evidentemente um grande aumento na temperatura em graus elevados, nas regiões onde costumeiramente é gelada ou de clima agradável.
Chuvas torrenciais em regiões áridas. Secas prolongadas em lugares em que a chuva sempre foi abundante, um exemplo típico no Brasil o Sudeste em especial a maior cidade brasileira São Paulo. A população vivendo um drama sem água já quase um ano. A reserva da Cantareira que abastece parte da cidade está em estado crítico. As torneiras vazias, um transtorno sem fim. Em outras partes do mundo ocorrem tempestades severas de chuva, neve, furacões, terremotos, tornados, etc. A partir do conhecimento prático do senso comum dos humanos; se constata um total desequilíbrio da natureza no mundo inteiro.

Parece que o mundo está entrando num ritmo de aquecimento generalizado sem precedentes na história. Ainda que haja muitas discussões em torno deste fato real uns dizem que está tudo normal e outras correntes de cientistas defendem que não, algo de errado está acontecendo. O planeta está em acelerado processo de aquecimento, aqui é o grande eixo polêmico das grandes discussões.  O aquecimento é fato constado em qualquer região do planeta Terra. Queira ou não estamos constatando os fatos no dia a dia. As doenças como câncer de pele estão aparecendo como nunca. Em função dos raios ultra violetas que ultrapassam a camada de ozônio o nosso filtro solar natural. Ela está sendo destruída pela grande quantidade da emissão de gases como o CO² gás carbônico ou dióxido de carbono. Um oxido perigoso a saúde da natureza e dos seres vivos. Este composto corrosivo é responsável pelo efeito estufa que provoca prejuízos incalculáveis para todos os seres vivos da Terra.  



Portanto, em nome do lucro acirrado o homem ganancioso e avarento destrói todos os dias as florestas, polui escandalosamente os rios, lagos, oceanos e mares. Jogam no ar incalculáveis toneladas de gases tóxicos, envenenam o solo com poderosos agrotóxicos, contaminando os lençóis freáticos e os mananciais de água potável. A maioria das cidades cobrem as ruas de asfaltos que aquecem exageradamente o ar. Destroem as árvores nativas de reservas florestais protegidas por lei. E mesmo assim, em função do lucro desrespeitam o código florestal e constroem condomínios e hotéis de luxo para lucrar com alugueis caríssimos durante as temporadas de férias. Este desrespeito ao meio ambiente contribui para o aquecimento do planeta.


 Os reflexos já estão surgindo velozmente   um calor incomum inadequado a vida. O homem a curto prazo constrói sua própria sepultura destruindo seu habitat natural. A natureza em sua plena sabedoria responde a altura a ganancia predatória do homem egoísta, ganancioso e voraz. O efeito estufa nada mais é do que uma destas respostas da natureza a agressividade do homem. O aumento de 0,5° na temperatura média da Terra constatada pelos cientistas, será que não diz nada ao homem insaciável por dinheiro? Diante de todas estas respostas concretas da natureza aos devaneios lucrativos, do homem. Eles ainda assim não se sensibilizaram   para a necessidade urgente de cuidar bem dos recursos naturais para viver em plena qualidade de vida.

Comentários