Pular para o conteúdo principal

Postagem recente.

Iluminando Mentes é uma jornada da Alegoria da Caverna à Educação Moderna.

  Da Caverna à Luz: transformando a Educação de forma, compaixão e criatividade. A cena criada por IA da alegoria da Caverna de Plantão. A Alegoria da Caverna de Platão, narrada em A República*, é uma metáfora filosófica atemporal que explora o caráter da realidade, do conhecimento e da educação. Nesta história, os prisioneiros acorrentados desde o nascimento só têm acesso às sombras projetadas na parede de uma caverna, acreditando serem a realidade. Ao se libertar, um prisioneiro experimenta a luz do sol e a diversidade da realidade, retornando à caverna para compartilhar suas descobertas com os outros. A educação moderna, sob diversos aspectos, se assemelha à caverna platônica. Muitas vezes, os estudantes estão confinados em um espaço limitado, recebendo informações sem contexto ou aplicação prática, como se estivessem presos a uma parede. A abordagem superficial limita o desenvolvimento do pensamento crítico e da compreensão mais aprofundada do mundo, perpetuando a ignorância e a al

Os dramas humanos, na visão de Shakespeare.

Shakespeare entendeu e escreveu sobre os dramas humanos com excelência!

Imagem em preto e branco, surgem os holofotes dos teatros para iluminar os atores em cena.  Está inscrito: Os dramas humanos, na visão de Shakespeare.


Os dramas humanos, na visão de Shakespeare.




William Shakespeare, o renomado escritor e poeta da dramaturgia universal, permanece como um dos maiores pensadores dos dramas humanos em todos os tempos. Sua genialidade permitiu que ele explorasse todas as facetas dos sentimentos e sofrimentos humanos em suas obras.

As criações de Shakespeare continuam extremamente relevantes, mantendo-se conectadas à realidade da sociedade moderna e seus inúmeros conflitos. Ele caracterizou as tragédias da humanidade, imersas na velocidade do tempo e agora na era digital e avançada.

Uma das peças mais conhecidas é Hamlet, onde temas como traição, vingança, incesto, corrupção e moralidade são minuciosamente analisados e apresentados ao público. No entanto, devo cometer uma heresia ao comparar as peças de Shakespeare com as novelas brasileiras.

As novelas do Brasil, embora abordem temas atuais e sociais, muitas vezes são simplistas e possuem enredos superficiais, criados para manipular os telespectadores. Além disso, algumas novelas brasileiras são escritas com um viés ideológico de extrema-direita.

Portanto, Shakespeare continua a ser um mestre na representação dos dramas humanos, enquanto as novelas brasileiras, apesar de suas semelhanças temáticas, não alcançam a profundidade e a genialidade de suas obras.

As Tragédias Humanas na Dramaturgia de Shakespeare

Shakespeare percebeu e expressou, de maneira refinada e evidente, a realidade sofrida pela qual todos os seres humanos passam durante sua existência plena. Ninguém escapa de viver algum tipo de drama, seja ele pequeno ou de grande intensidade, independentemente do gênero.

Parece que todos estamos condenados a enfrentar e aprender a administrar eventos reais em nossa vida cotidiana. Ninguém está imune a se deparar com circunstâncias difíceis, especialmente quando parecem quase impossíveis de resolver ou quando representam o fim de um sofrimento duradouro.

O gênio da dramaturgia, Shakespeare, possuía uma excelente formação. No entanto, devido a problemas financeiros em sua família, ele foi forçado a interromper seus estudos. Assim como muitos jovens hoje em dia, ele ingressou precocemente no mercado de trabalho. Aos doze anos, já estava trabalhando como operário nas indústrias da época.

Seu esforço tinha um objetivo nobre e claro: ajudar seu pai durante uma crise financeira dramática na fábrica que ele administrava. Segundo vários pesquisadores, essa pequena empresa de artefatos de couro acabou indo à falência.

A trajetória de Shakespeare, desde suas dificuldades financeiras até sua genialidade na dramaturgia, é um testemunho de como os dramas humanos permeiam todas as esferas da vida e transcendem o tempo e a cultura.

O Talento de Shakespeare para Escrever sobre os Dramas Humanos

William Shakespeare possuía uma capacidade perspicaz para retratar os dramas humanos em uma variedade de gêneros teatrais: comédias alegres, dramas históricos e tragédias renascentistas. Suas peças abrangem desde tragédias grandiosas até comédias amargas, todas repletas de assassinatos, tramas dramáticas e uma profunda compreensão do comportamento humano.

A visão poética e refinada de Shakespeare se mescla com um forte apelo popular. Em suas obras, crimes, intrigas, violações e traições são ingredientes que cativaram o público apaixonado pelo teatro. Algumas de suas peças mais lembradas incluem Hamlet, Romeu e Julieta, A Tempestade e Macbeth.

Curiosamente, Shakespeare nasceu em 23/04/1564 e faleceu em 23/04/1616, uma coincidência dramática digna do próprio mestre do drama.

Além dos palcos, o legado de Shakespeare também se estende às telas de cinema, onde suas obras são transformadas em filmes inesquecíveis. Ele destaca que, além dos palcos, o legado de Shakespeare também se estende às telas de cinema, onde suas obras são transformadas em filmes inesquecíveis. A contribuição de Shakespeare para o mundo do entretenimento é realmente notável!


Os Múltiplos Dramas de Shakespeare nos Palcos

Shakespeare trouxe para os palcos uma rica variedade de dramas humanos. Suas peças teatrais, livros de poesia e adaptações cinematográficas transcendem as fronteiras do tempo e da cultura. A vida dramática ganha vida através dos brilhantes atores nos teatros, nas telas de cinema do mundo e nas interpretações de suas célebres poesias.

leia mais: A festa, os dramas e o mar

Os espectadores e telespectadores silenciam diante dessas obras, como se estivessem vivenciando seus próprios dramas. Os personagens ganham vida de maneira vívida e real, contando histórias que ecoam a experiência humana.

Em seu conjunto de obras, Shakespeare abordou temas amplos e profundos, como filosofia, religião, política e psicanálise. Seu talento polêmico e sua sensibilidade aos dramas humanos revelam um profundo conhecimento.

Nada melhor encerrar este verso do célebre diálogo da peça Hamlet.

“Ser ou não ser, eis a questão: será mais nobre”.

Em nosso espírito sofrer pedras e setas

Com que a Fortuna, enfurecida, nos alveja,

Ou insurgir-nos contra um mar de provocações

E em luta pôr lhes fim? Morrer.... Dormir: não mais.

Dizer que rematamos com um sono a angústia

E as mil pelejas naturais-herança do homem:

Morrer para dormir…. São uma consumação

“Que bem merece e desejamos com fervor” 

ecimento da alma humana e de seus sofrimentos.


As tragédias shakespearianas possuem várias características distintivas:
  1. Herói Trágico: O protagonista é inerentemente bom, mas possui uma falha fatal que leva à sua queda.

  2. Conflito Interno e Externo: Os personagens enfrentam lutas tanto dentro de si mesmos quanto com o mundo exterior.

  3. Erro Trágico (Hamartia): O herói comete um terrível erro de julgamento que leva à sua ruína.

  4. Questões de Destino ou Fortuna: O destino desempenha um papel significativo nas tragédias, muitas vezes levando a resultados inevitáveis.

  5. Ambição: A ambição excessiva frequentemente leva à tragédia.

  6. Vingança Sombria: A busca por vingança é um tema recorrente.

  7. Elementos Sobrenaturais: Fantasmas, profecias e elementos mágicos aparecem em algumas tragédias.

Essas características se entrelaçam nas obras de Shakespeare, criando histórias poderosas e atemporais que continuam a cativar o público até hoje 123.


O dramaturgo Shakespeare continua a fascinar e inspirar gerações.

Portanto, as obras de William Shakespeare continuam a fascinar e inspirar gerações. Seus dramas humanos, retratados com maestria, abrangem uma ampla gama de emoções e experiências. Desde as tragédias grandiosas até as comédias sutis, Shakespeare capturou a essência da condição humana. Seu talento polêmico e sua sensibilidade aos sofrimentos e anseios das pessoas permanecem atemporais. Ao assistir suas peças nos palcos, ler suas poesias ou ver suas histórias adaptadas para o cinema, somos lembrados de que, independentemente da época ou cultura, os dramas humanos são universais e eternos.

_______________

Notas de citações sobre as tragédias shakespearianas:

  1. Wikipédia:

  2. Greelane.com:

  3. Storyboard That:

    • As tragédias de Shakespeare continham as seguintes características importantes:

      • O protagonista deve ter um caráter admirável, mas imperfeito, e o público precisa compreendê-lo e simpatizar com ele.

      • Provavelmente todos os protagonistas trágicos de Shakespeare são capazes tanto do bem como do mal.

      • Ele sempre insiste no funcionamento da livre vontade.

    • Fonte: Storyboard That3.

  4. Santos (2008):




Comentários

  1. Excelente publicação
    Super música /vídeo
    Stunning post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto Saudade minha amiga! Eu chorei de emoções em ler teu belíssimo comentário. Me veio a nossa amizade da grande rede social o falecido g+. Esta rede morreu, mas foi muito marcante em minha vida, pelas grandes amizades que construímos ao longo do período que estivemos juntos. Todos os amigos foram para outras redes sociais. E outros não sei onde estão navegando. O G+ Não deveria ter terminado tão subitamente. Bom fim de semana, onde estiveres de desejo saúde e paz. Quando sobrar um tempinho volte ao nosso blog está de portas abertas 24horas.

      Excluir

Postar um comentário

Por gentileza deixe seu comentário é muito importante para nosso trabalho.

Postagens mais visitadas deste blog

Candeeiro ou lamparina antiga, mas muito usado no Brasil.

O candeeiro fez parte da vida do povo nos tempos remotos e na atualidade.   Sem luz se usa o candeeiro. Candeeiro é a lamparina, artefato antiquíssimo, composta por duas partes simples. A sua base é feita de lata comum. Pode-se observar que é um desenho simplório, num formato de uma pirâmide. No topo desta pirâmide usa-se pavio de fabricado de algodão. Ele é umedecido com querosene, que é colocado na parte de baixo, como podemos observar tem uma forma redonda, mas como base piramidal.

O abc da mãe, para expressar, as suas qualidades.

As mães possuem suas qualidades no abc da vida.   A imagem diz o  abc da mãe  As mães, quantas qualidades elas possuem, desenvolvem e as colocam em prática, diariamente, vinte e quatro horas; durante uma vida inteira em prol dos seus filhos. Entretanto, dificilmente os filhos percebem e reconhecem esta árdua luta das mães e são gratos a elas. Observem neste singelo texto, quanto as progenitoras fazem para seus filhos.   Estes dons surgem desde quando ela engravida pela primeira vez dando à luz seus filhos (as). Elas no cotidiano colocam em prática através de sua consciência maternal todas suas qualidades de mães para a proteção, provisão e educação dos filhos. O mais estranho e ingrato é que poucos filhos reconhecem a importância da sua mãe enquanto estão juntos. Muitos somente irão reconhecer e lamentar a sua real importância quando elas morrem. Os filhos deveriam observar e valorizar as qualidades da mãe.   Neste simples abc da mãe, todos os filhos deveriam sempre obser

Você já rotulou alguém de burro?

Essa atitude é preconceituosa, ela  ferirá o sentimento de outrem e ruim para o convívio social. A expressão Burro comprova o preconceito  entre as pessoas.  Quando alguém utiliza este vocábulo burro para qualificar outrem, somente vem comprovar como muitas pessoas têm uma mentalidade maldosa, preconceituosa e intolerante em relação aos seus semelhantes. É inaceitável como é usado no Brasil o termo “burro” entre as pessoas. Muitos usam de maneira intencional para ofender covardemente os seus semelhantes. Alguns humanos a utilizam de maneira maldosa, preconceituosa e ofensiva. Isso vem ocorrendo desde o início da colonização até os dias atuais.